História Namorada de Mentirinha - Capítulo 20


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Fugaku Uchiha, Hinata Hyuuga, Ino Yamanaka, Itachi Uchiha, Kakashi Hatake, Kushina Uzumaki, Mikoto Uchiha, Minato "Yondaime" Namikaze, Naruto Uzumaki, Neji Hyuuga, Sai, Sakura Haruno, Sasuke Uchiha, Shikamaru Nara, Shisui Uchiha, Temari, TenTen Mitsashi, Tsunade Senju
Tags Gasaku, Naruhina, Nejiten, Sasukarin, Sasusaku
Exibições 211
Palavras 1.322
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Esporte, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


pessoal hoje o mundo chora com a trágedia por isso peço que possam pedir por essas pessoas hoje não sò por elas como pra qualquer outra pessoa que você tenha perdido esse ano pois EU perdi dois TIOS esse ano e hoje ainda perdi um Familiar próximo estamos todos muito Triste esse ano de 2016 Estará marcado como o pior de minha vida então deixo meus sentimentos aqueles que perderam alguém querido. E é sò bjs...


#ForçaChapacoense 💜💜💜

Capítulo 20 - A Flor da pele



O amor tudo suporta tudo crê, igualmente a fé e o amor com DEUS. 

Entre Çéu e terra o amor Reina. 


Eu havia entrado no quarto e Sasuke estava deitado, como pode ser tão bonito isso è un chamado pro mal caminho vendo ele assim parecia perdido em pensamentos sento ao seu lado na cama. 


--Sasuke. -chama um pouco sem jeito ela não sabia qual seria a reação dele quando ela disse-se que o Ama sentia um frio muito grande na barriga sò de pensar e imaginar qual seria  a sua reação. 


Mas Sasuke manteve-se em silencio e ela não sabia o Porque, estranhou seu silêncio pois ele não estava dormindo Então apenas insistiu. --Sasuke precisamos conversar. - ela percebe o corpo dele tensionar  quando ela fala, mas ele continuava com o silencio enquanto ela fazia de tudo pra chamar sua atenção mas que não dera resultados. E quando ele finalmente fala ela preferia que o mesmo não o tivesse feito. Ele Mandara ela calar-se mas de um jeito rude como se estivesse com raiva dela mas quando a chamou de irritante doeu sem saber o Porque se sentiu ferida magoada. 


--Posso saber que bicho te mordeu. -Pergunta confusa não intendia o Porque dele estar a tratando assim por que se antes ele estava a tratando tão bem o que mudara. Mas ele não dizia apenas queria ficar sozinho é o que dizia a deixando fula da vida mas quando ele falou do Itachi Tudo se fez sentido não haveria outro motivo, "Ele havia visto quando ela beijou Itachi ". 



Pergunto se ele havia visto sò pra ter a certeza  mas ele apenas se fez de desentendido.  Aquele babaca, que eu amo mas babaca.  Ele me ofendeu e eu acabei por lhe da um tapa, por pura raiva mas quando ele me agarrou pensei que ele ia me bater até o provoquei pra que o fizesse mas ele não o fez e eu quase cometi a burrisse de dizer-lhe que amo sendo que ele não o merece ouvir isso ele até me cobrou mas eu não o respondi. 




Apesar de tudo eu não estava acreditando  no que havia acontecido Sasuke agirà feito um completo idiota como pode me chamar de vadia foi o que mas me machucou, eu sei que posso ser muitas  coisas na vida mas vadia NUNCA, sempre me dei o devido respeito ele havia visto eu beijar Itachi Tudo bem mas sequer quis entender meus motivo me ofendeu. E isso doeu mas do que uma facada no coração por que Sasuke você não pode sair do meu coração por que justo quando ia te falar que Te amo você tem que fazer isso. 



Eu ainda sinto seus labios nos meus mesmo tendo sido sò um roçar antes de simplesmente eu sai. 




"Me siga"


"Vem atrás. "


"Pede pra mim ficar. "


"Não me deixa.  ir"


"Me impeça. "


"Faça algo Sasuke. "

 


 Foram meus ultimos pensamentos antes de sair completamente daquela casa.  Mas ele não veio. 



"Ele não te ama Sakura é melhor você esquecer é o melhor que pode fazer. "-disse sua conciência. 



Ele  não me impediu, ele apenas me deixou ir sem dizer nada, Talvez tenha sido melhor assim. Mas se tivesse sido melhor, Porque eu sinto como se tivesse um buraco em meu peito?  Por que me sinto sufocada?Eu não sei mas também    não sei o que mais doi em mim se foi ele não ter feito nada pra me fazer ficar  ou ele não ter dito nada nem um simples "tchau". -suspira. -As vezes me sinto como uma boba uma criança que acredita em contos de fada e que sonha em ser resgatada pelo seu Principe encantado montado  em seu grande cavalo branco.


E agora estou a caminho de casa é  melhor  ligar pra Madrinha Tsunade. 




-Sakura é você? 



-Sim Madrinha. -suspira. -Eu liguei pra dizer que estou voltando. 



- O que você filha, você está me preocupando 

Porque está com essa voz triste, Saky o que aconteceu. 



- Eu não mereço ser feliz dinda, eu não sei por que nasci se so sofro eu não sei... Por que DEUS não me levou junto com meus pais pelo menos assim eu ainda estaria com eles. -disse Sakura chorando apesar de se mostrar sempre forte estava cansada de reprimir o que sente tudo a estava deixando com os nervos à flor da pele. 




- Não diz isso você foi o meu presente Sakura você me salvou de mim mesma quando Dan morreu eu não queria viver havia perdido o amor  de minha vida.- Mas ai eu te encontrei como a luz de minha vida você me fez ver que apesar da morte a vida segue, que apesar disso se estamos vivas é para um proposito maior e não devemos nos abater nunca. -Por isso sorria querida você pra mim é como uma filha eu tenho você como se tivesse nascido de mim. -Então nunca deixe de sorrir seu sorriso me lembra tanto minha irmã, você me lembra tanto ela. -Sua mãe era incrivel assim como seu pai. -- Disse sorrindo pelo telefone ela falou a pura verdade Sakura era a luz de seu mundo de sua vida odiava saber que a mesma se sentia assim e nem mesmo ela poderia abraçala pra conforta-la então ao menos tentaria por palavras. 


-Arigato (obrigada) Madrinha e me desculpa por tudo eu te amo e me Espera por que eu estou voltando. -Sorriu entre lagrimas. 


- E eu estarei te esperando minha filha sempre estarei com você. 


-Tchau, nos vemos em casa. 


-ATÉ querida. -Cuidado, Te amo Saky não esqueça. 


-Nunca. 


Apos a ligação ela estava mais calma  E apenas encostou sua cabeça na janela do avião e fechou os olhos ela estava cansada tanto fisicamente como mentalmente e depois do estresse  que passou o sono veio como algo divino pra ela. 




~☆~☆~☆~


 Alguns dias depois 




--SAKURAAAA



--Droga estava bom demais pra ser verdade.-- O QUE É MADRINHA? NÃO VAI ME DIZER QUE PERDEU SEUS PEITOS, POR QUE EU ACHO QUE É MEIO DIFICIL. 




-- SAKURA. -Com uma veia Saltando da Testa. --Fique Sabendo que não os perdi mas se você não sair desse MALDITO QUARTO eu juro que arrombo essa MALDITA PORTA. -Grita cansada com a birra de sua afilhada que desde que chegou primeiro chorou como nunca havia chorado em seu colo, depois comeu tudo que via pela frente, e chorar mais um pouco havia se trancado no quarto, e não saia do mesmo a não ser pra comer, passava o dia inteiro trancada enfunada no quarto como morta viva e Tsunade até tentou respeitar  o tempo dela mas não iria deixar Sakura cair em depressão não mesmo. 



--Eu NÃO vou abrir e você não vai arrombar minha port...-ELA nem terminou de dizer quando de repente. 




"PAFT"



O Barulho da porta se chocando  no chão ao se chutada por uma Tsunade Muuuiitoooo! Raivosa. 




--Acho melhor você ir da uma volta AGORA se não quer que eu saia chutando mais do que uma droga de porta. - Disse entre dentes em quanto Sakura tinha os olhos arregalados  ela havia mesmo areombado LITERALMENTE sua porta e entre um suspiro  Sakura sai pra fazer uma caminhada, mesmo que não estivesse afim de sair Tsunade conseguia ser assustadora quando queria. 



Enquanto andava pelo parque ficava pensando em como estavam todos os Uchihas apos sua partida e principalmente "Ele" Será que ele sentia falta dela como ela sentia dele por que apesar de tudo se sentia completamente frustrada por não conseguì esquecelo e muito menos o tirar de seu coração. 


Sakura estava tão abalada e tão perdida em devaneios que acabou por não perceber alguém em sua frente e chocou seu corpo com o da Pessoa. 



--Desculpa. - Disse de cabeça baixa estava irritada com ela mesma por não prestar atenção por onde anda. 


-- Sakura! -Exclama a Pessoa surpresa fazendo Sakura encarar com os olhos arregalados a pessoa em sua frente. 



--VOCÊ! -Grita atordoada não acreditando no que via.... 









Notas Finais


Espero que tenham gostado bjs


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...