História Nada além da verdade - Camren - Capítulo 33


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fifth Harmony
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Lauren Jauregui, Normani Hamilton, Personagens Originais
Tags Alem, Ally, Ariana, Cabello, Camila, Camren, Dinah, Drama, Fifth, Fifthharmony, Harmony, Jauregui, Lauren, Lesbicas, Lgbt, Lucy, Nada, Normani, Norminah, Romance, Verdade, Verônica
Exibições 925
Palavras 1.306
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Ficção, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 33 - Back


Fanfic / Fanfiction Nada além da verdade - Camren - Capítulo 33 - Back

Abri um pouco os meus olhos, lentamente, sem saber nem onde estava, que eu me lembre o último lugar foi no hospital mas o teto é o da minha casa.

-Lauren? ...Lauren? Filha.

-Mãe? Oi mãe- falei rouca - cadê o Chris? -me sentei na cama e ela me empurrou com delicadeza para que eu me deitasse de novo. - Ele está bem, graças aos médicos e a você. Tá tudo bem. - sorri e quando vi já estava dormindo de novo.

Camila POV

Já havia se passado dez horas e meia, Lauren já deveria ter chegado. Mas não liguei para ela, depois passou mais duas horas, imagino que esteja tudo bem com o Chris, porque notícia ruim corre rápido se nada foi me comunicado, ele está bem.

Não liguei para Lauren, prefiro que ela me ligue quando estiver melhor. Faltavam alguns dias para as férias acabarem, e dois anos para minha faculdade. Que eu não sei nem se realmente quero continuar. Não sei se posso me jogar de cabeça assim e viver "Altas aventuras com Lauren Jauregui"

Sou de peixes mas minha vida tá totalmente de libriana.

Não passei os aniversários das minhas amigas junto a elas. Não passei o aniversário dos meus pais junto a eles. Não passo nem mais tempo com eles. O que me dá um aperto, pois não me vejo completamente longe dos meus pais. Não mesmo.

Compromisso é compromisso, e se eu largar agora demorarei a voltar para o curso.

-Pensando em quê, Camila? - olhei e vi Ally ao meu lado no sofá, e todas as meninas que estavam focadas vendo o filme, se viraram para mim.

-Faculdade, casa, Lauren, meus pais, meus amigos, ficar, ir... e assim sucessivamente

-Tá com dúvida? Nunca vi uma menina para ter tanta dúvida. Você não era assim - Dinah falou - Ficou assim depois de Lauren

- Não culpe minha amiga não! - Veronica falou arqueando a sobrancelha. - Que maluquice

-Não é isso Vero

-Eu sei, só tô brincando

-tsc - todas fizeram, menos Veronica

-O que é? Não pode nem mais brincar?

-Depois eu volto gente, preciso realmente pensar um pouco - disse indo em direção às escadas

-Ta vendo? - ouvi um estalo, provavelmente de Lucy em Veronica

Subi as escadas e fui em direção ao quarto de Lauren. Que era de Lauren. Pensar. E pensar. E pensar.

Me deitei em sua cama, agarrei seu traveseiro com desejo de tê-la ali para abraçar.

🎵🎵🎵🎵🎵
Sorri ao ver a foto de Lauren sorrindo na tela do celular

-Alô? Lauren?

-Oi Camz

-Oi meu amor, você está bem? E Chris? E a viagem? Seus pais?

-Eita, calma, acabei de acordar, está tudo bem sim, Chris recebe alta amanhã. Desculpa por não ter ligado ontem, eu desmaiei quando a mulher estava tirando sangue.

-Uooou, meu deus Lauren. - ela deu risada- Não ria não, você está bem mesmo?

-Estou, sim. Fora a saudade

-Já?

-Não está com saudades?

-Eu não, imagina, só estou aqui no seu quarto agarrada ao seu travesseiro

-Sério? - gargalhou - Eu te amo tanto- falou baixinho mas felizmente eu ouvi e sorri, e corei, e pulei de felicidade, e tudo. Acabei não respondendo - Camila?

-Quê? Oi! Eu também. Te amo

-Cuida de Tomás para mim, ok?

-Com minha vida.

-Acho bom. Camz, vou ter que desligar. Tô morrendo de fome, depois nos falamos, pode ser?

-deve ser. Sinta-se beijada

-Não era você que não gostava de beijo?

-Digamos que eu tenha certo vício com o seu

-Hm, se for assim tudo bem. Sinta-se beijada.

-Adiós

-Adiós nena

LAUREN POV

Fui devagar para a cozinha, estava realmente sem energia, quase 24 horas sem comer

Almocei exagerando na quantidade de comida, mas não era hora do almoço, era quase fim da tarde

-Assim explode - meu pai disse - Vai repetir é? - perguntou quando me levantei

-O quê? NÃO, so vou lavar os pratos.

-Ah bom

Depois de boas louças, fui para sala descansar ainda mais e senti um corpo ao meu lado me abraçando

-Eu senti sua falta nesse pouco tempo, mana

Abracei Taylor sorrindo, minha família é simplesmente incrível

-Filhas, vamos? Visitar seu irmão. Sua mãe já deve estar la. - disse pegando as chaves do carro.

Eu estava nervosa, feliz, e ao mesmo tempo ansiosa e triste. Quero ver o meu irmão.

-Vamos - Taylor falou e levantei junto a ela me dirigindo à saída junto a meu pai.

Depois de um tempo finalmente chegamos ao hospital.

Demos a nossa identidade e entramos no elevador. Ao chegarmos no andar, minha mãe estava sentada na cadeira olhando para o chão.

-Visitantes do paciente Jauregui

Nem tivemos tempo de sair do elevador e já fomos chamados. Minha mãe se levantou olhando para a médica e depois nos viu.

-Eu posso ir falar com ele?

-Pode sim, de dois em dois. - a médica falou e meus pais tomaram a frente como se falassem "eu vou com ela"

-Não, eu posso ir sozinha? - meu coração estava apertado eu precisava pedir desculpas ao meu irmão.

-Pode, mas ele ainda está um pouco sonolento, pode também não lembrar de algumas coisas, mas aos poucos o Chris vai se adaptando.

-Ok.

Fui um pouco nervosa em direção à sala que eu ja sabia onde ficava, bati e entrei.
Meu irmão parecia desacordado, cheio de fios e tubos dentro dele, com uma bolsa de gelo em sua cabeça.

-Chris? - uma lágrima já corria em meu rosto ao ver o seu estado.

-Lauren? -  perguntou com os olhos ainda fechados.

-Chris, me desculpa, meu irmão. -debrucei-me ao seu lado, com o coração já partido

-Eu estou bem! - ele sorriu- Ai!! - reclamou ao movimentar os músculos do rosto

-Bem mesmo? - peguei sua mão.

-Sim, graças a você, nossa mãe me contou.

-Mas você também está aqui por minha culpa.

-Não, eu já tenho noção do que faço, e aconteceu....

Depois de uns 10 minutos conversando com Chris, fui interrompida e chamada, meus pais queriam falar com ele, e a Taylor também, tive que me despedir, e fui andando para casa, pensei em ir para casa de Veronica, mas ela está no Canadá, com as meninas... Fui para a faculdade, era a hora de me matricular.
Mas
Não
Sei
O
Que
Quero
Da
Vida

Não sei nem se quero realmente fazer faculdade.

Mas vamos lá.

Consegui vaga para a faculdade de fotografia! E me inscrevi em um curso de desenho que é de tarde, alguns dias na semana.

Minha vida seguiu assim, ligava para Camila sempre que não estava dando ocupado, ou quando eu não estava ocupada, tínhamos o horário da noite para conversar. Ela continuou no mesmo quarto de Ariana, que agora parecia que estava com um garoto aí, Ally contou no grupo que estava quase namorando com a tal garota JoJo, mas que ela não era daqui então não daria muito certo.

Dinah e Normani voltaram para terminar a faculdade, Dinah fez designer de moda, Normani seguiu para área da Arte, em dança (sorte da Dinah).

Vero preferiu não fazer faculdade, já Lucy fez curso técnico, as duas estão bem estabilizadas.
Hoje tenho 21 anos
E hoje Camila volta, e finalmente nos veremos, depois de dois anos de novo, é como se estivesse se repetindo, só que dessa vez estamos nos falando, somos boas amigas. Mas não quero ficar só na amizade com ela, então tive um plano para pedi-la em namoro, junto com as meninas, não vai ser o clichê de distribuir cartas por cada canto da cidade até ela chegar a mim.

Será mais emotivo, não tem como dizer não a Lauren Jauregui.
Eu amo você, Camila Cabello.
Sei que não está lendo meus pensamentos no momento, mas caso esteja, saiba que você não sai deles.
Meu pensamento é você
O tempo todo.
É você



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...