História Nเɢɾմʍ ɖɾɑcօ - A rҽѵҽlɑçãօ ժҽ ɮʊҡli - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Ação, Aventura, Bukli, Romance
Visualizações 13
Palavras 621
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Fantasia, Magia, Mistério, Romance e Novela, Suspense, Universo Alternativo
Avisos: Linguagem Imprópria, Spoilers, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Ficou bem pekeno, sorry;-;
Só leia e fav:]

Capítulo 2 - C a p í t u l o 2


Fanfic / Fanfiction Nเɢɾմʍ ɖɾɑcօ - A rҽѵҽlɑçãօ ժҽ ɮʊҡli - Capítulo 2 - C a p í t u l o 2

Esquivei para lado , mas como tinha sido rápido demais , acabei tropeçando e ficando contra a árvore , ele puxou seu arco e mirou em minha cabeça , claramente fiquei com medo , durante o tempo que ficamos parados , pude admirar seus incríveis e lustrosos olhinhos de cor verde primavera , a qual estava atrás da sua mascará estranha , era muito lindo. De repente ele mira para baixo , e diz :

-"O que faz aqui? Você não pode ficar." Falou com um tom aterrorizante. Mas lá, no fundo foi doce.

-"E-eu... Só segui um som estranho e-" Fui enter rompida.

-"Esse som serve para chamar os Dickers , você é?" Falou chegando mais perto de min e guardando seu arco.

-"Claro que não... E... Obrigada por... Me salvar." Disse.

-"Eu não te salvei, eu só mato eles... E então , o que faz aqui bela jovem curiosa?" Falou se aproximando mais e mais até ficarmos centímetros de distância , e colocou sua mão em meu queixo para eu olhar diretamente nos olhos dele.


-"Não te interessa!" Falei o empurrando com força e cortei sua mão com minha faca , e desci a colina o mais rápido possível até chegar lá em baixo , quando paro para olhar lá no topo , ele já tinha desaparecido. Corro para casa para tentar dispistar , e tenho sucesso.

Chegando lá , entro bem rápido e tranco a porta , vou à cozinha beber água para me acalmar , e logo depois alguém bate na porta , quando vou ver quem é , era minha irmã , abro e a recebo , o resto do dia foi normal até.

Amanhã é sábado... Como acordei bem sedo , resolvi olhar para o tempo , e estava maravilhosamente lindo , então eu resolvi novamente sair de casa , já tinha avisado para minha irmã que hoje possivelmente eu poderia sair para dar uma volta. Mas dessa vez com o meu arco , claro.

Caminho agora pela floresta sem rumo nenhum , mesmo sem a trilha , de alguma forma , por sorte , eu sei o caminho de casa.

Andando até um pouco mais afrente me deparo com uma muralha enorme , eu estava no canto eu acho , pois, tinha uma torre , e seguía para os dois lados , me assusto com algo que correu bem rápido lá em cima , quase não deu para ver , parecia um lobo , olhei para o lado para tentar enxergar o final ou uma abertura , mas não deu pois, era extremamente longo , então resolvi dar a volta para tentar ver se tinha , encontrei mais duas torres , e achei a entrada , era enorme. Para frente dela tinha uma trilha reta que parecia sem fim , fico em frente a ela e quando olho para cima e vejo uma tábua presa para fora , parecia bem firme , e sentado em cima , advinha quem era , sim , o mesmo homem que atirou naquele Dincker , ele parecia está dormindo , olhando para o céu , e balançando suas pernas aleatoriamente , sem fazer barulhos discretamente entro no lugar misterioso.








Notas Finais


Sorry algum erro ou desânimo;-;


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...