História Nada como nós (Nothing Like Us) - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jungkook
Tags Books, Bts, Colegial, Jungkook, Kook, Kookie, Like, Llivros, Músicas, Nothing, Paper Hearts, Purpose, Romance, Tmblr
Exibições 25
Palavras 1.142
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Colegial, Festa, Lemon, Romance e Novela, Saga, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Annyeong! Mais uma fic minha pra vocês. Se gostarem, comentem e favoritem, isso me deixa super feliz XD Beijãoo! Boa leitura.

Capítulo 1 - ₩ 하나 ₩


Fanfic / Fanfiction Nada como nós (Nothing Like Us) - Capítulo 1 - ₩ 하나 ₩


-- Eu já disse pra você Margo, não é pra fazer bobagens aleatórias quando bem entender. Está me ouvindo? Quer que eu saia daqui de onde estou e vou até você te dar um tapa? - disse a mãe de Margo, Coronel Katherine. 

A mãe da mesma trabalha para o governo canadense, uma mulher respeitada pela civilização.

 -- Pode vir. Sei que não tem direito pra sair do seu trabalho por um motivo "bobo" e "aleatório". -- imitou a voz da mãe. 

 -- Não ouse falar assim comigo. -- Katherine transpareceu calma e atenta. -- Tenho que desligar. Adeus. 

 -- Nunca é um adeus. -- disse Margo quando encerrou a ligação. Estava sentada no banco de frente a sala da diretora. A diretora mais chata e ridícula que possa existir. 

Margo fechou os olhos e suspirou colocando as mãos na cabeça. ... Jeon Jungkook entrou na sala da diretora passando em frente a Margo. 

 -- Licença. -- o mesmo entrou e se sentou na cadeira que ficava de frente pra diretora terrivelmente assustadora. -- Eu vim pedir um papel com todas as aulas que vou ter durante esse ano. Sou novato. Meu nome é Jeon Jungkook. 

 -- Olá Jeon Jungkook, meu nome é Kim Karmin, sou a diretora dessa escola. Posso fazer uma perg -- foi cortada pelo barulho de alguém abrindo a porta. É Margo, ela entrou e estendeu a mão pra que Karmin pegasse o telefone em sua mão. -- Enfim... O que ela disse? -- Karmin se referiu a Katherine, a mãe de Margo.

 -- Não há nada pra precise se preocupar com as palavras da Coronel Katherine. -- Margo arqueou uma de suas sobrancelhas. 

 -- Mãe. -- corrigiu Karmin.

 -- Também. De qualquer jeito, obrigada por deixar eu usar o seu... aparelho eletrônico. -- Karmin pegou o telefone e guardou em uma gaveta que por sinal ninguém havia limpado fazia séculos.

 -- Pode se retirar Margo. -- Karmin deu um leve sorriso falso.

 -- Pra você, é só senhorita Park. -- Margo se retirou da sala com a advertência em mãos que pegou de cima da mesa da diretora Karmin. Jungkook não se surpreendeu, já tinha visto coisas piores. 

 -- Desculpe por isso, "senhorita Margo" é muito peculiar. -- Karmin pegou um papel em uma de suas gavetas e entregou a Jungkook. -- Aqui, esse é seu horário de aulas durante a semana. No fim de semana, sexta e sábado você terá Educação Física, e também pode escolher alguma outra aula como aula de Canto, aula de Poesia, aula de Gastronomia ou aula de Teatro/Dança. Tem as opções no verso do papel e caso queira fazer alguma ou algumas volte aqui, que vamos avisar aos devidos professores. -

- Ok, Senhora Karmin, até mais e... Obrigado. -- Jungkook se levantou e Karmin o chamou antes que saísse.

 -- Jeon Jungkook, o seu quarto é o 048P, fica no corredor do próximo andar. Você vai ter colegas de quarto e sempre tenha respeito. -- Karmin sorriu e acenou pra ele. O mesmo agradeceu novamente e se retirou da sala. Procurou pelo seu quarto mas estava difícil de se achar. 

 -- Perdido? -- uma voz feminina vinha das sombras.

 -- Não. -- Jungkook forçou as vistas pra enxergar quem era, e pra sua sorte, ou não, era Margo. -- Aah, é você. -- Jungkook revirou os olhos e voltou a sua atenção pra sua procura. 

 -- Sim, eu mesma. -- Margo foi atrás dele em passos saltitantes. 

 -- Vai me perseguir? Saiba que é perda de tempo. -- Margo continuava a segui-lo sem preocupações. -- Olha aqui, "senhorita Park", não faça isso. Mas se o fizer, vou fazer você se arrepender. 

 -- Uii, acha que eu vou ter medo de você e as suas palavras arrogantes? -- Margo parou e cruzou os braços enquanto Jungkook continuava andando. 

 -- Não, pelo menos não ainda. -- Jungkook finalmente achou o seu quarto e entrou no mesmo ignorando a presença de Margo ali fora. Bateu a porta ao entrar e suspirou fechando os olhos por um momento. 

 -- Yaa! Você é o novato, ficamos sabendo que seria do nosso quarto. Seja bem vindo a Yonsei University. E também ao Wandering Minds. -- disse um menino alto de cabelos negros com apenas uma mecha de cabelo platinada, seu cabelo era quase o mesmo do Lee Jong Suk. 

 -- Mentes errantes? Isso é peculiar. -- disse Jungkook tirando sua mochila das costas e deixando no chão. 

 -- Não deixe isso no chão! -- o outro rapaz com a pele tão pálida que se ficasse olhando muito tempo pra sua pele poderia causar irritação nos olhos. Tem os cabelos iguais a de um EMO só que castanho escuro. -- O chão é algo onde só pisamos com sapatos apropriados, quer que sua mochila esteja cheia de bactérias? -- o mesmo se preocupava muito com isso. 

 -- Cara, é só um chão. -- Jungkook pegou a mochila e deixou em cima de  uma cama vaga. -- Meu nome é Jeon Jungkook. 

 -- O meu é ChungHo. -- disse o platinado. 

 -- O meu é Kyung. -- o garoto de pele pálida disse por último. 

 -- Jungkook, você tem quantos anos? -- ChungHo perguntou. 

 -- Isso não é da sua conta. Eu não estou aqui pra dar informações minhas pra vocês. Meu nome já é suficiente. -- Jungkook pegou um casaco que estava dentro de sua mochila o o vestiu saindo do quarto.

 -- Uau... Esse cara é patético. -- disse Kyung se sentando na cama. 

 -- Aish, achei que ele fosse legal. Mas é totalmente ao contrário. Ele não vai jogar com a gente, pode ter certeza disso Kyung. 

 -- Não vai mesmo, depois dessa...

 Jungkook foi para o banheiro da escola, onde deixou a sua mala escondida. Porque deixou isso lá? Vai entender a cabeça de Jungkook. 

 -- Haa, achei você. -- o mesmo pegou a mala e levou para o seu quarto, mas no meio do caminho vê Margo outra vez. -- Aish, o que quer?

 -- Não posso andar pela escola? Vai achar ruim isso também? 

 -- Não quando eu não tiver que olhar pra você. -- Jungkook deu um leve sorriso ao combate. Ele nem deu ouvidos ao que Margo ficava resmungando atrás dele. E enfim chegou no seu quarto, os meninos não estavam ali, pra Jungkook foi um alívio.

 Desfez a mala dele guardando tudo em seus lugares. Logo os dois meninos entram e nem ligam pra existência de Jungkook no quarto. Depois de tudo arrumado, Jungkook ficou jogando em seu celular horas e horas até que pegou no sono. 

 -- Ele parece um bebê dormindo. --ChungHo riu baixo ao dizer. 

 - Xiii!!! Deixe ele aí. - Kyung estava jogando em seu PS4 sentado em um puff roxo. 

 Jungkook dormiu enquanto os meninos jogavam. Era quinta, então tinha Educação Física no dia seguinte.

____________________________________


Notas Finais


Oi! Espero que estejam gostando, estou me esforçando na minha criatividade. Por favor, favoritem e comentem, isso me ajuda e me deixa feliz. XD bjs amorecos


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...