História Namorada de Aluguel - Camren - Capítulo 10


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fifth Harmony
Personagens Personagens Originais
Tags Camren, Fifth Harmony, Romance
Exibições 214
Palavras 1.739
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Romance e Novela
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Espero que gostem<3 E boa leitura!

Capítulo 10 - Capitulo 9


CAMILA POV.

*Uma semana depois...

Na sexta-feira, no intervalo entre uma aula e outra o diretor entrou na sala dizendo que tinha um comunicado a fazer, logo a sala virou um silêncio.

- Bom, como todos sabem nosso time de basquete foi campeão há uma semana atrás... - Ele disse apontando pros garotos que jogavam e que estavam no fundo da sala, ao lado de Lauren por sinal.
- Uhuuullll. - Eles gritaram se a mostrando ainda mais, e eu revirei os olhos.
- Ai gente ninguém merece esses garotos! Olha só. Pra que essa babação toda?
- Ah Mila deixa de ser chata! – Ally.
- Eu que sou chata?
- Shhh. – Harry.

Paramos de falar antes de levarmos uma bronca, pois o diretor continuava falando.

- Então... como eu falava. Como fomos campeões o colégio achou por mérito organizar uma festa em comemoração a vocês. - Apontou pra eles de novo, e agora sim foi uma gritaria maior ainda. - Gente... gente, por favor!
- Turma silêncio! - A professora tentava acalmá-los também.
- Obrigado. - Ele agradeceu após conseguir o silêncio – Então, como eu dizia a festa será amanhã no Star’s Club, que todos vocês conhecem não é mesmo? - Um sim unissôno soou em resposta a ele. - Ótimo! Então até amanhã. Tchau.
- Tchauuuu. - Todos gritaram e assim que ele saiu começou a conversa alta de novo.
- Ai quero embora pra casa, a aula não acabou não? – Perguntei.
- Ih Mila, tá desanimada hein! – Harry.
- Ah Harry, sabe que eu não tenho paciência pra essas coisas né. Nem vejo graça numa festa dessas.
- Você não vai? – Perguntou Ally espantada.
- Óbvio que não!
- Não? Você tem certeza? Se eu fosse você, eu iria. – Harry.
- Por que?
- Porque esse tipo de coisas que você acabou de dizer que não gosta é o tipo de coisa que a sua namorada vive para. Tem certeza que vai deixar ela sozinha nessa festa? – Harry.
- Hum... não tinha pensado nisso. - Eu disse mordendo o lábio, insegura pois realmente isso não fazia parte do meu universo. E depois daquele dia, eu me afastei um pouco dela, mas isso não quer dizer que eu tinha desistido.
- Pois deveria começar a pensar... Aliás eu te avisei né, quando você veio com essa história. Vocês vão ter que se adaptar porque o mundo de vocês não tem nada a ver um com o outro. – Harry.
- Eu sei... - Suspirei, resignada já né, fazer o que? – Eu vou então.
- Não acredito! Sério que você vai? – Ally.
- Ué, por que, qual o problema?
- Nenhum. Só nunca pensei... é realmente você tá mudando mesmo, pena que é por quem não merece. – Ally disse.
- Vai começar, Ally? - Perguntei sem paciência já.
- Ai gente para né! E anda vamos logo que só tem a gente aqui na sala. – Harry disse, afinal o sinal já havia tocado.
- Vamos. - Nós duas falamos ao mesmo tempo.
~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

LAUREN POV.

*A noite...

- Lauren, tem uma amiga sua aqui, querendo falar contigo. - Meu pai.
- Quem?
- Camila, eu acho. - Ele falava da porta do meu quarto.
- Camila? Tá, já vou lá. Brigada pai.

 Ele saiu e eu fui lá pra baixo bufando.

-
Cadê ela? - Perguntei aos meus pais que estavam na sala vendo televisão, quando desci e não a vi.
- Tá lá fora, ela não quis entrar. - Meu pai.
- Ah tá. Vou lá ver o que ela quer.
- Vai jantar, filha? - Minha mãe.
- Mais tarde, podem comer se quiserem.
- Te esperamos. - Minha mãe disse de novo.
- Okay.

Fui em direção a porta e abri.

- O que você quer? – Perguntei enquanto fechava a porta de casa.
- Oi pra você também, Lauren. - Revirei os olhos.
- O que você quer aqui? - Insisti.
- Vim saber que hora que nós vamos amanhã.
- Vamos? E desde quando eu vou com você pra algum lugar? - Perguntei estranhado.
- Pra festa ué...
- Você vai? - Fiz uma careta de espanto e desespero.
- Vou... por que algum problema? - Ela perguntou depois que viu minha cara.
- Pensei que você não gostasse desse tipo de coisa.
- É... mas você vai e você não acha que eu vou te deixar sozinha nesse tipo de festa, né? – Disse e eu ri debochando dela.
- Tá com medinho que eu faça alguma coisa? - Insisti com o deboche.
- Medo não. Mas eu sei muito bem que você é uma pessoa nem um pouco confiável. – Ela disse e eu cheguei mais perto dela.
- Uau, obrigada... Hahahah. - Agora meu riso era irônico. - Mas se você acha isso de mim por que não acabar logo com essa palhaçada? Aí não vai precisar nem se preocupar mais com isso...
- Hahahah - Agora o riso dela que foi irônico. - Bem que você queria né, mas não... - Estávamos pertinho uma da outra. - Não vou te dar esse gostinho. - Me irritei profundamente e olhei pro lado.
- Ou eu sou muito gostosa ou você deve estar muito na seca pra ter que se submeter a isso, sabia?
- Sua opinião não me interessa! Eu vim aqui pra saber que horas vamos pra essa festa?
- Eu estava combinando com o pessoal umas duas horas. – Falei muito puta.
- Falou bem, estava... nós - Apontando pra nós. - Duas vamos juntas, apenas nós.
- Por que? Qual o problema com meus amigos? - Perguntei indignada.
- Bom com eles há vários problemas, mas isso não interessa agora. E outra você vai encontrar com eles lá, não precisa ir junto.
- Ai tá Camila, não vou discutir, que saco! - Essa garota me irrita de tal forma, me tira do sério! E pra me irritar ainda mais, ela sorriu e se aproximou de mim.
- Ótimo. Então até manhã.
- Tchau. – Falei, mas ela não foi embora, pelo contrário se aproximou de mim como se fosse me beijar, joguei meu corpo pra trás. - O que você tá fazendo?
- Me despedindo da minha namorada ué. - Ela sorria ainda.
- Tá louca? - Cara essa garota era muito abusada mesmo!
- Tá, hoje passa até porque estamos no meio da rua em frente à sua casa, mas amanhã você não foge.
- Você tá louca! - Repeti.
- Não. - Deu um beijo na minha bochecha - Amanhã passo aqui e vamos juntas. Tchau.
- Tchau. - Nem esperei mais nada, entrei em casa batendo a porta e xingando tudo. Que inferno de garota!

Enfim, fui jantar com meus pais e fui dormir. 
~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

Acordei no dia seguinte tarde, era quase meio dia, com alguém me passando um rádio. Atendi toda sonolenta sem nem olhar quem era.

- Oi.
- Acordaaa Morenaa... - Alguém sem noção gritando no meu ouvido. Odeio acordar assim!
- Quem é? 
- Como quem é? Não reconhece mais minha voz ingrata? - Keana! Tinha que ser pra gritar assim comigo. Só ela que não tinha medo de morrer mesmo.
- Ai Keana, para de gritar cara.
- Então acorda! Tá de ressaca é?
- Não, já acordei. Você já pode falar como uma pessoa normal. - Ela riu e eu ri junto.
- Que bom, porque já está na hora, são quase meio dia. Mas então como vamos fazer, você passa aqui ou a gente vai praí? – eu ia responder, mas aí me lembrei da conversa com Camila ontem.
- É melhor a gente se encontrar lá. - Respondi.
- Por que? A gente não ia juntas?
- Ah Kaena, porque sim. Afinal, dá no mesmo, vamos nos ver lá.
- Tá... mas tá tudo bem? - Ela perguntou.
- Tá. É só, que vou ter que ver umas coisas com a minha mãe antes, aí prefiro encontrar vocês lá. - Menti, óbvio. Não ia admitir que era porque a Camila falou né! E Deu certo porque ela se convenceu. Assim que desligamos, me levantei pra comer algo porque daqui a pouco já teria que começar a me arrumar. A festa é essa manhã, mas poderíamos ficar lá até a madrugada, já que era um Club.

 

CAMILA POV.

- Ai Ally, eu não sei. – Eu disse.
- Vai com aquela que você comprou, é linda! – Ally.
- Você acha? - Tinham várias roupas espalhadas pela cama.
- Claro Mila, mas anda logo vai, senão vamos nos atrasar.

Nessa hora minha mãe entra no quarto pra guardar umas roupas no meu armário.

- Ainda não se resolveu, filha? - Fátima.
- Ai tia.. essa garota é difícil. - Ally deitou na cama cansada.
- Por que? Qual o problema? – Minha mãe perguntou.
- Tia, fala pra ela que com essa saia ela vai ficar linda. – Ally.
- Aquela que você comprou no shopping com o Harry? - Fátima.
- É mãe. – Falei.
- Qual o problema, você não gostou filha? - Fátima.
- Gostei, mas sei lá... não é muito curta? – Perguntei fazendo careta.
- Ah Mila! Hahahah. – Ally.
- Ah filha, é curta, mas é linda. Você está na idade disso meu amor, relaxa, deixa de querer ser adulta sempre. - Fátima.
- Isso aí tiaaaa... – Ally disse e nós rimos.
- Okay, vou com essa saia então. – Disse por fim.

Resolvi pôr ela mesmo, era uma saia preta. Pus também uma regata branca e uma sandália preta não tão alta. Eu amei a roupa, mas ainda assim me sentia um pouco estranha com maquiagem e brincos, sei lá, na escola eu não era de me arrumar muito pra ir. Usava saia porque era do uniforme, mas era maior, até porque eu não me sentia bem de saia curtinha, nunca gostei muito de chamar atenção, mas elas insistiram tanto que me vesti assim mesmo. 

A Ally ficou lá comigo até eu me arrumar, mas logo depois se foi pra se arrumar também.
~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

Umas duas e quinze cheguei na casa de Lauren que obviamente não estava pronta, depois de uns vinte minutos ela saiu da casa. Também usava saia, só que a dela era jeans clara curta que deixava aquelas coxas dela quase totalmente a mostra, uma tentação. Ela também usava uma sandália baixa e uma blusa soltinha de lado, enfim perfeita. Pegamos um táxi e fomos. Ela não quis dirigir porque iria beber.
 


Notas Finais


Eita, o que será que vai rolar nessa festa em?... E vocês querem mesmo que alguém goste da Camila né? Mas calma não é assim tão fácil, cada coisa vai acontecer no seu tempo. E acho que se aparece-se uma pessoa gostando da Camila, ela não iria dar tanta bola, até porque ela é totalmente trouxa pela Lauren kkkkk... mas vamos ver o que acontece.

E bem vinda leitoras novas<3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...