História Nadando com a Maré - Hil (Harry x Gil) - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Descendentes
Tags Descendentes, Hil
Visualizações 64
Palavras 465
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Drama (Tragédia), Fantasia, Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Os personagens presentes nesta fanfic NÃO são meus!! São de autoria da Disney!!
Contém spoilers de Descendentes 2!!
Desculpa por demorar tanto pra postar capítulo novo. Droga de bloqueio criativo!!

Capítulo 2 - O Dia Seguinte


Fanfic / Fanfiction Nadando com a Maré - Hil (Harry x Gil) - Capítulo 2 - O Dia Seguinte

POV: Harry

Acordo e vou direto pra dentro do restaurante pra comer alguma coisa enquanto o Gil foi pra casa dele. Uma hora depois, finalmente acho algo pra comer e de repente, ouço passos molhados. Me viro e vejo a Uma andando na minha direção.

- Capitã, por onde andou?! - Eu pergunto pra ela

- Eu fui até o Baile Real, enfeitiçei o Ben mas a Mal quebrou o feitiço, eu pulei na água e virei uma bruxa do mar gigante com tentáculos e tudo, lutei com a Mal, que tinha virado um dragão, mas Ben se intrometeu, tentou me convencer a ser boa, devolvi o anel dele e fui embora! - Uma falou num jeito "raiva silenciosa" enquanto eu tentava entender tudo.

- Então, o plano falhou? - Eu perguntei a ela

- Sim. - Ela respondeu baixinho - Pode sair? Eu...quero ficar sozinha.

- Tudo bem.

Saí do restaurante e fiquei caminhando (e roubando!) pela Ilha. Até que ouço alguém num beco gemendo de dor, vou até o beco e vejo o Gil deitado no chão, tentando esconder algo no braço.

- O que foi, Gil?

- N-n-nada! - Ele diz tentando esconder os gemidos de dor, mas eu consigo perceber que tem alguma coisa errada.

- Não parece... - Eu me aproximo dele tiro a mão dele do braço, revelando uma ferida sangrenta do tamanho do meu gancho!

- Quem. Fez. Isso?! - Eu pergunto pra ele num tom de voz bem bravo, diferente do meu normal tom de voz assustador mas suave.

- M-meu pai. Ele ficou bravo porque eu não apareci em casa ontem à noite. - Ele fala, tentando conter as lágrimas, mas sem sucesso. Nunca vou admitir, mas dói o meu coração vendo ele desse jeito.

Sem hesitar, eu rasguei um pedaço da minha camiseta e enfaixei o braço dele, depois carrego ele nos braços e sento ele num degrau da escada que ia até a casa dele.

- Por que está sendo tão atencioso comigo esses dias? - Ele me perguntou

- Porque eu me importo com você. Sempre vou me importar com você, meu amigo. - Eu nunca pensei que eu falaria algo assim pra alguém, o Gil é mesmo especial!

Aí, sinto o Gil puxando meu rosto pra perto dele e de repente, ele me beija!! Meu rosto começa a ficar corado, mas aí ele nos separa.

- D-d-desculpa! E-eu não sei o que deu em.... - Antes que Gil pudesse terminar de falar, eu beijei ele de volta! O beijo foi bem mais intenso e caloroso e eu gostei da sensação de beijar ele. Nunca me senti assim quando eu namorava a Mal ou quando eu sentia atração pela Uma. Com Gil, era diferente.

Eu amo o Gil e sempre lutarei por ele.


Notas Finais


2º capítulo completo!
Desculpa se o capítulo foi chato, prometo melhorar.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...