História Nada é pra sempre - Capítulo 5


Escrita por: ~ e ~SweetManu

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Morte, Treta, Zoeira
Exibições 17
Palavras 1.593
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Ficção, Hentai, Luta, Magia, Mistério, Poesias, Romance e Novela, Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo
Avisos: Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


É treeeeta
Mentira acho q num é treta 🤔
Acho q esse cap fico mto grande

Capítulo 5 - É treta!


Kimberly.

Fiquei o encarando, esperando ele dizer alguma coisa mas virei quando escutei a ratazana asmática começar a tossir. Sim, ela bebeu a água.

- Que noooooooojo! - Ela gritou - Que merda é essa?

- Vai ver é isso mesmo. Merda - Waru disse rindo

- Você colocou merda no meu suco? - Ela perguntou com cara de nojo

- Claro que ela não fez isso! Tava aqui o tempo todo como ia fazer isso? - Mathias perguntou - E outra como alguem ia colocar uma MERDA, literalmente uma merda, no suco?

- Aiii... Então o que é isso??? - Ela perguntou, e como toda menina mimada, com voz de choro.

Ai meu Deus como eu quero rir, mas não posso.

- Perai - Waru disse e pegou o copo, em seguida cheirou - Isso aqui tem cheiro de merda mesmo... Não é Mathias?

Mathias também cheirou o copo

- É mas não tem merda - Começou a rir - Vai ver você bebeu agua de privada Leninha

Acabo amizade. Por que? Porque ele chamou ela de Leninha -_-

(Lady: Vixi mais nóia q eu... Mina demente)

Helena fez uma cara de nojo e começou a vomitar, e todo mundo, exceto as "amigas" dela, Josh e eu, começou a rir. Pois é eu não ri. Já acabou a graça.

- O que você fez com ela? - Josh perguntou no meu ouvido

Olhei pra ele, como quem quer dizer um "cala a boca" e a Helena me viu. Puta que pariu, fudeu.

- Foi você! - Ela disse limpando o canto da boca - Você fez isso sua esquizofrênica!

- Pra começar querida, já foi combinado que esquizofrênica é a sua mãe - Eu disse, e nessa hora todo mundo já tava olhando - E o que eu fiz? Você mesma mostrar pra todo mundo que é ridícula e nojenta? Ai me desculpa mas isso você já faz sozinha!

Todo mundo gritou:

- Ooooooooooooorra

- Você colocou alguma coisa no copo sua porca! Foi você - Ela levantou - Eu vou te matar infeliz, você vai ver.

- Que foi galinha vai me bater? - Perguntei

- Sua vaca - Ela disse e me empurrou. Quando foi que a fazenda chegou aqui?

- Ah querida... Olha que vaca na Índia é sagrada! - Eu disse e fui pra cima dela

Comecei a puxar o cabelo dela, mas isso aqui vai ficar parecendo briga de menininha então vou dar tapa, soco, chute... tudo o que eu tenho direito. E assim fiz, e ela numa tentativa ridícula de me dar um simples tapa.

Eu tava pronta pra provar que galinha voa quando alguem me puxou, o que acabou com a graça né porque tipo, vai toma no cú é uma briga! Não é pra separar sapoha.

- Chega gatinha você não vai matar ninguém hoje - Josh disse me segurando

- Me solta garoto! - Gritei tentando me soltar mas esse infeliz é mais forte que eu. - Sai de mim satanás, me solta!!

Durante meu pequeno descuido,  a tripa seca começou a dar tapas na minha cara só que eu não posso revidar porque tem um nóia me segurando!

- Eae tiozin se vai deixar eu apanhar? - Perguntei tentando me soltar com o máximo de força que eu tinha só essa praga é mais forte que eu e não solta.

- Alguem segura ela! - Ele gritou se referindo a "Leninha" e me puxou contra si.

Legal cara eu não te conheço... Desgruda de mim!

Alguem segurou a Helena... E adivinha quem foi? Acertou de novo quem disse Mathias. Mano pra que esse fela da pota tem que segurar ela? Estamos em uma escola, obviamente e provavelmente tem muita gente aqui, então por que ele tem que segurar?

- Legal em Mathias - Eu disse - Atitude top a sua viu.

- Pois é querida aceita que dói menos, ele prefere a mim - Ela disse.

Legal que a escola toda ta aqui, em silêncio, e eu ainda to agarrada a um menino que só sei o nome. O que você esta virando dona Kimberly?

- Cala a boca puta ninguém ta falando com você! - Gritei. Sim gritei porque to com ódio. Devia ter dado xixi pra essa imprestável, não agua de privada.

- A única puta aqui é você, que ta agarrada no menino que nem conhece sua vad...

- CHEGA!

Ótimo. Perfeito. Tudo o que me faltava. O diretor.

- Kimberly! - Ele gritou... Meu nome primeiro que privilégio!

- Eu não fiz nada dessa vez mano - Eu disse

- O que está acontecendo aqui?! - Gritou

Olha se ele espera que eu explique ele pode achar um lugar pra esperar sentando porque eu não me manifesto. Já ta decidido.

- Se ninguém me explicar nada os quatro vão pra diretoria!

Ninguém falo nada... Engraçado que na hora da treta geral tava botando fogo em nois.

- Ok então. Quero os quatro na minha sala - Ele disse se referindo a mim, Josh, Ratazana e o Fela da Pota.

- Só vai nois quatro? - Perguntei

- Só estou vendo vocês causando aqui então venham e...

- Nada disso moço, Waru também tava no meio - Mathias interrompeu

- Eu não! Num fiz nada, nuunca vi esse povo na minha vida! - Ela gritou.

Ah é assim miserável... Vai ver também.

- Ela tava com nois também - Eu gritei - Se acha que eu to no meio, esse pateta também e ela não?

- Waru. Vem - Ele disse e ela veio

- Vo sequestra sua família Kimberly, vou pedir o resgate e ai você vai ta fudida por que sabe o que eu vou pedir? Que você vire uma moça decente. Igualzinha a Helena. - Ela disse tipo aquelas tiazinha psicopata

- Miga tu acha que entre ficar sem meus pais e virar uma "Leninha" da vida eu escolho o que? - Perguntei rindo

- Uma voadora - Ela disse e foi indo pra diretoria praguejando.

Todos estavamos indo, e o Josh já tinha me soltado, entramos na sala dele e ficamos parados.

- Ninguém vai me explicar o porque da briga? - Ele perguntou

- Ela me xingou de galinha - Ratazana disse

- Porque ela me xingou de porca!

- Porque você me deu agua de privada! - Ela gritou

- E você trouxa bebeu... Não que tenha sido eu, nem mexi com você o dia todo - Eu disse

- Foi você sim, você me deu agua de privada e eu até vomitei!

Falando nisso, será que alguem limpo aquela nojeira? Coitada das tia da limpeza mano

- Só que não fui eu mano! - Gritei

- Abaixa o tom Kimberly, eu disse que não queria ver você aqui até amanhã e o que você faz? É expulsa de outra aula e da água de privada pra sua colega.

- Mentira! - Gritamos eu, Waru, Mathias e Josh

- Menino, quieto que você nem sabe o que tava acontecendo - Mathias disse - Não vem tentar defender ela porque você não sabe!

- Pelo menos alguém veio me defender não é? - Disse, ta bom admito, gritei.

- Olha Kim, nós temos o acordo de não separar a briga do outro... Por isso não nos metemos - Waru disse calma

- Mas ele foi defender ela!

- Claro, sou melhor que você - Ela disse

- Eu não fui defender ela...

E assim se iniciou uma confusão... Sério eu amo treta e tal mas hoje já deu. Cansei

- CHEGA! VOCÊS SÓ SABEM RESOLVER TUDO GRITANDO? - O diretor perguntou, mas o que esse noiado nao percebe é que ele ta gritando também

- Desculpe senhor, com todo respeito, mas agora quem está gritando é você... - Josh disse e eu comecei a rir que nem louca

- Kimberly você já sabe que esta suspensa certo? - Ele me perguntou

- Ah não tio se é louco, ta de zuera, eu não fiz nada dessa vez! Por que só eu? Vai toma no cu - Gritei

- Eu ia te suspender só um dia... Mas pela falta de respeito vai ser por uma semana, e eu quero seus país aqui amanhã.

Ah quer saber? Que se foda. Eu vou afunda mas o bonde todo vai vir junto... Mas como posso fazer isso sem contar o que fizemos?

- Não foi ela. - Mathias disse - Fui eu. Eu dei agua de privada pra Helena

- Mentira, fui eu - Waru disse

- Mentira, os dois estão mentindo, eu coloquei a agua no copo quando vocês estavam distraidos - Josh disse

- Não! Mentira, eu bebi agua de privada porque eu quis só pra ela levar a culpa - Helena disse. Oush tiazinha ta noia.

- Quer saber? - O diretor perguntou - O que eu disse pra Kimberly vale pra todos. Agora saiam daqui, vão pra casa e eu espero os pais de vocês amanhã de manhã, caso contrário não entram mais na escola.

Ae tio agora você falo minha língua. Não vir mais pra escola!

Todos levantamos e fomos embora, com nosso material, e quando chegamos lá fora ficamos parados. Um olhando pra cara do outro.

- Olha Kimberly, não pense que só porque eu disse aquilo na sala, significa que eu quero ser sua amiga. Eu não quero, até porque te odeio. - Helena disse e saiu. E quem disse que EU quero ser sua amiga noia?

- Kim... - Mathias começou mas eu interrompi

- Por favor não fala comigo...


Notas Finais


Pse ficou grande e provavelmente um lixo '-'


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...