História Nada além da verdade - Camren - Capítulo 34


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fifth Harmony
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Lauren Jauregui, Normani Hamilton, Personagens Originais
Tags Alem, Ally, Ariana, Cabello, Camila, Camren, Dinah, Drama, Fifth, Fifthharmony, Harmony, Jauregui, Lauren, Lesbicas, Lgbt, Lucy, Nada, Normani, Norminah, Romance, Verdade, Verônica
Exibições 908
Palavras 1.242
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Ficção, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 34 - Turbo 🐌🏍


Fanfic / Fanfiction Nada além da verdade - Camren - Capítulo 34 - Turbo 🐌🏍




Eu já saia da última porta do aeroporto já ansiosa para ver todos, estava cheia de agasalhos só não sei para que já que aqui no Brasil estava fazendo um calor infernal.

Quando a porta abriu automaticamente pude ver os olhos de meus pais brilhando, com os braços abertos quase me sugando, puxei as malas e fui de encontro aos abraços. Aquela sensação de "Finalmente", quatro anos sem ver meus pais, só Skype. Sensação horrível

-Minha palhaça, parabéns, eu sabia que iria conseguir - meu pai me amassava de tanta saudade e eu não tava diferente. Minha mãe também nesse abraço deixava-o mais confortante. Até eu sentir mais dois abraços em cima da gente - Kakiiii!

E foi aí que meu tempo parou! Agora, ao vivo e a cores. A irmã que eu havia deixado aqui com quinze anos, agora está do meu tamanho e com dezenove anos. Meu deus.

-SOFIIIII- agora eu poderia dizer que é o abraço perfeito.
Abracei meu pai, dessa vez só nós dois.
- Senti tanta sua falta. - meus olhos marejavam, as lágrimas estão a descer
-Também hija, também.

Abracei minha mãe, que continua com cara de nova, produtos ivone ou jequiti.
-Mãe...- ela me afastou do abraço, segurando meu rosto e começou a me beijar. Beijou a testa, bochechas, queixo, nariz, boca, orelhas, tudo

-Tá marcando território?
Ela sorriu e me abraçou de novo. Que saudade de tudo isso.

-Sofia Cabello. Quem te deu a autorização de ficar do meu tamanho?

-Sou rebelde

-Ah tô  vendo. Vem aqui - abracei minha irmã mais nova, com tanto de saudade, ela apertava forte
-Senti tanta falta sua. Tantas coisas ocorreram e não tive você para correr para o colo. -Disse chorando
-Ei maninha eu tô aqui- chorei também. Não vou mentir

Fomos à praça de alimentação comer algo, e quando ja íamos embora...

-Filha, deixe suas coisas conosco, levaremos para casa. - olhei sem entender o que estava sendo dito -Tem alguém esperando por você na parte de trás do aeroporto. Na parte das tulipas - agora tudo faz sentido

Meu coração disparou. Achei que so a veria em casa, ou amanhã, mas ela tá aqui, e me esperando
Sempre me esperando

A cada passo que eu ficava mais próxima ao jardim, mais meu coração queria pular para fora.
A saudade não tinha cabimento.

Sempre tínhamos tempo a noite para nos darmos ao menos um oi, sempre não. Lauren já estava na faculdade e tinha dias que ela não podia pois tinha dois cursos, então chegava cansada, nesses dias eu pegava meus fones de ouvido e colocava para tocar I lied, ela gravou para mim, e fiquei ainda mais apaixonada. Mas não sei se será  a mesma coisa, eu já estava cansando da rotina, e finalmente nos veremos. Finalmente poderei olhar em seus olhos enigmáticos.

Já de fora, avistei algumas pessoas na área, mas só tinha uma menina sentada a sombra da árvore.
Lauren
Sua blusa azul, sua calça jeans, seu cabelo sendo bagunçado pelo vento, o local, tudo estava a seu favor para deixá-la ainda mais linda.

A própria adimirava uma flor que estava em suas mãos, quando eu estava quase correndo em sua direção, a ponto de cair, ela se virou e largou um sorriso, e que sorriso, eu parei de correr so para adimirá-lo.
Que saudade

Ela já havia se levantado

LAUREN POV


Camila estava demorando um pouco decidi me sentar um pouco mais longe a sombra da árvore. E ali fiquei, com uma tulipa em mãos. Verão 21 de dezembro até 20 de março, pior estação do ano.

Calor

Depois de um tempo observando as flores e já nervosa pela resposta que Camila me daria no final do ano, olhei para o lado ao ouvir passos.

Não tive como não sorrir. Ela é simplesmente radiante.

Havia parado já quando estava perto de mim, não entendi foi nada.

Mas estava em pé para continuar o percurso e ir ao seu encontro

-Continua linda
-Eu amo seu sorriso

Meu coração voou ainda mais. Reencontro é o (sem dúvidas) melhor momento

Ela ma abraçou, senti uma energia inefável em todas as células do meu corpo, dos pés a cabeça. Seu cheiro ainda presente invadia meu pensamento e agora para impregnar para sempre.
Espero

-Seu cheiro é maravilhoso - suspirei
-Dois anos...
-É, dessa vez vai, né? -perguntei irônica

E senti um sorriso da sua parte em minha pele

-Eu amo você, Lauren Jauregui.

Ouvir isso... ouvir isso de Camila, é o que eu mais precisava, mais quero todos os dias de possível.
A sensação clichê de borboletas volta a invadir meu estômago.

-Meu deus, eu já sou praticamente uma adulta e suas palavras me atingem relembrando-me a adolescência

-Não tem idade para se estar apaixonada

-Ui, e você está?

Ela se aproximou ainda mais, e selou nossos lábios com um beijo cheio de desejo, amor, saudade, suas mãos em minha nuca, as minhas em sua cintura, sua boca suga o meu lábio inferior, sinto sua língua quente nele e aprofundo ainda mais o beijo para que a lingua entre em minha boca, invade a minha boca me causando trilhares de sensações, mas tudo piora (ou não) quando nossas línguas se chocam e uma corrente alvoroço e vibrações passam da cabeça para o resto do meu corpo, sem dúvida o melhor beijo que já me foi dado. Quando faltou ar, nos afastamos tentando recuperar as energias, e sorrimos uma para outra. O beijo mais que respondeu a sua pergunta, nada que ela falasse diria mais do que este beijo

-Isso responde? - disse um pouco ofegante

-Sem sombra de dúvidas. - falei da mesma forma

-Estou quase te raptando para te levar à minha casa.

-O que te impede? - ela disse com uma voz puxada e sexy. Meu deus.

-Seus pais pediram para não demorarmos muito aqui, tem gente te esperando em casa!

-Ninguém precisa saber, Lolo

-Vão ficar preocupados, e depois sobra para mim.

-Você que sabe...

-Fico te devendo, ok?

-ok

-Camz, me desculpa por não ter te dado tanta atenção quando estava lá aqui realmente tá tudo muito agitado, você vai notar com o tempo

-Tudo bem - disse pegando minha mão - você sempre esteve aqui - e levou ao seu coração que estava a mil por horas.

-Sempre estarei

-Posso te beijar de novo?

-Nada te impede.

Depois de trilhares de trocas de beijos e saudades, seguimos para o estacionamento do aeroporto e apresentei Camila para o meu mais novo melhor amigo.

-Camila, esse é o Turbo.

Na verdade, atualmente, meu melhor amigo é Shawn Mendes, um garoto que conheci nas aulas de desenho, e que também fez faculdade comigo, só que era de outra sala, muito gentil, e divertido, espero que se dê bem com Camila, eles são até parecidos no jeito de ser..

Meus pais me ajudaram a comprar a moto, depois de uns seis casamentos que fotografei so precisava de algumas coisas, então consegui o suficiente para comprar minha moto. Vermelha, e muito confortável, não havia contado para Camila sobre a moto mas a mesma fez uma cara de espanto e sorriu

-Sua moto? -perguntou

-Finalmenteeeeee simmm

-Parabéns, Lolo - e me abraçou de novo. Pode fazer isso quantas vezes quiser, não vou me irritar.

Me sentei na moto e dei a mão para que ela fosse atrás, e ali ela se sentou, e me abraçou por trás, já vi que vou gostar mais ainda de dirigir Turbo.




Notas Finais


Desculpem a demoraaaaaaaaaaaaa


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...