História Nalu: Eu sou forte! - Capítulo 10


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fairy Tail
Personagens Aquarius, Aries, Azuma, Bickslow, Bisca Connell, Briar, Cana Alberona, Câncer, Capricórnio, Carla (Charle), Charlie, Chelia Blendy, Coco, Crux (Kurukkusu), Dan Straight, Doranbolt, Droy, Elfman Strauss, Erik (Cobra), Erza Scarlet, Eve Tearm, Evergreen, Flare Corona, Freed Justine, Frosch, Gajeel Redfox, Gemini, Gildartz, Grandeeney, Grandine, Gray Fullbuster, Happy, Hibiki Lates, Horologium, Hughes, Ichiya Vandalay Kotobuki, Igneel, Ivan Dreyar, Jackal, Jellal Fernandes, Jenny Realight, Jet, Jude Heartfilia, Jura Neekis, Juvia Lockser, Kagura Mikazuchi, Karen Lilica, Kinana, Kyouka, Laki Olietta, Laxus Dreyar, Layla Heartfilia, Lector, Leon, Levy McGarden, Libra, Lisanna Strauss, Loki, Lucy Heartfilia, Lyon Vastia, Lyra, Macao Conbolt, Makarov Dreyar, Mary Hughes, Mavis Vermilion, Meredy, Mest, Michelle Lobster, Mickey Chickentiger, Midnight, Mikuni Shin, Millianna, Minerva Orland, Mirajane Strauss, Mystogan, Nashi Dragneel, Natsu Dragneel, Nikora "Plue", Ophiuchus, Orga Nanagear, Pantherlily, Personagens Originais, Pisces, Ren Akatsuki, Risley Law, Rogue Cheney, Romeo Conbolt, Ruby Strum, Rufus Lore, Sayla, Scorpio, Sherry Blendy, Silver Fullbuster, Skiadrum, Sting Eucliffe, Tauros, Taurus, Ultear Milkovich, Ur, Virgo, Wanaba, Warren (Edolas), Warren Rocko, Wendy Marvell, Yukino Aguria, Zeref
Tags Gruvia, Jerza, Nalu
Exibições 99
Palavras 531
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Fantasia, Hentai, Magia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência, Yaoi, Yuri
Avisos: Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


O próximo eu não fiz ainda...

Capítulo 10 - Amizade?(parte 1)


(Erza P.O.V):

-Levy, encontrou algo?-perguntei enquanto fechava outro livro sem sucesso em achar uma solução.

Ela balançou a cabeça negativamente.

-Eu também não.-murmurei suspirando cansada.-O que pode ser? De acordo com esses livros não existe uma magia que deixe alguma pessoa cega, pelo menos não por tanto tempo.-

-Eu sei, e isso deixa tudo mais confuso.-disse a Levy fazendo massagem no próprio ombro. Ela estava com olheiras depois de passar a noite lendo.

-Seria melhor que você fosse descançar um pouco, não acha? Posso pedir para o Jet ou o Droy tomarem seu lugar aqui.-

-Sim, mas antes deixe-me acabar esses livros aqui. Se vamos fazer isso, vamos fazer da forma mais cuidadosa possível.-disse a Levy.

Ela tirou os óculos e me encarou com uma cara de determinação que me fez sorrir.

-Nós vamos descobrir o que é, disso eu tenho certeza, e quando o fizermos, eu vou fazer questão de ir dar um jeito nos que deixaram a Lucy assim?.-falei sorrindo.

-Não duvido nem um pouco.-ela respirou fundo.-Erza, já que você acabou, que tal ver se o Natsu está cuidando bem dela? Você sabe como ele é.-

-É, têm razão.-caminhei até a porta e parei um pouco antes de sair.-Mas, não esqueça de descançar um pouco.-

Ela fez "Ok" com a mão e voltou a se concentrar.

Fui para fora e comecei a andar em direção a casa do Natsu.

-Erza! Erza!-era o Happy voando.-Acho que a Lucy pegou um resfriado! Eu preciso de algo! Um peixe, talvez dois peixes, para dar para ela!-

Ele desceu e parou do meu lado.

-Happy, ela está resfriada?!-gritei desesperada.- E você deixou ela sozinha com o Natsu?!-

-É... qual é o problema?- ele pensou um pouco e então se desesperou tanto quanto eu.-O que eu fiz? O Natsu vai tentar engordar ela.-

-Vamos logo para casa dele antes que algo irreversível aconteça!-

-Aye!-

Fomos o mais rápido possível até a casa do Natsu mas quando chegamos já era tarde demais.

-Come, Lucy! Tem gordura, pode comer! Come!-Era o Natsu falando enquanto tentava enfiar um pedaço de carne na boca da Lucy.

-Não!!!-ela gritou e se escondeu debaixo do lençol.-É nojento, Natsu!-

Aquela cena me irritou... muito. Como o Natsu pode ser tão irresponsável?

(Natsu P.O.V):

-Hã? Erza? O que está fazen...- ela me interrompeu com um chute na cara.

-Natsu!-disse a Lucy me procurando com as mãos. -Essa foi a voz da Erza?-

- O que foi isso, Natsu?!-gritou a Erza. -Atacando a Lucy indefesa dessa forma...Como pude deixar ela sozinha com você? Sou uma péssima amiga!-

-Hã? Do que está falando?-perguntei.-Eu estava tentando dar comida para ela.-

-Você goxta dela, Natsu...-disse o Happy sorrindo.

-O QUÊ?!-

-Para de enrolar a língua desse jeito, Happy!-disse a Lucy.

-Mas você goxta.-

-Tudo bem. Depois disso acho que eu preciso de um banho...-ela pôs os pés no chão e tentou se levantar.-Aonde fica o banheiro, Natsu?-

-Lucy, eu te ajudo. Não consigo nem pensar em deixar você ir sem ninguém.  É o mínimo que eu posso fazer por ter te deixado sozinha.-A Erza estava determinada.-Natsu, você sai. E o Happy também.-

-Mas essa é a MINHA casa!-

-SAIAM AGORA!-

-Aye!-falei junto com o Happy.

------------------------------------------------------------


Notas Finais


Até agora foi isso...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...