História Nalu: Eu sou forte! - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fairy Tail
Personagens Aquarius, Aries, Azuma, Bickslow, Bisca Connell, Briar, Cana Alberona, Câncer, Capricórnio, Carla (Charle), Charlie, Chelia Blendy, Coco, Crux (Kurukkusu), Dan Straight, Doranbolt, Droy, Elfman Strauss, Erik (Cobra), Erza Scarlet, Eve Tearm, Evergreen, Flare Corona, Freed Justine, Frosch, Gajeel Redfox, Gemini, Gildartz, Grandeeney, Grandine, Gray Fullbuster, Happy, Hibiki Lates, Horologium, Hughes, Ichiya Vandalay Kotobuki, Igneel, Ivan Dreyar, Jackal, Jellal Fernandes, Jenny Realight, Jet, Jude Heartfilia, Jura Neekis, Juvia Lockser, Kagura Mikazuchi, Karen Lilica, Kinana, Kyouka, Laki Olietta, Laxus Dreyar, Layla Heartfilia, Lector, Leon, Levy McGarden, Libra, Lisanna Strauss, Loki, Lucy Heartfilia, Lyon Vastia, Lyra, Macao Conbolt, Makarov Dreyar, Mary Hughes, Mavis Vermilion, Meredy, Mest, Michelle Lobster, Mickey Chickentiger, Midnight, Mikuni Shin, Millianna, Minerva Orland, Mirajane Strauss, Mystogan, Nashi Dragneel, Natsu Dragneel, Nikora "Plue", Ophiuchus, Orga Nanagear, Pantherlily, Personagens Originais, Pisces, Ren Akatsuki, Risley Law, Rogue Cheney, Romeo Conbolt, Ruby Strum, Rufus Lore, Sayla, Scorpio, Sherry Blendy, Silver Fullbuster, Skiadrum, Sting Eucliffe, Tauros, Taurus, Ultear Milkovich, Ur, Virgo, Wanaba, Warren (Edolas), Warren Rocko, Wendy Marvell, Yukino Aguria, Zeref
Tags Gruvia, Jerza, Nalu
Exibições 118
Palavras 842
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Fantasia, Hentai, Magia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência, Yaoi, Yuri
Avisos: Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Outro de novo...

Capítulo 3 - O que está acontecendo?


Fanfic / Fanfiction Nalu: Eu sou forte! - Capítulo 3 - O que está acontecendo?


-Natsu! Não é tão fácil assim.-disse o velhote descendo.-Não podemos simplesmente ir. A Lucy ainda pode recusar. Não têm problema ainda.-

-Mas e se ela não recusar?-perguntou a Erza. O Makarov ficou desconcertado por um tempo.-E se ela quiser provar a sua força?-

-Ela não vai fazer isso. Conheço os meus filhos.-disse ele calmo.

-Mas eu vou!-gritei.-A Lucy não deveria ter ido sozinha para começo de conversa! E se não deixarem ela sair??-

-Não sei se a Lucy consegue derrotar a guilda inteira, mas sei que ela consegue voltar para casa viva.-

-Master!-gritei apertando os punhos.-Me deixe ir!-

-Vamos esperar notícias dela.-disse ele incomodado.-Vamos confiar nela.-

(Lucy P.O.V):

-Senhorita, nós não temos mais esperança.-dizia o prefeito da cidade, senhor Guilbert.- eles nos roubam de manhã, sequestram pessoas de tarde e matam à noite. Desse jeito, não teremos mais nada nem ninguém por aqui.-

Os moradores fizeram questão de me trazer até o prédio do prefeito, que estava quase todo vazio e destruído, para que ele falasse comigo.

-Me desculpe, mas destruir uma guilda inteira?! Isso é impossível!-falei me levantando da cadeira.- Ainda mais uma guilda das trevas forte como a Silly face?! Sem chance!-

-Por favor!-disse ele se jogando na mesa.-Eu faço qualquer coisa, eu lhe dou qualquer coisa, lhe dou quem você quiser. Só faça acontecer.-

Uma explosão fora do prédio fez uma ventania quase me jogar na parede. O prefeito foi sugado por aquilo.

-SOCORRO!-

-Mas o que...?-

-Então, cidadezinha de merda, sentiram a minha falta? Hã? Hã?-perguntou uma voz do centro da explosão.-Soube que um mago veio, é verdade? Hein? É verdade, prefeito Guilbert?-

-S-Sim, Ventania, é verdade.-falou o prefeito. Um homem alto com marcas por todo o corpo me encarava agora com olhos vermelhos.-M-Mas ela ainda não aceitou a missão. Não a machuque ainda, por favor.-

-Vocês dessa cidade realmente se acham muito importantes, não é? Né?-O tal Ventania estava segurando o prefeito pelo pescoço enquanto as pessoas saíam de suas casas para ver.-Pois saibam... que vocês não passam da merda que o meu cachorro faz todo dia, até porque, se eu quiser... EU ACABO COM A PORRA TODA, entenderam?-

-EI, VOCÊ!-gritei.-Está matando ele!-

-E daí?-disse ele me encarando enquanto apertava mais o pescoço do prefeito.-Se estiver achando ruim, vêm aqui me parar!-

-Você está me desafiando?!-gritei pegando o meu chicote.

-Quem é você?-perguntou soltando o prefeito, ou melhor, jogando-o no chão.-Espere um pouco. Chaves, um chicote, peitos grandes e cabelos loiros... Você é a tal Lucy Heartfillia?!-ele começou a gargalhar quase chorando de tanto rir.

Todas as pessoas da cidade começaram a cochichar e a me mandar olhares desconfiados.

Droga!

-Sim, eu sou! -

-Aquela garota que só fez perder nos jogos mágicos e que no final foi a causa da quase total destruição da cidade, não é? Né?-perguntou ele respirando fundo depois de tanto rir.- Aquela mesma garota que deixou que seus espíritos celestiais perdessem o controle? Aquela que... fez... você sabe o quê quando foi enganada pelo Maddo?! Hã?-

Mordi meu lábio inferior quando ele me fez lembrar daquilo. Senti o meu pulso aumentar.

-Você não deveria estar defendendo está cidade, deveria estar conosco, destruindo-a.-ele se aproximou de mim devagar como se não se importasse com o meu olhar irritado.-Quer saber, você é interessante. Mais interessante que essa cidade sem graça. Que tal, entrar para a nossa guilda, hein? Hein?-

Ele estendeu a mão para mim com um sorriso superior e só fez me irritar mais. Eu usei o chicote para afastar a mão dele mas aquilo não pareceu machuca-lo, nem fez ele se mover.

-Eu nunca vou entrar numa guilda das trevas! Fique longe de mim!-gritei irritada.-Eu só quero o dinheiro por derrota-los, assim vou poder pagar o meu apartamento.-

-Têm certeza? É uma oferta muito boa. Eu posso falar com o Master e você vai poder escolher qualquer casa dessa cidade para morar, sem pagar nada.-ele continuou com a mão estendida e com o mesmo sorriso, e eu continuei decidida a não aceitar aquilo.

-Senhorita Lucy! Não aceite isso! Você precisa nos salvar!-gritou o prefeito. O tal ventania se virou com o olhar fulmegante para ele e fez com que ele pegasse fogo. Ele se contorceu muito enquanto corria de um lado para o outro.

-Aquarius!-gritei pegando a chave e a invocando numa poça de água.-Faça ele parar de queimar!-

A Aquarius me encarou irritada mas obedeceu.

-Não me incomode mais pirralha. Eu vou sair com o meu namorado.-disse ela voltando.

-Muito bem, Lucyzinha!-disse ele aplaudindo.-Agora aceite a oferta ou você irá ficar igual a ele em poucos minutos.-

Ele estava no chão com alguns membros carbonizados e outros com graves queimaduras de terceiro grau. Mesmo eu tendo apagado aquele fogo, ele não iria sobreviver por muito tempo.

-Maldito!-gritei.- Eu não...!-

-LUCY!-gritou a voz do Natsu. Eu me virei devagar e surpresa por ter ouvido a voz dele ali.-Lucy, você está legal?-

-Luucy!-o Happy vinha logo atrás dele.

-Natsu?! Happy?!-gritei soltando o chicote.-O que fazem aqui?-

Olhei para o ventania e vi que ele só fazia sorrir como se tivesse algo de errado.


Notas Finais


Nostalgia...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...