História Mystery Of Life - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Amor Doce
Personagens Agatha, Alexy, Ambre, Armin, Bia, Castiel, Charlotte, Dakota, Debrah, Dimitry, Iris, Kentin, Kim, Leigh, Letícia, Li, Lysandre, Melody, Nathaniel, Nina, Peggy, Personagens Originais, Priya, Professor Faraize, Professora Delanay, Rosalya, Senhora Shermansky, Violette
Exibições 12
Palavras 634
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Fantasia, Ficção, Luta, Magia, Mistério, Policial, Romance e Novela, Saga, Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência, Yuri
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Está talvez, é a última parte do arco das memórias.
O próximo... Vai ser intenso ;3;
Só uma coisa: Só pq eu estou colocando bastante KentinXAmy na fanfic não significa que esse vai ser o casal da fic ok? Nem kentinete sou :u

Capítulo 6 - Memórias de Uma Vida Perdida (P2)


Fanfic / Fanfiction Mystery Of Life - Capítulo 6 - Memórias de Uma Vida Perdida (P2)

Kentin se ofereceu para me explicar tudo, por quê ele está sempre me ajudando?

- Bom, seu nome é Serenity Amina Okasaki, foi capturada quando tinha 11 anos e seus pais, Wanda e Matt Okasaki são os Guardiões do Sol e da Lua. Você é descendente deles e herdou poderes sobre-humanos.

- Poderes?

- Sim, mas talvez só sejam ativados aos 18 anos. Alguns já ficam fora de controle aos 15.

- É verdade, coisas estranhas aconteceram comigo quando completei 15.

- Nós éramos seus amigos desde o 1° ano escolar, e sempre brincávamos juntos. Mas por um certo tempo, você faltou muito às aulas, e ficamos preocupados. Principalmente alguém...

Ao falar isto, ele olhou fixamente para outro rapaz que estava na sala, que infelizmente não decorei o nome.

- Bom, nós fomos para sua casa e seus pais verdadeiros disseram tudo o que aconteceu e o quão rápido foi. Eles nos contaram que estavam te procurando e que nós não devíamos nos meter nisso, afinal, tínhamos apenas 11 anos. Mas algumas pessoas teimosas... (Interrompido)

- Tipo você né Kentin? 

Disse Alexy, rindo da cara que Kentin fez.

- Cala a boca!

- Aff, tá certo.

Eu ri um pouco, acho que eu, Alexy e Kentin fomos bons amigos.

- Como eu dizia, algumas pessoas teimosas quiseram investigar mais a fundo, e foi o que fizemos. E um dia, nós estávamos andando no parque, meio tristes pois não tínhamos encontrado nada.

Assim que Kentin ia falar sobre o que aconteceu no parque, Lety o interrompeu.

- Nós achamos um casal que andava pelo parque! (Lety)

- ... E...? (Amy)

- E eles falavam algo muito suspeito! (Lety)

- E o que era?

Flashback

- Querido, temos que levar aquela garota para outro lugar, logo vão nos achar e seremos presos.

- Nós iremos nos mudar o mais rápido possível, já que aquela garota não vai ficar quieta. Quase que chamou a atenção do nosso vizinho.

- Temos que fazer algo para que ela fique calada, ou não se lembre do que aconteceu.

- Esse caso está resolvido.

- Como assim? O que você fez? 

- Ela não irá saber de nada, seremos como os pais dela.

- Entendo, mas e o nome? Teremos que mudá-lo para que ninguém suspeite.

- O nome do meio dela é Amina, então que tal Amy?

- Espero que ninguém suspeite, está bom.

De longe, os amigos de Amy viam toda a cena.

- Foram eles que capturaram a Nity, temos que agir!

O flashback da Lety foi interrompido pela Amy.

- Nity?

- Sim, era o apelido de Serenity que o Armin te deu!

Ela apontou ao mesmo rapaz que o Kentin tinha olhado fixamente.

Eu fiquei vermelha, receber um apelido fofo por um menino não é muito normal para mim.

Continuando...

- Calma Armin! Temos que avisar aos pais da Serenity! (Nathaniel)

- Eu acho que a melhor ideia é essa. (Melody)

- E se essa for a hora de agir? (Íris)

- Não temos tanto tempo para pensar. (Castiel)

- Ela precisa de ajuda, não viram como eles são maus? (Ken)

- É melhor procurar evidências de que são eles não? (Peggy)

- Mas já temos as evidências, eles mesmos contaram tudo. (Kim)

- Vamos logo avisar aos pais da Serenity...? (Violette)

- Eu prefiro buscar os pais da Serenity, é mais seguro. Sem contar que eles são grandes guerreiros, esse casal sairia correndo. (Priya)

E assim eles foram buscar Matt e Wanda, os pais da Serenity, para assim salvar sua amiga.

Mas quando eles voltaram, o casal já havia ido embora.

Semanas depois, encontraram o endereço da casa, mas não havia ninguém. Pegaram depoimentos do vizinho, que sempre ouvia uma menina gritando por ajuda na casa vizinha.

Passaram-se anos sem pistas de Serenity, e os seus pais não se cansavam de procurar.

Até um dia, Serenity foi encontrada.

Mas aquela, era uma nova Serenity, aquela Serenity, agora era Amy, que nem sequer sabia que a sua própria vida era uma mentira.

E agora, seus velhos amigos a encontraram.

Algo mudou? Ou a amizade continua a mesma?


Continua...






Notas Finais


Obrigada por ter lido até isto xD


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...