História Na pontinha dos pés - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO
Personagens Baekhyun, Sehun
Tags Sebaek
Visualizações 349
Palavras 1.363
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Hentai, Lemon, Shoujo (Romântico), Yaoi
Avisos: Adultério, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Nudez
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Só me inspirei um tico e vim aqui. Perdão pelos erros, eu odeio betar ~~

Boa leitura

Capítulo 1 - Beijos molhados


BaekHyun adora tomar banho acompanhado. Era certo que sempre na hora de se banhar alguém o acompanhasse, e o mais adequado para a situação era Sehun.

Após um treino cansado, chegavam ao dormitório exaustos e logo procuravam seus quartos. Alguns membros comiam algo mas rapidamente se aprontavam para um descanso pleno.

Baek abriu a porta de seu dormitório e logo foi jogando a mochila perto da cama. Tirou os sapatos e a camisa logo em sequência, estava suado como um porco. Fazia algum tempo que não pegava pesado na dança. Em meio ao despir ouviu a porta do quarto ser brevemente aberta e se virou para ver quem estava tentando entrar, mas para sua sorte era quem ele iria procurar.

— Você vai tomar banho agora? — Oh questionava um pouco baixo.

— Só estou pegando uma roupa, já estou indo. Se quiser ir na frente fique a vontade, eu já chego lá. — Sorriu simpático vendo o outro assentir e assim sumir no meio do corredor.

Byun BaekHyun nunca entendia o porque de ser sempre Sehun o primeiro a querer estar como seu parceiro. Aquilo o intrigou mas não o fez afastar, pelo contrário, talvez tivesse o deixado ainda mais próximo deste. Em reuniões com fãs Sehun sempre procurava sentar-se ao lado dele, às vezes tocava a coxa do pequeno e perguntava se algo estava errado ou alguma coisa como "você está bem?", nada fora do normal até aí.

A grande sacada para fazer o jovem sentir-se um pouco diferente foram os banhos que passou a tomar com o loiro. Sehun parecia nervoso e a todo momento prendia o olhar sobre o corpo do Byun, quase bisbilhotando na cara dura. Era como se tivesse procurando uma tatuagem escondida.

Mas isso não o fez parar, pois por incrível que pareça, não bastava só as brincadeiras como morder a bunda um do outro, BaekHyun adorava o olhar do Oh queimar sua pele. Era bom, e coisas realmente boas não devem acabar rápido.

Aprontou sua toalha e retirou a calça indo em disparada até a porta no fim do extenso corredor. Apanhou a maçaneta e a girou como de costume logo trancando ao entrar no banheiro. O chuveiro já destilava água sem parar e o box estava bastante embassado tendo apenas uma silhueta sumida atrás dali.

Byun mordeu o lábio involuntariamente lembrando dos olhares do outro sob si e queria sentir aquilo novamente. Há alguns dias não conseguia mais apreciar de um banho um pouco mais demorado que o normal por estar cheios de compromissos.

Assim que se desprendeu dos devaneios, o pequeno retirou sua única peça de roupa e a jogou no canto do banheiro indo em direção ao box. Sehun passou a mão sobre o vidro e riu abafado abrindo a peça logo em seguida dando passe para BaekHyun entrar.

— Não está quente demais? — Questionou o Byun.

— Água quente ajuda a relaxar mais na hora de dormir.

— Ah, eu não fazia ideia. Gosto de tomar banho gelado para despertar mais rápido, você sabe.

— Sim, eu sei. Mas meu intuito hoje é relaxar, te deixar mais relaxado também. — BaekHyun olhou no mesmo instante para o mais alto ali e procurou um sorriso do qual não teve nem mesmo ideia. Sehun parecia um pouco diferente e aquilo começou a deixá-lo apreensivo.

— Pode pegar o shampoo para mim?

— Sim. Eu posso lavar suas costas se você se virar.

— T-tudo bem. — Ainda com aquela velha sensação do olhar do outro queimando cada parte de seu corpo, Baek se virou e suspirou leve quando a esponja macia tocou sua pele. Soltou um muxoxo leve ao sentir o atrito de temperatura.

— Você precisa ficar bem descansado. Pegou muito pesado hoje no treino, não precisa ser assim.

— Eu quero melhorar ainda mais, sabe como eu sou. — Sehun apenas rosnou e o puxou para mais perto, pondo o pequeno debaixo da água.

Após lavar as costas de BaekHyun, Sehun pegou o shampoo da mão do pequeno começando a despejar uma quantia boa na palma e as levou de encontro aos fios do castanho. Era divertido fazer penteados com a espuma, mas naquele momento a única coisa que se prendia nele era a vontade de apertar os ombros e dali descer até para o quadril o trazendo para ainda mais perto.

— Sehun, eu posso te perguntar algo?

— Sim.

— Você já sentiu algo diferente perto de alguém que não deveria? — Oh abriu ainda mais os olhos e pensou bem.

— Como assim? — Baek se virou para o loiro e procurou os olhos para ali sarar a dúvida que estava o remoendo há algum tempo.

— Sentir vontade de fazer algo que nunca teve vontade antes... E com quem não deveria?

— O que quer dizer com "quem não deveria"?

— Eu acho que é coisa da minha cabeça, é melhor deixar para lá, certo? — Em um bufar vendo que fracassou na missão de interrogar seu amigo mais novo, Byun virou-se novamente de costas para o amigo terminar de lavar seu cabelo quando este o girou de volta em direção a si.

— Você sabe que eu não gosto quando você faz esses enigmas. Vá direto ao ponto, por favor. O que quer saber? — Era uma alternativa recusar?

Ainda um pouco receoso o mais baixo resolveu respirar fundo e enfim abrir seu coração.

— Eu tenho notado que há algum tempo você vem ficando ainda mais carinhoso comigo, e isso me deixou um pouco pensativo, mas deve ser coisa da minha cabeça mesmo.

— E o que sua cabeça diz? — Em meio a um banho normal no meio da semana BaekHyun se viu perdido. O barulho do chuveiro era o único ali que não fazia o silêncio se instalar. As poucas palavras de Sehun haviam o deixado mudo.

— E-eu na verdade não sei bem, é só uma suposição boba.

— A suposição é sobre eu estar gostando de você? — Foi nesse momento em que o coração do Byun pareceu falhar algumas batidas. Era possível que estivesse realmente certo?

Piscou algumas vezes tentando processar o que havia ouvido e abriu a boca para dizer algo mas nada saiu.

— Eu pensei que tivesse deixado bastante nítido meu intuito com tudo isso. — Byun a esta altura já não conseguia pensar em mais nada.

— Sehun eu estou confuso, o que tudo isso é?

— Eu gosto de você.

O pequeno então de repente sentiu suas bochechas queimarem e o loiro alto sorrir de canto esperando o próximo passo. Estava se sentindo aliviado dizendo o que sentia e guardava em si.

— Isso é realmente verdade? Ou você está querendo brincar com meus sentimentos? Não é justo!

— Não é justo mesmo, por isso estou sendo bastante honesto. Acharia mesmo que eu tentaria enganar você?

— Não seria isso, talvez brincar comigo e depois pedir desculpas e continuariamos a tomar banho mordendo um ao outro. — Ambos riram após aquilo.

— Mordem não é a única coisa que sinto vontade de fazer quando estou com você. — O sorriso do menor se desfez aos poucos trazendo uma careta curiosa.

— O que mais sente vontade de fazer? — Baek perguntou.

Sehun a partir daí reuniu toda a coragem dentro de si para tomar atitude. Soltou a esponja e tocou o queixo do Byun admirando os lábios finos. A outra mão foi em contato ao quadril marcado do outro o trazendo para mais perto e então tocou levemente os lábios de BaekHyun o fazendo ficar na pontinha dos pés.

No início o leve selar havia acelerado os dois corações, mas logo outras reações se fizeram presente como Baek segurar no quadril de Sehun enquanto abria os lábios para dar passagem ao outro no intuito de formar um perfeito ósculo.

(...)

Passaram alguns minutos trocando beijos molhados enquanto a água banhava os corpos. Talvez o banho acompanhado deixasse tudo melhor, e no fim não foram só mordidas no bumbum que havia ganhado de Sehun, como também alguns beijos e uma declaração de que não seria o último banho tomado com uma troca de toques aos corpos alheios.


Notas Finais


Obrigado por ler <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...