História Na linha do tempo-Camren (Adaptação) - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fifth Harmony, One Direction
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Harry Styles, Lauren Jauregui, Liam Payne, Louis Tomlinson, Niall Horan, Normani Hamilton, Personagens Originais, Zayn Malik
Tags Camren, Larry, Nially, Norminah, Trolly, Ziam
Exibições 39
Palavras 1.227
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Artes Marciais, Aventura, Colegial, Crossover, Famí­lia, Romance e Novela, Universo Alternativo, Yaoi, Yuri
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Oiiii desculpa postar hoje e agora, mas meus amigos ficaram na recuperação e tive que ajudá-los. Boa leitura

Capítulo 6 - Louca...


Pov Camila 


Faz 84 anos que eu não vejo a lolo. Brincadeira "Risos" não consegi não  botar isso. Tá, ok, bom. Ri de novo.

-Filha você tá bem?-Perguntou minha mãe, ela estava na sala assistindo TV comigo e eu comecei a rir do nada com esses pensamentos

-Nada não mae, apenas estava pensando em coisas engraçadas


Ok...respira, pronto, onde estávamos? Ah é mesmo, bom faz 2 semanas que não vejo ela, e meu pai não deixa eu sair em nenhum momento, quase nenhum momento sexta, sábado e domingos ele deixa, mas não tanto, então aproveito também quando ele dorme, se eu tento mais? Sim, MUITO, mas esse homi virou minha sombra, e acho que se eu desaparecer vou demorar pra achar a casa da lolo e ele iria perceber, e bom, como já disse, eu fico totalmente no tédio, ok tenho meu celular, TV e Xbox, mas na moral, eu já me acostumei bastante com ela vindo aqui, e nenhuma diversão, é pario pra oque ela pode fazer pra me divertir, apenas com a risada dela eu sorrio. 


E tem a Tia Clara, ainda tem a saudades dela, a mulher que ficou no lugar se chama Sandra, ela é legal, coisinha bem, faz as coisas bem, mas a da mãe de Lauren era melhor, ele me aconselhava em algumas coisinhas, me divertia e tudo. Minha mãe sabe cozinhar tals mas, papa não deixa, sempre ele, que não permite pois não é coisa que nos devamos fazer e blá blá blá, ela me da conselhos também, mas como trabalha, oque o papa não gosta também, cuida do trabalho até mesmo aqui e as vezes não tem tempo pra mim.


Suspirei. Hoje ligaram pro meu pai da empresa, dizendo que aconteceu algumas coisas sérias e tem que ter a presença dele, e ele vai sair daqui a pouco. São exatamente 8Hrs da manhã, e eu tive um plano, como a viajem é longa daqui pra lá e de la pra cá, provavelmente ele do chegará nas madrugs ou no outro dia de manhã, e eu vou precisar de tempo para que possas achar a casa da Lauren

-Bom...já estou indo-Disse descendo as escadas, se despediu da minha mãe com um selinho,isso me fez lembrar Lauren, e disse algo pra ela, e depois beijou minha testa. Após ele sair fui na janela, e observei ele sumir da minha visão. 

-Mãe, posso sair?-Perguntei me virando pra ela, que sorriu

-Você vai atrás dela não é?-Disse com um sorriso divertido, e eu mordi o lábio inferior

-Bom...-Me enterrompeu

-Pode ir

-Sério?!-Perguntei surpresa

-Super sério-Disse rindo. Eu corri e a abracei, ah ela é a melhor

-Você é a melhor mãe do mundo, te amo

-Também te amo querida-Disse e se afastou-Quero lhe pedir umas coisinhas ok?-AAssenti-Quero que de um oi a clara e Mike, e diga que estou pedindo desculpas pela atitude de Alejandro, e que de estiverem precisando de algo, falem comigo esta bem?

-Sim

-E tenha cuidado porfavor

-Claro, obrigada de novo- Ela sorri e beijo sua bochecha direita e ela a minha testa. Subi e pego o meu diário desço dou um "tchau" e saio. Pego a bicicleta que a lolo me deu, sim ela me deu e fui. 


Comecando minha busca, vou pelo caminhode terra, e sugo para as casa que vi quando tinha chego aqui, ainda bem que nao tinha muitas ruas pra entrar. No meio tinha a estada de terra, os lados tinha casas simples, com tamanhos e cores diferentes, umas com varais cheios outros vazios, cercas algumas quebradas outras intactas. Olhava para os lados a procura de algem da família dela. Meu coração palpitava, só de pensar que poderia vê-la hoje. E...vi...seus longos cabelos negros...sentada na frente de sua casa...olhando para o chão...com uma regada e bermuda branca...e foi nessa hora...que eu percebi que não conseguia mais a nenhum momento ficar sem seu cheiro de erva doce, enterra meu rosto em seu pescoço e senti o calor dela. 

-LAUREN!!-Gritei, com toda a emoção de revela após DUAS semanas e acenei(N/A: Se com semanas tão assim, imagina anos). Ela se levantou e quando me viu sorriu, um dos sorrisos mais lindos que eu vi, deixei a bicicleta la e corri pulando a cerca e a abraçando nos duas rindo. E ahh botei meu rosto em seu pescoço e ela me levantou u pouco do chão. Aquele abraço quente dela de novo, o cheiro de erva doce, os cabelos um pouco bagunçados, ela estava com uma regata e bermuda, descalça.

-Camz! Você está mesmo aqui sua loka, e seu pai?!-Perguntou me soltando

-Eu...desculpa lolo eu não consegui me segurara mais...eu botei sonífero na comida dele e ele apagou por 8horas...eu nao sei oque deu em mim, mas, eu previsava te ver-Falei com uma cara maligna e culpada e ela me olhou de olhos arregalados surpresa-É mentira sua bobinha marrentinha-Essa foi a melhor

-Idiota, ssabe que eu não gosto do marrentinha-Fez careta 

-Ah deixa de chacho e...cadê tia clara?-Perguntei

-Eu to aqui querida-Misericodia! De onde ela saiu-Eu ejá estava aqui, mas só veio perceber que eu estou aqui agora, estava ocupada-Riu divertida com a bacia de roupas na mão foi até ela a abracei e contei tudo oque minha mãe pediu que eu fala-se. Logo após perguntei se poderia brincar com a Lauren e a mesma deu a recomendação de não ir muito longe, tomar cuidado essas coisas. 


Saímos de la, e ela já queria me mostrar um novo lugar. Era um tronco de árvore enorme, peguei meu diário escrevi algumas coisinhas e deixei do lado da Lauren que estava sentada no tronco e eu fui andar nele, claro. Hoje foi um ótimo dia


No dia seguinte

Acordei feliz, e fiz minha higiene, vesti meu vestido floridoa, quase saltitando, meu pai chegou de madrugada, então digamos que fiquei  bom tempo com a Lauren ela tinha vários novos lugares pra irmos.


Desci dei bom dia e sentei-Me a mesa para comer e meu pai já foi falando

-Filha, treine um pouco de piano hoje. Vai ajudar esses tempinhos de treino na aula

-Sim, pai-Disse com pouco ânimo. Mas eu amo tocar piano, vai ser bom até 

Depois do café, fui pra sala de instrumentos, e me sentei ajeitando o livro de músicas começando a tocar, acho que uns dez minutos depois, ouvi algem me chamando e me assustei um pouco olhando a janela e parando de tocar. Vi Lauren sair de trás da parede e se sentar na janela com um sorriso divertido, estava descalça, bermuda branca e...sem camisa com um top preto (N/A:A lauren nao tinha tantos peitos mas já estavam aparecendo, o meu veio antes dos 12 acreditem)

-Lauren oque está fazendo aqui?! É perigoso gatota! Perdeu a nnoção do perigo?!

-Tá ta ta, pensei que iria gostar de me ver, mas vejo que não, eu me sacrifico e você fa isso-Disse fazendo drama e eu refiro os olhos-Apropósito...você toca muito bem-Corei

-Tá, você pode ficar, um pouco, em estantes meu pai vem aqui-Sigo e ela concorda e eu volto a tocar. Ela me olha a todo momento ja estou ficando envergonhada. Ouço passos e sei quem é

-Sai sai meu pai ta vindo-Fasso sinais pra ela sair e falo sussurrando. Ela foi e voltei a tocar e meu pai entra

-Está tudo bem aqui?-Diz chegando perto ficando do meu lado esquerdo, o lado da janela

-Está sim 

-Ouvi vozes

-Eu estava cantando

-Hum...ok-Beijou minha testa e saiu respirei fundo. Essa doida, só pode ter  titica de galinha na cabeça pra vim aqui. Balancei a cabeça e continuei. Louca...


Notas Finais


Olha, sei que não descrevi as meninas crianças, mas eu resolvi deixar a critério da imaginação de vocês, tentem imaginar, mesmo que não seja da mesma forma que eu imaginei elas, e eu tentei botar a descrição e não consegui então deixam a imaginação trabalha e ok?.
Bom não queria deixar sem sinopse a fic, entao pedi a meu melhor amigo que me ajuda-se, e ele tem umas ideias boas, mas ele so dez com que minha criatividade se soltasse mais. E espero que tenham goatado Bjs 😘.
Queria avisar tbm que a parte de criança delas está chegando ao fim


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...