História Na Ilha com Hope - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, V
Tags Bts, Hoseok, Jhope, Naufrágio, Taehyung
Exibições 33
Palavras 1.015
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Heterossexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Oi! Estou de volta e como tinha avisado, aqui está mais um capítulo.
Espero que gostem!!

Capítulo 8 - Visitante inesperado


Moly Pov On

"Ai... Você é mal!" -Fala Hoseok levando a mão na cabeça, massageando onde dei  uns cascudos.

"Isso é para aprender falar direito com uma dama!" -Falo me sentando ao lado dele.

"Quando você vai começar a fazer o almoço?" -Pergunto.

"Agora!" -Ele fala se levantando e pega alguns gravetos.

"Eu ajudo!" -Falo indo ajuda-lo!

Não demora para que Hoseok fizesse uma fogueira, ele coloca um graveto grande na boca de cada peixe, um para mim e outro para ele, e enfia  na terra, deixando os peixes perto o suficiente da fogueira para assar aos poucos.

Depois de longos minutos. Começamos a degustar nossa refeição debaixo da uma árvore onde nos encontravamos, enquanto olhavamos o mar.

Não demora para que terminassemos de comer e então deitamos e ficamos admirando o céu.

"Olha Moly, aquela nuvem parece um coelho não acha?" -Ele fala me mostrando o tal 'coelho' no céu.

"Ne..." -Começo a responder, mas logo me interrompo, quando escuto um barulho vindo de trás, como só estava nos dois nesse ilha, ouvir algo qualquer não era normal

Hoseok também escuta, de reflexo nos levantamos  para olhar o que fazia barulho, e assim que nossos olhos encontram o causador do barulho, fico um pouco surpresa.

"Um macaco?" -Hoseok fala dirigindo a atenção para mim.

"Ne... Mas, um mini macaco, olha como ele é pequeno e fofinho!" -Falo olhando o mesmo na nossa frente um pouco distante.

"Ei, deixa esse kit aí!" - O rapaz exclama irritado com o animal e caminha até o mesmo.

Eu entendo a irritação de Hoseok já que o primata estava com nosso kit em mãos e jogava alguma das coisas de dentro em cima de folhas secas, causando o barulho que ouvimos antes.

Permaneço parada no lugar, enquanto observo Hoseok dando passos lentos para se aproximar do pequeno macaco.

"Solte isso agora!" -Ele fala irritado.

O primata volta sua atenção para Hoseok e o encara, enquanto ver ele se aproximar, mais e mais.

"Você sabe que ele não te entende, ne?!" -Falo rindo de Hoseok.

O animal tira uma lata de água do kit e arremessa na direção do Hope, que consegue se desviar, mas outra lata é arremessada e acerta seu pé.

"Ai... seu macaco idiota!" -Ele exclama irritado, segurando seu pé atingido.

O animal depois de atingir Hoseok parece sorrir do seu feito. Não aguento e deixo escapar várias gargalhadas da cena.

"Omo... Para Moly, doeu..." -Ele fala choramingando

"HOPE, O MACACO ESTÁ FUGINDO!" -Grito desesperada quando vejo o macaco sair correndo com o kit.

Em um pisca de olhos saio correndo atrás de Hoseok que saiu na frente atrás do macaco.

Tento correr o mais rápido que posso para alcanca-lo, mas não consigo. Paro por um instante e apoio minhas mãos nos joelhos para recuperar o fôlego. Volto a correr e vejo Hoseok parado e me aproximo.

"Onde ele está?" -Pergunto procurando o primata pelos lados.

"Ele pulou nas árvores e sumiu...!" -Ele responde com dificuldade, já lhe falta ar.

"Anyo..." -Resmungo.

"Isso não teria acontecido se você tivesse me ajudado a tomar o kit dele!" -Hoseok fala com uma expressão séria.

"Como eu ia advinhar que ele iria sair correndo..." -Falo, mas ele não responde. "Miane Hope..." -Fala cabisbaixa.

"Tá... Tudo bem, vamos esquecer isso..." -Ele fala levando sua mão no cabelo na minha testa e o bagunça de leve.- "vamos voltar para praia..."

Chegamos na praia e ele se agacha para ver o que o macaco jogou no chão.

"Parece que ele levou alguns pacotes de rações e os primeiros socorros." -Fala e começa a juntar as coisas do chão e me agacho também para ajudar.

Depois de nos acalmar, Hoseok se deita no tronco de árvore. Ele fecha os olhos como se fosse dormir e me sento no chão ao seu lado e me aproximo do seu rosto, o olhando fixamente.

"O que você quer?" -Ele pergunta ainda de olhos fechados.

"Vamos brincar?" -Pergunto animada.

"Anyo!" -Ele responde sem ânimo.

"Omo, por que?" -Pergunto cutucando sua bochecha.

"Estou cansado..." -Ele fala com a voz fraca.

Me levanto saindo do seu lado e me sento mais longe, ficando de frente para o mar.

Observo atenta a imensa quantidade de água, quando vejo algo no horizonte, ao longe, um pequeno risco preto sobre o mar, continuo olhando fixamente e tenho certeza, é um navio.

"NAVIO AVISTA !" -Exclamo correndo até Hoseok que ainda se encontra deitado.

"NAVIO AVISTA!" -Grito chegando perto do garoto, que não tem nenhuma reação, acho que dormiu.

"Navio a vista!" -Falo segurando sua camisa com força e o jogo no chão, no mesmo instante, ele se levanta furioso.

"Por que fez isso?" -Me olha com seriedade.

"Navio Hope, vi um navio!" -Falo apontando para onde o vi.

Ele parece despertar para a realidade e corre para ver o tal navio. Fico ao seu lado e logo ele também o ver.

"E agora?" -Pergunto.

"Pegue o que você puder para tacarmos fogo, quero fazer uma grande fogueira." -Ele fala apressado.

Corremos pela praia pegando qualquer tipo de gravetos ou folhas e amontoamos em um local. Hoseok coloca as mãos  nos bolsos e então parece preocupado.

"Onde está? Onde está?" -Ele fala assustado.

"O que?" -Pergunto sem entender.

"O isqueiro... Não o acho... Ele estava no meu bolso, não posso ter perdido!" -Ele fala incredulo.

O olho desanimada. Mas não sinto raiva, seu olhar e sua voz trêmula falam por se só, ele já está se auto castigando por ter perdido o objeto que nos tiraria dessa ilha.

"Por que... Por que?!" -Ele se joga de joelhos no chão e apoia os cotovelo na barriga, enquanto as mãos ficam cobrindo o seu rosto.

Me ajoelho ao seu lado e o abraço. Não demora muito para que eu sinta seus braços me envolverem.

"Desculpa Moly!" -Ele fala apoiando sua cabeça na minha, e respondo o abraçando ainda mais forte.

"Não se preocupe, ne?!" -Começo.- "Ainda vamos sair daqui!" -Respondo com um tom gentil.

"Vou fazer de tudo para saímos daqui!" -Ele fala.

Não me importo em responder, apenas continuo o abraçando.

Moly Pov Of



Notas Finais


Bom, é isso... Espero que tenham gostado!!
Até os próximos capítulos!!
Beijo beijo beijo


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...