História Namjin - My Beautiful Boss - Capítulo 59


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Namjin
Visualizações 146
Palavras 1.039
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Festa, Ficção, Hentai, Lemon, Romance e Novela
Avisos: Adultério, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


VRUMMM
OLA, TUDO BM??
FIQUEM COM O CAP BJU ❤❤

Capítulo 59 - Cap 59


É difícil de explicar, é meio que estranho e ao  tempo não é algo desse mundo. Jimin... aquele verme, eu não queria ter um filho, nunca quis, porque eu teria consequências, era pra mim ter uma vida normal, e ser como eu era, eu tinha o que o Jimin tem. É uma coisa que...Jimin herdou o lado obscuro, o lado de um demônio, e de quem? Claro que foi de mim, de quem mais seria? Jimin ele é um meio demônio, talvez não meio, eu falo assim porque eu me considero superior. Pode ser algo estranho? Existe um mundo paralelo, um mundo maligno onde Jimin faz parte, mas só quando ele tem algumas reações que ele não sabe controlar. Ele tem asas, asas negras como a de um demônio, quem conseguir ler deve estar pensando (oque diabos está acontecendo, ou o que é isso?) Sim eu sei, é estranho, mas é a verdade. Jimin herdou a mim uma coisa que ele tirou de mim".

Ai meu Deus... - Jung deixa cair no chão boquiaberto - Eu sabia que Lee nunca iria me contar...

- Eu estava quase descobrindo quando sofri um acidente, eu parei de tentar, mas era isso o tempo todo - Ele diz frustrado. Ele estava satisfeito por saber de tudo, o irmão nunca havia o falado esse segredo que escondia. É algo obscuro e ao mesmo tempo curioso, muitos podem falar "isso não existe" mas é a verdade por trás de tudo.

                         .............

Jimin definitivamente estava querendo descobrir o que é isso que acontece com ele, o porquê de tudo. O mesmo agora se encontra entrando na casa de Jung. Ele já decorou até a entrada.

- Olha só quem está aqui - Jung se vira para Jimin - Oque quer aqui? Quer ser pego de novo?

- Não, eu quero saber de tudo, meu pa..Lee tem algo a ver com tudo que acontece comigo? - Diz Jimin concentrado em fitar Jung que riu sarcástico


- Tome - Ele joga o diário de Lee - Leia, eu deixo..

Jimin leu palavra por palavra, página por página. O mesmo estava com os olhos arregalados e com a boca aberta, ele não emitia nenhum som e nenhuma reação, ele olhou para frente vendo Jung rindo.

- Não... - Ele apenas diz isso e suspira - Como assim...

- É, demônio, essa é nova - Jung ri.

- Eu.. - Jimin olha pro lado e sai correndo, mas é segurado por Jung que mantinha seus olhos nele.

- Aonde vai com o diário? - Diz Jung pegando em sua bunda, esse homem tem um amor pela bunda de Jimin não é?

- Me solta! - Jimin o empurra, fazendo o mesmo voar pelo local, Jimin balançou sua roupa e saiu correndo com o diário, ele não iria deixar aquilo, ainda mais agora que descobriu, o mesmo não acreditava em nada que leu, mas tudo que acontece se relaciona ao mesmo assunto escrito.

                       ..............

- Meu deus Jimin - Namjoon deu alguns passos para trás - Você é um... demônio?

- Eu não sei... - Ele suspira pesado - Eu pareço um?

- Não..

- Então - Ele senta no sofá.

- Olha eu não sei o que dizer sobre isso, mas é estranho, muito estranho - Diz Jin em pé ao lado de Nam - Se você for mesmo isso que está escrito, você não é mal, não faz nada por mal.

                      ...............

Jimin pensava nesse diário, ele não sabia o que fazer, Jung ia o deixar em paz? Claro que não. Jung nunca ia deixar seus inimigos em paz, muito menos eles. 

- Ei Jimin - Yoongi entra no quarto - Você está bem?

- Eu to - Jimin sorri a Yoongi - Vem aqui?

- Tabom - Yoongi sorri e senta na cama onde estava Jimin. O mesmo sorriu e se virou para Yoongi.

- Eu te amo - Jimin diz automaticamente, Yoongi sorriu com o ato, ele não esperava isso do nada, mas era o que ambos sentiam um pelo outro.

- Eu também te amo - Diz Yoongi e sela a sua boca a de Jimin, o mesmo corresponde em um beijo calmo, Jimin puxou Yoongi para cima de si sem parar o beijo, ainda continuava calmo e com amor.

- Uh..Jimin - Yoongi se separa do mesmo que acariciava seu rosto carinhosamente, mantinha seus olhos fixado no mesmo que se sentou no colo de Yoongi, mas sem malícia.

- JungKook nem apareceu aqui, ainda mais que são férias.. - Diz Jimin.

- Poise... - Diz Yoongi enquanto fitava Jimin - Sabe de uma coisa?

- Oque?

- Você é tão lindo, ainda mais gemendo - Jimin corou, e não foi pouco, não sabia nem qual era a diferença de pimentão para Jimin, Yoongi riu baixinho permaneceu com um sorriso - Porque está vermelho Chimchim?

- Nada...eu, eu apenas - Ele põe as mãos no rosto. Suas pequenas mãos que não cobriam nem a metade de sua face, mas  seus dedos eram gordinhos e fofos, ele parecia um bebê, com suas bochechas fofas - Fico desse jeito quando me elogia, eu não sou tudo isso que você diz.

- É sim, e muito mais - Yoongi se aproxima de Jimin e o deixa um selinho - Você é amorzinho, fofo, lindo, gostoso - A cada palavra Jimin corava mais, ele obtia um sorriso fofo nos lábios.

- Você Yoongi...dono da minha felicidade - Jimin é puxado por Yoongi novamente que o beijou com tanta vontade e necessidade que tinha.

Jimin seria esse demônio? Mau? Não, ele não é mau, ele não é assim. Jimin é fofo, tímido, e além do mais, ele pode até ser, mas ele nunca faria mal a ninguém, tirando Jung, e qualquer um que faça mal a ele ou a "família" dele. 

- Eu não sou ruim Yoongi... - Dizia Jimin ainda no colo do mesmo - Sou um bebê, muito inocente - Jimin faz cara de bebê.

- Muito inocente.. - Yoongi põe suas mãos na bunda de Jimin, o mesmo sorria inocentemente como se não estivesse fazendo nada. Jimin riu baixinho.

- Sou muito inocente - Jimin ao dizer isso começa a rebolar conforme as mãos de Yoongi - Tire as mãos, sou um bebê puro - Jimin continuava a rebolar.




- Agora que eu não tiro - Yoongi deixa um tapa forte na bunda de Jimin, o mesmo gemeu manhoso.

     

                     Continua



Notas Finais


LALALAL
GOSTARAM?
DEIXEM SUAA TEORIAS PFV .-.
BJUS BOLINHOS ❤❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...