História Namaka - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Aventura, Drama, Romance
Visualizações 4
Palavras 693
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 10 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Ficção, Magia, Mistério
Avisos: Heterossexualidade, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Não esperem muito, essa é minha primeira história por aqui, muito obrigada a quem está lendo e divirta-se ⁿωⁿ

Capítulo 1 - O casamento


Fanfic / Fanfiction Namaka - Capítulo 1 - O casamento

"Namaka: ...E-eu aceito!

Mitsuy: Eu aceito...."

 Bom, vocês devem estar se perguntando: Aceito? Mas aceitar o que?  Relaxem, vou contar como foi o pior dia da minha vida à vocês.

Tudo começou por está manhã, quando minha mãe me acordou e disse que eu iria me atrasar:

Naramaka: Me atrasar? Para que?

Mãe: Eu e seu pai descobrimos que a família do outro lado do vilarejo, tem um filho da sua idade (Disse enquanto pegava meu melhor vestido)

Naramaka: O príncipe Mitsuy? (Eu achava ele tão lindo, nunca iria notar minha existência, muitas garotas do campo ficavam ao redor dele) O que tem ele?

Mãe: Ah, então você ja conhece ele? Bom, ele é de uma das famílias mais poderosas do reino da água, além de nós. Eu e seu pai conversamos com os pais dele e marcamos um casamento, para que nossas famílias juntem forças, e nada nos atingirá. Seremos da verdadeira burguesia (Disse enquanto me vestia)

Seria possível? O homem que eu sempre fui apaixonada irá se casar comigo?! Só posso estar dormindo.

Pulei da cama e começei a me aprontar sozinha. Me vesti, arrumei meu quarto, tomei café da manhã, escovei os dentes e saí.

Naquela época, juntar forças com outra família, seria mostrar os segredos das magias de cada família. Assim que dividissimos os segredos, as famílias devem ter o comprometimento para não revelar os segredos e com isso se tornarem mais fortes.

Quando cheguei na casa do Mitsuy, fui bem recebida pelos mordomos, me disseram que o ele estava no quintal. Era um quintal imenso, mas era possível de ver ele lendo em baixo de uma árvore.

Fui até ele e conversamos a tarde inteira, foi a melhor tarde da minha vida, quando perto do sol se pôr, tudo estava organizado para o casamento, que seria realizado no dia seguinte, pela manhã.

Dormi feliz e acordei muito bem-humorada, o vestido que me apresentaram era maravilhoso e a comida que estava por lá, era divina. Tudo corria perfeitamente como o planejado. E finalmente, chegou a hora da cerimônia:

Padre: Namaka, você aceita Mitsuy como seu esposo?

Namaka: E-eu aceito! (Eu estava muito contente)

Padre: Mitsuy, você aceita Namaka como sua esposa?

Mitsuy: Eu aceito (Ele não aparentava sorrir tanto, mas parecia feliz)

Padre: Se alguém tiver algo contra esta união, fale agora ou cale-se para sempre...

???: PAREM ESTE CASAMENTO AGORA!!!!!

Todos das famílias pararam de prestar atenção em nós e olharam para pessoa que falava perto da porta, era Takashi.

Takashi: EU TENHO PROVAS DE QUE ELA NÃO PODE SE CASAR COM MITSUY

Todos se espantaram, meus pais me encararam e eu olhei com cara de quem não sabia o que estava acontecendo. De fato eu realmente não sabia o que estava havendo, não tinha feito nada.

Takashi: NÃO FAÇA ESSA CARA DE DESINTENDIDA (ele falou se dirigindo à mim) ELA MATOU MEU IRMÃO (ele disse as pessoas que começaram a me olhar com desgosto) ELA MATOU MEU IRMÃO ONTEM.

Eu já estava quase entrando em desespero, quando me toquei:

Namaka: Ontem passei a tarde toda com Mitsuy, se eu tivesse saído, ele teria visto.

 Todos encararam Mitsuy, esperando uma resposta, mas ele era bem tímido e não conseguiu abrir a boca. Mal ele tentou falar e Takashi berrou novamente

Takashi: COMO PODE FAZER ISSO? E AINDA MENTE NA CARA DURA. MEU IRMÃO FOI MORTO POR UM ATAQUE DE ALGUÉM QUE TEM O PODER DA SUA FAMÍLIA, VI TODOS DA SUA FAMÍLIA EM CASA MENOS VOCÊ, ASSIM QUE CHEGUEI EM CASA MEU IRMÃO ESTAVA MORTO.

Meus pais se entreolharam, pareciam perturbados. Os pais de Mitsuy tomaram atitude.

Pai de Mitsuy: VOCÊ NÃO VAI SE CASAR COM UMA ASSASINA (essas palavras me machucaram, eu estava sendo acusada injustamente) VAMOS TER QUE EXILA-LA DESTE REINO

Mãe de Mitsuy: VAMOS TER QUE EXILA-LA DESTE MUNDO (disse a rainha bem mais furiosa que o rei)

Meus pais estavam quase desmaiando, pareciam não saber que reações deveriam ter.

Me virei pra Mitsuy e disse:

Namaka: Diga a eles, por favor, eu fiquei ontem o dia todo com você (dei um passo para mais perto dele)

Mãe de Mitsuy: SE AFASTE DO MEU FILHO

~ZAP~

Um raio me atingiu e um portal se abriu, tudo começou a ficar escuro, mas lembro de ter visto um pequeno sorriso maldoso no rosto de Takashi, todos na cerimônia estavam estéricos, apaguei...



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...