História Nada bem - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO
Personagens Sehun
Tags Desabafo, Drama, Exo, Oh Sehun, Sehun!centric
Visualizações 43
Palavras 225
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drabble, Drama (Tragédia), Droubble, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Drogas, Mutilação, Suicídio
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Então, eu trouxe um assunto um tanto delicado aqui.

E antes de tudo, saibam que, se precisarem, estou aqui para cada um de vocês.

Capítulo 1 - Nada estava bem e já estava na hora de parar de fingir


Sehun precisava de calmantes; Sehun precisava de amor; Sehun precisava chorar; Sehun precisava ir embora daquele lugar.

Em que momento sua casa havia se tornada tão desconfortável? Em que momento tudo se desfez? Em que momento ele deixou de ser ele mesmo para se tornar uma combustão dos mais diversos remédios?

Nada estava bem, nada nunca esteve bem, não depois do terrível incidente em 2014, não depois de uma overdose.

Uma overdose que ele quis ter.

Uma overdose que ele causou a si mesmo, pois pela primeira vez ele achou o silêncio mortífero da inconsciência mais aconchegante que o som de sua mãe cozinhando.

Nada estava bem, mas ele iria fingir que sim, que tudo estava certo, que tudo estava correto, mesmo que agora soubesse que assim como si, seu pai já não aguentava mais nada, que assim como si, seu pai queria desistir.

Quando viu o seu herói chorar foi como perder o chão, quando ouviu as palavras duras de sua mãe gritando que seu pai nunca conseguiria realizar o sonho de ser promovido, que nunca teria capacidade, ele chorou.

Ele se trancou naquele banheiro e se desfez em lágrimas, deixou tudo se perder nos altos soluços, deixou que a água do chuveiro abafasse tudo, deixou que a dor tomasse tudo.

E pela primeira vez deste 2014, Sehun preferiu o mortífero silencio da inconsciência.


Notas Finais


Tudo melhora, eu juro.
Tudo vai ficar bem e se você precisar que eu diga isso todos os dias pra você, eu vou dizer.

Pra todo mundo, que assim como Sehun, está cansado de fingir.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...