História Namjin - My Beautiful Boss - Capítulo 49


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Namjin
Visualizações 180
Palavras 631
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Festa, Ficção, Hentai, Lemon, Romance e Novela
Avisos: Adultério, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


VRUM
Oi garerinha!!!! Td bom?
Bjs e fiquem com o cap ❤❤

Capítulo 49 - Cap 49


Quando a coisa ia esquentar eles ouvem passos da escada. Logo colocaram suas camisas rapidamente e arrumam o cabelo.

- Licença, garotos querem comer alguma coisa? - Namjoon entra e percebe que algo aconteceu - Vocês estão bem?

- S-sim.. - Respondem os três.

- Hum, enfim vocês querem? - Pergunta novamente.

- Sim.. - Yoongi revira os olhos e os garotos saem com ele até a cozinha. Jin fez pipoca, acabaram por assistir um filme.

Jimin, Yoongi e Kook estava sentados num dos sofás. Nam e Jin no outro. Diviam a pipoca enquanto assistiam.

- Cade O Shoy? - Pergunta Jin.

- Tirando a soneca longa dele - Namjoon ri - Ele diz que descansa os olhos, ata.

- Poisé - Jin ri, mas logo muda o rosto.

- Que foi bebê? - Nam percebe mudança repentina de Jin, o que ele estranhou muito. Ele estava rindo agora pouco.

- Nada - Jin abaixa a cabeça.

- Me diz - Nam levanta a cabeça de Jin e olha diretamente - Ah não ser que não queria.

- Tudo bem... é que eu sempre quis ter um pai... - Jin suspira - Meu pai me largou quando eu nasci.

- Meu deus, como podem largar uma coisa tão fofo que é você? Tão lindo, sexy - Namjoon ri mostrando as covinhas.

- Obrigado Joonie - Jin sorri - Você sempre me deixa alegre. Sempre me deixa feliz, contente. Você é único Joonie!

- É, eu sei - Eles dão risada e Nam deixa um selar nos lábios de Jin. Quando se dão conta, os garotos haviam dormindo ali mesmo no sofá. Estavam igual anjos, mas sabemos que não são, não é? 

- Vamos deixa-los ai? - Pergunta Namjoon observando eles de pé.

- Vamos, estão tão fofinhos - Jin sorri - Vamos cobri-los.

Assim fizeram, cobriram os garotos os deixando quentinhos, provavelmente iria fazer frio de madrugada, e não queremos ninguém resfriado. Jin e Nam desligaram a TV e foram para o quarto, passaram pelo quarto de hóspede onde está Shoy dormindo, acabam rindo com o ronco que dava para ouvir da sala. Eles seguiram para o quarto e se deitaram.

- Ei, amor - Nam o chama.

- Hum?

- Te amo - Nam sorri a Jin.

- Eu também te amo, muito! - Jin o enche de beijinhos no rosto.

- Eu amo mais! - Nam provoca com uma sorriso travesso nos lábios.

- Não! Sou eu! - Jin ri da infantilidade dos dois. Mas era certamente fofo como ambos se tratavam, tanto carinho e amor, e de pensar que Jin foi largado pelo pai, quem largaria essa coisa magnifica? Pensava Namjoon enquanto observava o rosto angelical de Jin.

- Jin, porque você tem que ser tão fofo? - Namjoon faz bicinho - Também quero ser!

- Você é fofo - Jin deixa um selar no biquinho - De qualquer jeito é fofo.

- Obrigado - Ele sorri levemente.

Namjoon observou Jin ir fechando seus olhos devagar, até estarem fechados Namjoon deixou um selar na testa de Jin.

- Boa noite - Ele afaga os cabelos de Jin, e logo adormece junto a ele. 

                         ............

- Me espere Namjoon....

Me espere.

Eu irei te encontrar.

Eu irei te levar.

Eu irei te encontrar.

E você nunca mais nos encomodara.

Leve tudo.

Meu sangue, suor e lágrimas. Tudo menos a vitória. Tudo menos eu, tudo menos nós! Tente me pegar. Tente me matar. Apenas tente.

Me mate devagar para eu saborear. Apenas tente pois você é fraco! Não irá conseguir me ferir. Nos ferir.

Você não sabe quem sou, nem o que posso fazer. Apenas sabe meu nome e o que dizem sobre mim. Apenas tente.

Mate-me com cuidado
Feche meus olhos com o seu afago
Eu não poderia rejeitar, de qualquer forma
Eu não posso mais nem tentar escapar
Você é muito doce, muito doce
Porque você é muito doce

Também ele era uma tentação
Também ele era uma conexão para uma existência além
O mundo maligno do qual eu não queria mais fazer parte


                      Continua


Notas Finais


TEORIAS.....
AHHH DSCP CAP PEQUENO ;-;
AMANHÃ TEM MAIS OK? BJINHUS ❤❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...