História Na Trilha da Fama - Capítulo 27


Escrita por: ~

Postado
Categorias Big Time Rush
Personagens Carlos Pena Jr, James Maslow, Kendall Schmidt, Logan Henderson
Visualizações 22
Palavras 1.843
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Romance e Novela
Avisos: Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olá meus amores.

Olha eu aqui de novo.


Voltei com mais um capítulo.
Esse capítulo promete.

Boa leitura.

😉😉😉😉

Capítulo 27 - Entrando em desespero



Acordei com uma enorme dor de cabeça, não lembrava muito o que tinha acontecido.


Quando abri meus olhos vi que não  estava em nenhum lugar conhecido, eu tentava a todo custo lembrar o que aconteceu.


Até que ouvi uma voz. 



- A princesa acordou. 

Oliver apareceu na minha frente. Então um Flash veio em minha cabeça lembrando o que ocorreu ontem a noite. 


- Oliver onde eu estou. O que você vai fazer comigo. 

Eu já estava ficando desesperada. 


- Calma linda, a nossa festa nem começou ainda.


Eu estava amarrada em uma cadeira de um hotel. 


Olhei ao redor e notei que estávamos em um hotel de luxo. 



Devo dizer que achei estranho. 



            Logan



Depois de todos concluir de que quem levou a Mah foi realmente o Oliver, fomos na diretoria para ver as câmeras de segurança, mas Oliver foi esperto


Ele ficou em um ângulo que não dava para ver ele de frente. A única coisa que vimos foi o cara de golpeou o Nicolas por trás. 


A diretora foi chamada na faculdade. Ela lamentou o que seu neto fez. Mas lamentar não traria a Mah de volta. 


Fomos para a delegacia fazer um boletim. Isso me irritou ainda mais, eles não poderiam fazer nada por que não passou o prazo de 24 horas do desaparecimento da vítima.

 


Com muito custo James me convenceu a ir para casa. 



Juliana e Nicolas vieram comigo no meu carro. Todos iriam para minha casa, esperar notícia. 


Mas tenho certeza que eles não queriam me deixar aqui sozinho para que eu não faça nenhuma besteira. 



Apesar de estar enlouquecendo por dentro eu não faria nada, por que eu sei que a Mah jamais me perdoaria. 


Cheguei em casa, estacionei o carro na garagem. 


O resto do pessoal chegou junto com o James.  Não sei como, mas kendall também estava aqui. James deve ter avisado. 


Deixei todos na sala e subi um pouco, eu precisava pensar onde ele estaria com a Mah. 


Assim que entrei no quarto as lembranças da noite passada invadiram meus pensamentos. 

Soltei um sorriso involuntário em pensar na Mah ali na cama comigo e gritando o meu nome. 


Mas não foi só o sexo que me fez sorrir como um bobo. Foi hoje de manhã quando acordei antes dela e vi ela dormindo tranquilamente. Seu sono profundo, seu rosto angelical. 



Foi nesse momento olhando ela dormir que pude confirmar minhas suspeita. 


Eu estava completamente, perdidamente apaixonado por essa garota. 


Eu amava a Mah. E assim que tive a oportunidade disse isso para ela. 


Espero que um dia eu possa repetir isso. 



Tomei um banho rápido e voltei para sala.


Todo mundo tentava ligar para o celular do Oliver. 


Oliver desativou o rastreador  do seu celular. O da Mah ainda tem, mas o celular ficou com a Luana. 



- Logan eu entrei na sua cozinha e fiz um lanche para todos. Espero que você não se importe.



- Não Luana, pode ficar à vontade. A casa é de vocês. 


Assim que falei com a Lu sentei em uma poltrona que tinha ali. 


- Logan você precisa comer. 


- Não to com fome James. 


- Cara se você não comer e passar mal a Mah vai te matar. Você sabe disso né?

Kendall sentou em outra poltrona e me alertou. 


Conhecendo minha namorada era bem provável que ela faria isso mesmo. 



Todos já tinha comido o lanche que a Luana fez, menos eu. Não conseguia engolir nada



- Gente eu estive pensando e se eu colocar no Twitter que a Mah sumiu. 

Tenho certeza que todo mundo iria toma uma providência. 



- Logan não acho uma boa ideia. Você fazendo isso vai expor a Mah. E pode ser que atrapalhe nas investigações. 


- Que investigação James, eles ainda não começaram nada.  Nem procurar a Mah. 


Eu já estava ficando cadê vez mais irritado. Isso já era visível entre meus amigos. 



-  Juliana você não conhece nenhuma casa dele ou algo do tipo? 

Luana quem perguntou para a ruiva. 


- Ele tem apenas uma casa, é onde ele mora com os pais dele. Mas eu duvido que ele tenha levado a Marilia pra lá. 



- Oliver não levaria ela para nenhum lugar em que poderíamos achar fácil. Ele deve ter levado ela para algum lugar abandonado. Longe da cidade. 

James disse. Mas eu não sei se ele realmente está certo.


Oliver é louco. Ninguém sabe o que se passa na cabeça dele. 


           

         MAH




Não sei quantos dias estou aqui. Se é um, dois ou uma semana ou um mês. 


Oliver me dopa sempre que acordo. Pelo menos agora eu não estou mais presa em uma cadeira.


Ele me deixou livre para andar pelo quarto.  Depois que acordei, pude notar que sem dúvidas eu estava em um quarto de hotel. 


Eu  tentei gritar para que alguém pudesse me ouvir, mas meus esforços era em vão.


Ninguém me ouvia ou pelo menos fingia não me ouvir. 


Ainda estava com a mesma roupa que usei na faculdade. 


Analisei meu corpo para ver se tinha alguma hematoma ou alguma coisa que mostrasse que Oliver me maltratou. 

Mas não via nada. 


Se ele nao fez nada comigo, então porque me manter aqui. 



Ouvi barulhos na porta, quando a porta se abriu Oliver entrou com várias sacolas de roupa. 


Eu não queria olhar, mas uma das sacolas me chamou a atenção. 


Era uma sacola de roupa de noiva. 

Lembro de ter visto essa marca no shopping. 


- Mah que bom qie você acordou. Trouxe algumas roupas para você. Afinal o lugar onde vamos você não pode ir apenas de short né.


Ele disse assim que colocou as sacolas na cama. 


- Que lugar nós vamos Oliver. Do que você está falando?. 


- Mah da nossa Lua de Mel. Você esqueceu que vamos nos casar e passar a lua de mel em Londres? 


- Oliver a gente nunca vai casar. Escutou bem?  


- Mah eu sei que você tá nervosa para o casamento, mas não se preocupe tudo vai ocorrer bem. Já dei deu ordens de mandar eliminar todas e qualquer ameaça que possa nos atrapalhar. 


Quando ele disse isso senti um frio na barriga. Tenho certeza que ele se referia ao Logan. 



Quando pensei nele uma lágrima involuntária escapou pelo meus olhos. 


Como será que ele está? James me disse uma vez que Logan não era de mentir sobre o que sentia e se ele me dissesse que gostava de mim era para eu acreditar. 


E então Logan disse. Ele disse me amava. E ele não mentiu. Disse olhando nos meus olhos. 



Oliver viu que eu chorava, mas como ele está fora de si ele não percebeu o verdadeiro motivo. 


- Mah não chora, sei que a idéia de casar deve ser meio assustadora, mas quando se ama alguém essa é a natureza. 



- Oliver eu não te amo. Eu amo o Logan.


Quando Eu disse isso eu vi a raiva dentro daqueles olhos que um dia achei ser apaixonada. 


 

- Ele não te merece Mah. Ele não te ama. Eu te amo de verdade. Você não vê isso. 


- Oliver  você é maluco. Você enlouqueceu. 


Quando disse isso senti meu rosto queimando. 


Oliver havia dado um tapa no meu rosto. 


- Com você nunca é do jeito fácil né Mah. 


Oliver segurou meus dois ombros, tentando me beijar. 


Eu me debatia, tentava sair daquele aperto.

Oliver beijava meu rosto, meu pescoço, minha boca.


Até que vi que ele tentava tirar minha blusa.


Com muito custo sai dali e corri dele. 

Mas ele segurou meu braço e me jogou na cama. 


- Mah, Mah. Não complica mais as coisas. 


Oliver tirou uma algema do bolso e prendeu meus pulsos na cabeceira da cama. 


Eu tentei soltar mais sentia a dor do metal cortando meus pulsos.


Eu queria chorar queria gritar, mas não podia porque Oliver também tampou minha boca com um pano. 


Eu já não estava mais com a blusa xadrez por cima. Agora só estava com a blusa branca e o  short jeans.


Oliver rasgou minha blusa branca deixando a mostra meu sutiã também branco  com renda. 


- Nossa Marilia eu tinha me esquecido de como você é gostosa. 


Oliver passava a mão pelo meu corpo. Começou a beijar meu seio por cima do meu sutiã. 



Como eu não poderia gritar, comecei a chorar.


Tudo que eu temia uma dia acontecer comigo estava a preste a acontecer. 


Oliver havia descido os beijos para minha barriga, quando ele ia tirar meu short, o celular dele tocou. 


Eu me senti aliviada. 

Oliver saiu de cima de mim para atender o telefone. 



Oliver ia sair, mas antes de sair ele voltou onde eu estava.


- Meu amor eu vou sair, mas volto já tá não sai daqui. Depois que eu voltar vamos fazer aquele amor gostoso que a gente fazia antes daquele cantor de quinta roubar você de mim.  



Oliver estava visivelmente desequilibrado. 


Ele acha que ainda temos alguma coisa. 


Eu preciso saber como vou sair daqui. 




        LOGAN


 

Já tinha passado um mês desde o desaparecimento da Mah.


A polícia já estava desistindo de ir atrás de pistas sobre onde eles poderiam estar. 




Eu iria viajar para o México, mas desmarquei a viagem por causa do sumiço da minha pequena. 


Sem saber onde ela estava eu não tinha cabeça para nada. 


Eu não conseguia comer direito ou dormir. 



Alguns amigos meus de Londres vieram para Los Angeles. Eles me acompanharam  na viagem até o México, mas como Eu cancelei eles vieram até aqui.


Eu tinha convidado eles para se hospedarem na minha casa, mas eles disseram que não queria me atrapalhar.


Eu fui até o hotel onde eles estavam, me direcione até a recepção e disse o meu nome. 


Eles me indicaram o andar onde eu iria. 


Quando eu estava entrando vi dois rapazes saindo do quarto no final do corredor. 


O engraçado era que eu conhecia aqueles dois de algum lugar. Só não consigo lembrar de onde. 


Eles não era estranho.  




                    MAH:


Quando acordei Oliver estava de volta no quarto. Eu não estava mais com o pano na boca e nem com as algemas no pulso. 


Mas também não estava com as minhas roupas. Eu estava completamente nua.




Oliver estava sentado em uma das cadeiras do quarto. 


Assim que vi a situação em que eu me encontrava eu peguei um lençol e cobri meu corpo. 



- Não precisa fazer isso Mah eu já vi seu corpo todo. Já fiz várias coisa aí também você sabe né. 


- Oliver por que você fez isso. 


- Para mostrar que você é minha. 


- Oliver me deixa ir embora. 


Quando eu ia responder alguém bateu na porta. 


Oliver parecia estar surpreso. Acho que ele não  esperava ninguém no quarto.


Oliver puxou pelo meu braço e me empurrou para dentro do banheiro. 


Mas antes ele tampou minha boca para 

 Que eu não gritasse. 


Ele me jogou dentro do banheiro. Eu bati a cabeça na ponta da pia.  


Tudo a minha volta começou começou a ficar  preto. Não ouvi ou vi mais nada. Apenas deixei a escuridão me tomar. 




Notas Finais


E então o que acharam desse capítulo?? Please me digam se gostaram ou não.

Quem ai ficou com dó do Logan?
🙋🙋🙋🙋🙋🙋🙋🙋

Eu também fiquei
Até a próxima

😚😚😚😚😚😚


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...