História Namorado assassino? - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts
Visualizações 10
Palavras 1.263
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Hentai, Luta, Romance e Novela, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa leitura meus anjinhos^^

Capítulo 3 - Capítulo III



- Acho que devemos ir pra casa.

- Também acho... - Falei pegando rapidamente minha mochila. Eu praticamente saí correndo da sala, Jungkook ainda ficou lá por um tempo, mas logo ele saiu e começou a me seguir e é claro que eu apressei um pouco o passo.

- Tae, me espera! - Ele agora estava correndo atrás de mim.

- Jungkook, se não se importa eu gostaria de ir pra casa sozinho. - Nem olhei para ele quando disse, apenas continuei andando.

- Mas e se alguma coisa acontecer com você? Por favor...

- Olha, minha casa é um pouco longe.

- Não tem problema.

- Jungkook por favor

Vi ele abaixar a cabeça entristecido.

- Tudo bem...só se cuida.

Apenas sorri como resposta e observei ele pra ter certeza se ele não iria me seguir até sumir em uma esquina.

Depois de uns dez minutos, cheguei em minha casa. Não estava com fome, então fui direto para o quarto. 

Minha mãe está trabalhando e minha irmã....provavelmente no colégio.

Peguei meu celular e mandei uma mensagem para o Jimin.

"Pode vir aqui em casa?"

Eu iria bater nele por não ter me contado e depois perguntar se rolou mais alguma coisa entre os dois.

"Posso, já estou indo"

Só visualizei e joguei o celular em cima da cama. Por enquanto não tenho nada pra fazer.

Escutei a campainha tocar e estranhei um pouco...com certeza não era o Jimin, minha mãe e minha irmã não tocariam a campainha pra entrar na própria casa...

Desci rapidamente as escadas abrindo a porta devagar.

Não era nenhuma das opções que estava ali e sim o....Jungkook?

- O que faz aqui?

- Vim te visitar. Você não gostou?

- É que....eu estava esperando outra pessoa - Falei coçando a nuca e olhando para ele que estava aborrecido.

- Quem está vindo te ver?

- Jimin.

- Ah...ele.

Assenti com a cabeça e dando espaço para o menino entrar.

- Sua casa é bonita... - Sorri em resposta.

- Obrigado? - Agora foi ele que sorriu.

- Trouxe chocolate - Ele tirou uma pequena barra de chocolate do bolso, que por acaso era o meu chocolate preferido.

- Esse é...

- Seu chocolate preferido? Sim. - Ele agora estava sentado no sofá com as pernas cruzadas em forma de borboleta.

- Como você sabe?

- Ah Taehyung, eu sei várias coisa sobre você.

- Ah...eu não quero...quer dizer, não estou com fome agora. - Disse devolvendo a barra a ele.

- Eu juro que não tem nada nela que vai te fazer mal, eu só trouxe porque achei que você ia gostar.

- Tudo bem....dê uma mordida nela então.

- Ok - Ele mordeu um pedaço enorme - Viu não tem nada - Ele falou com a boca cheia.

- Você vai acabar se engasgando, morda um pedaço menor da próxima vez - Falei me sentando ao seu lado e depois que engoliu sorriu abertamente pra mim.

- O que foi?

- Você se preocupa comigo.

- Mais ou menos..- Merda. Eu estava ficando vermelho.

- Você gosta de mim, Tae? Eu não sei se você sabe mas, percebo quando você fica me observando. Você fez isso três vezes hoje.

- Você é bonito não tem como não olhar - Falei quase em um sussurro e ele provavelmente escutou já que estava com a felicidade estampada no rosto.

- Você também é muito bonito Taehyung - Ele se aproximou de mim e estávamos com nossos rostos bem perto um do outro. Jungkook estava olhando para minha boca, eu estava com um pouco de medo, mas estava....gostando? 

Ele ficou me olhando por uns dois minutos até que ele me beijou.

Suas mãos estavam na minha cintura e minhas mãos em seu pescoço o aproximando mais. Nossas línguas tinham uma perfeita sincronia, como se soubessem exatamente o que fazer e como fazer.

Jungkook foi se inclinando em cima de mim e eu acabei me deitando no sofá. Passei as pernas em volta de sua cintura recebendo um sorriso de aprovação.

Ele desceu da minha boca até o meu pescoço, dando dois chupões ali, provavelmente deixando marcas, mas agora eu realmente não me importava. Só queria estar ali com ele.

A campainha tocou novamente e nós dois levantamos rapidamente e eu fui ver quem era a pessoa abençoada que nos atrapalhou.

Era o Jimin. Merda. Eu esqueci totalmente que eu tinha chamado ele. Fiquei o olhando por uns segundos.

- Oi pra você também. - Ele disse me empurrando e entrando na minha casa - Jungkook? O que faz aqui?

- Nada. Ele só veio me visitar, ele é novo na cidade lembra? Então, veio falar comigo. - Disse apressadamente.

- E ele sabe onde você mora?

- Pois é, né.

- Acho que eu já vou indo...posso falar com você antes?

- Aham, Jimin espera aqui.

- Ok. - Ele disse se jogando no sofá e ligando a televisão.

Levei Jungkook até o meu quarto e sentamos na cama.

- Por que você não expulsa ele?

- Porque eu o chamei aqui.

- Chamou? Por quê?

- Foi antes de você vir pra cá, e ele tem umas coisas pra esclarecer pra mim.

- Tudo bem então...acho que já vou indo. Posso te dar um beijo de despedida?

- Pode - Falei sorrindo e ele sorriu também. Ele colou nossos lábios lentamente, indo dos lábios para o pescoço.

- Jungkook, não...podemos fazer isso outro dia, ok?

- Ok.... - Ele respondeu com a cabeça baixa.

- Vem, vamos lá pra baixo. - Entrelacei nossas mãos sabendo que isso o deixaria mais feliz. E deu certo. Parece que ele esta mais feliz que nunca.

- Jungkook, você não tem meu telefone né?

- Tenho - Ele abaixou a cabeça corado - Mas nunca tive coragem de te ligar ou mandar mensagem.

- Me ligue hoje a noite então.

- Está bem.

Quando chegamos no andar de baixo soltei a mão de Jungkook ao perceber que Jimin nos observava.

- Ah, tchau Jungkook.

Vi ele indo até a porta e indo embora. E Jimin estava me olhando com malícia.

- O que tá' rolando entre vocês?

- Nada. O que tá' rolando entre você e o Yoongi? E por que não me contou nada?

- Olha Taehyung, eu queria te contar mas eu....simplesmente não consegui e você acabou sabendo pelo Yoongi-Hyung. Mas eu prometo que de agora em diante eu vou contar tudo sobre eu e Yoongi.

- Bom mesmo seu babaca - Dei eu tapa em sua cabeça escutando o mesmo rir. - Aconteceu mais alguma coisa entre vocês?

- Bom....ele me levou pra casa hoje e eu chamei ele pra sair.

- Sério? Então vocês vão começar a namorar?

- Não sei, talvez. - Ele falou fazendo um bico - Mas e você e o Jungkook? Pensei que você gostasse de garotas.

- Eu também pensei....só que, ah sei lá....não sei exatamente o que eu sinto por ele...






Depois que eu saí da casa do Taehyung, resolvi voltar pra casa.

Fiquei uns quinze minutos andando até minha casa. Chegando lá, fiquei observando o sofá bagunçado imaginando se Taehyung morasse comigo. Eu moro sozinho a alguns anos, minha família nunca passou nenhuma dificuldade financeira, eram até um poucos ricos. Por isso a casa era grande (também porque éramos uma família grande).

Fiquei muito chateado e irritado quando eu e o Taehyung fomos interrompidos, eu estava quase o conquistando dando prazer a ele....mas ele falou que iriamos fazer isso depois. Então tudo bem.

Joguei minha mochila em um canto qualquer do meu quarto e fui direto para o banheiro.

Fiquei observando meu reflexo no espelho por alguns segundos. E pensei "nossa, ele acha isso bonito".

Ah, Taehyung....eu gosto tanto de você... você não tem ideia do que eu fiz e o que eu faria pra ficar do seu lado. E pensar que eu quase tive você hoje....de quatro pra mim, gemendo meu nome descontroladamente.

Quando vi eu já estava com certo volume na calça. Acho que vou fazer uma pequena homenagem ao Taehyung...


Notas Finais


aaaaaa eu nunca sei o que colocar aqui.
enfim, espero muito q tenham gostado
até a próxima anjinhos ❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...