História Nada é pra sempre - Capítulo 3


Escrita por: ~ e ~SweetManu

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Morte, Treta, Zoeira
Exibições 13
Palavras 810
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Ficção, Hentai, Luta, Magia, Mistério, Poesias, Romance e Novela, Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo
Avisos: Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


Oi '-'

Capítulo 3 - Eau Privée - Parte 1


Kimberly

Bom ele disse que não queria me ver na sala dele até amanhã, pelo menos. Mas infelizmente isso não será possível...

Fui pra próxima aula, que infelizmente era matemática, e fiquei pensando no que aprontar, sim eu quero aprontar. Tenho motivo? Não mas eu quero e ponto. Tenho dois dedos aqui pra quem achar ruim.

(Lady: Depois eu que sou considerada louca -_-)

Depois de muito raciocínio, não pra essas merda de conta que não entendo nada e sim para o meu plano que tem quase tudo pra ser perfeito, eu cheguei a conclusão que vou precisar de uma detenção, ou de um castigo, pra poder colocá-lo em prática.

O que eu pretendo? Bom eu pretendo dar um suco especial para minha querida Helena, cujo o ingrediente principal é uma coisinha que chamo de "eau privée" que pode ser encontrado facilmente em qualquer privada, basta apenas você levantar a tampa.

- Kimberly - Chamou o professor, (Um carinha alto, magro e de óculos) me tirando das minhas brisa legal

- Eu... - Respondi com tédio

- Vem aqui e mostra pra gente como você fez a lição de casa. - Ele disse.

Ok, em minha defesa eu juro que não lembrava de nenhuma lição. Mas isso até que pode me ajudar...

- Então... Eu até queria... Mas não vai dar - Disse com a minha cara de pau - Ta beleza vou ser sincera. Eu nem queria.

- Vem aqui. - Ele disse e eu fui. Fiquei parada na frente dele - Você chegou a fazer a lição Kimberly?

- Não senhor. Creio que nem cheguei a copiar - Disse e ainda por cima, estava sorrindo. Sim sorrindo, e por que? Porque eu quero oxi.

- Diz isso na minha cara? Assim sem mais nem menos. Diz isso naturalmente? - Ele perguntou tirando o óculos. Vixi tirou o óculos.. É treeeeeeeta, corre pra chama geral porque é treta!!!!! Afz os professores estão perdendo a paciência muito facil hoje.

- Senhor - Eu disse me sentando na cadeira dele, ainda sorrindo - Eu sou 98% sincera. O que você me perguntar eu vou responder a verdade, dependendo da pergunta é claro.

- Kimberly... Cansei das suas palhaçadas. Pega o caderno de alguem, copia e faz!

- Ah não tio aqui ta legal - Eu disse e a sala toda olho tipo: "Naaaaaaaao, ela não fez isso". Até a Helena estava espantada.

- Me chamou de que? - Ele perguntou me encarando com aquele sorriso de gente que vai pular em você em quinze segundos

- Orra tio ela te chamou de tio na frente de todo mundo! Eu não deixava - Waru disse do nada. Merda infeliz o que você ta fazendo? - Tipo ela te chamou de tio! Nem parece que aprendeu comigo. Se é eu, chamo logo de quatro olho e já ta resolvido.

Ele ficou encarando nós duas. Perfeito sua demente quem mandou você se meter? Ninguém!

- Eu quero as duas fora daqui. Agora!

Ah não! Tão fácil assim não tem graça. Quem mandou essa doida se meter? A ideia é minha eu que vou sair, sozinha!

- Ah não professor por favor eu te imploro - Disse e me ajoelhei

- Levanta daí menina - Ele disse

- Não professor por favor eu já fui expulsa de outra aula hoje, não pode fazer isso comigo! - Fingi que tava chorando - Tenha piedade de mim. O senhor acha que acha que meus pais vão tolerar uma filha que é expulsa das aulas? Eles vão me mandar para um internato, um hospício! Um...

- Para de drama urubu se você quiser sair vai ter que me levar junto, aceita que dói menos - Waru cochichou em meu ouvido enquanto me levantava - Prontinho amiguinha!

- Sai as duas! Agora! - O professor gritou

- Só pra te conta quatro olho - Eu disse - O diretor não vai gostar nadinha de saber que você não consegue controlar duas adolescentes

- Pois é... - Waru disse e saímos

...
(Alguns minutos depois)

- Waru, mandou mensagem pro Mathias? - Perguntei

- Mandei mas ele não quer sair da aula - Ela respondeu

O que aquele fela da pota vê de tão interessante nas aulas? Ele não é da nossa turma, eu entendo, talvez as aulas sejam mais interessantes mas mesmo assim! O que é melhor do que aprontar comigo?

- Fala pra ele que se ele não vir vou dar uma voadora nele quando nois tive lá no terraço e que se ele sobreviver eu nao falo mais com ele - Disse

- Ok - Ela falou e começou a digitar - Ele ja ta vindo

Dei risada

- Beleza agora vamos dar um pulinho no banheiro pra pegar um coisinha...

- Pegar o que? - Ela perguntou

- Eau privée, mon ami - Eu disse sorrindo



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...