História Namorado de Mentira - Capítulo 37


Escrita por: ~ e ~JeoNetto

Postado
Categorias Malhação
Personagens Bianca Duarte, Carlos Eduardo "Duca" Menezes, João "Johnny" Spinelli, Personagens Originais, Victória "Vicki" Nóbrega de Oliveira
Tags Cobrade, Joanca, Jovicki, Perina
Exibições 77
Palavras 3.141
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Luta, Romance e Novela, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Cheguei Cheguei Cheguei!!!
Primeiro como sempre quero agradecer a galera que comentar que favorita que ler a fic muito obrigada mesmo de coração vocês são incríveis.
No cap de hoje vcs vão conhecer um pouco do mais passado do Gui basicamente uma historia do passado do Gui que até agora eu não sei como definir essa historia e também terá personagem novo a mãe da Alice e também terá Roberta conhecendo o mestre e muito mais
Bom espero que vocês gostem do cap até a próxima. Boa leitura!!

Capítulo 37 - Capítulo 37


Fanfic / Fanfiction Namorado de Mentira - Capítulo 37 - Capítulo 37

Já estávamos na academia a um tempo  a Bianca estava arrumando os papeis na sala do mestre e eu estava ajudando ele carregar alguns materiais para ele pode treinar com os alunos depois.

-João aqui já terminou obrigado pela ajudar.

-Não precisa agradecer mestre se  você precisar eu tô aqui agora deixar eu ir lá ver aqui a Bi esta fazendo.

-Vai lá. Falo indo em direção a sala do mestre entro sem fazer barulho e vejo que a minha linda continuava olhando uns papeis bem concentrada então se aproximo dela sem que ela percebesse.

-Você esta tão linda assim seria concentrada no trabalho. Falo dando um beijo no pescoço dela fazendo ela tomar o maior susto.

-João Spinelli Boulevard você quer me matar de susto só pode ser isso. Fala ela um pouco brava comigo.

-Não meu amor eu só tava brincado com você vem cá deixa eu te dá um beijo pra te acalmar minha linda. Falo e ela ia começar a falar alguma coisa só que eu não a deixo ela  falar, a puxo para o beijo intenso  coloco as minha mãos na cintura dela e as mãos delas no meu cabelo no separamos por falta de ar. Tá mais calma agora?

-Tô, mais não inventa de me assustar assim de novo.

-Eu prometo tentar.

-Eu prometo tentar olha como é palhaço esse meu menino. Ele fala e eu começo a rir.

-Por que você esta rindo?

-Por nada.

-Fala casal. Fala Gui entrando onde a gente estava.

-Oi Gui.

-Fala meu mané favorito.

-Eu já chego com você fazendo piadinha seu trouxa.

-Ele acordou assim hoje um palhaço Gui me assustando quase caiu dura aqui no chão agora.

-Amor foi só um brincadeira relaxa.

-Eu tô relaxada.

-Ótimo assim que eu gosto. Falo rindo.

-Tava vendo ele tá um palhaço hoje.

-Eu tô é feliz tenho essa namorada linda aqui. Falo abraçando ela. Minha família esta toda aqui no meu pais...

-O seu melhor amigo esta aqui com você, sabe eu só tô falando pra você não esquecer. Fala ele me interrompendo.

-Eu ia chegar nessa parte só que você não deixou eu terminar.

-Então prossiga.

-Como eu estava falando eu tô feliz por ter o meu mané  preferido aqui  o meu melhor  amigo aqui tô muito feliz.

-Sabe seu trouxa você emocionou bastante eu quase choro de tanta emoção ouvindo a sua palavras para a minha pessoa. Fala o Gui rindo.

-Eu sei eu tenho esse dom de emocionar as pessoas ao meu redor. Falo rindo junto com ele.

-Não é só o João que é palhaço é os dois, nossa Gui e João vocês são bobos demais deve ser por isso que os dois são melhores amigos.

-Sabe Bi eu também acho só que o João é mais bobo e palhaço do que eu.

-Eu também acho Gui.

-Nossa Bi valeu era pra você ficar do meu lado e você fica do lado do Gui. Falo fingindo que estou magoado.

-Oh meu amor mais eu prefiro você assim meio bobo todo palhaço do que qualquer outra pessoa.

-Mano despois dessa declaração  a Bianca ela esta merecendo um beijo seu.

-E ela vai receber um beijo eu vou dá um beijo de desentupir pia dela.

-Então você eu vou sair pra você dá o beijo de desentupir pia dela que por sinal mano você esta com os nome de beijo  muito criativo  nem eu estou tendo essa criatividade toda tô impressionado agora  então eu vou dá três minutos pra vocês e eu já volto. Falo ele saindo.  

-O Gui tem razão tem quando disse que você merecia o beijo quando você falou aquilo pra mim.

-Eu só falei o que eu acho.

-E o que você acha é lindo que nem você. Fala ele se aproximando de mim e me beijando um beijo lento e apaixonado encerramos os beijo e ela me enche de beijo no rosto e vários selinhos.

-O tempo de vocês acabaram meu meninos.

-Nossa você já voltou?

-Sim, sabe João eu fiquei pensado subir na ringue e lutar eu contra você?

-Você esta me desafiando?

-Tô.

-Então bora lutar minha linda pode volta a seu trabalho não vamos mais te entreter.

-Vocês vão lutar mesmo?

-Vamos o Gui me desafiou.

-Cuidado os dois então eu ficar vendo os dois daqui.

-A gente vai tomar cuidado e você Gui eu vou logo avisando eu vou precisar da meu rosto em perfeito estado esse dias ai então nada de me deixar com olho roxo se não a minha mãe te matar e isso não vai ser legal pra você e nem pra relação de amizade da minha mãe com a sua.

-Mano você esta ameaçando de um jeito que só a Ruiva faria com tamanha maestria deu medo agora serio.

-Eu tô aprendendo com ela. Falo saindo da sala do mestre. Voltamos daqui a pouco linda. Falo e ela manda beijo. Bora falar com o mestre pra ver se ele deixa a gente usar o ringue.

-Bora.  

-Mestre eu e o Gui queremos falar com você.

-Fala meninos.

-Então mestre o Gui me desafiou de lutar muay thauy  será que a gente pode usar o ringue?

-Claro que pode, mas só se deixarei eu ser o Juiz da lutar de vocês.

-Seria uma honra.

-Então vão indo aqui tem uns shorts que nunca foram usados vocês colocam pra não precisar lutar de calça como você esta Gui e depois vocês me esperam no ringue que eu vou pegar uns equipamentos para vocês usar na luta.

-Pode deixar. E foi assim que fizemos pegamos Shorts fomos numa espécie de vestiário  e trocamos de roupa.

-Você já teve esta sabendo que vai ter os desfiles e que eu vou participar.

-Sabia sim a sua mãe falou comigo sobre isso ai eu falei que tinha certeza que você ia aceitar.

-É  eu aceitei vou daqui a três dias.

-E você quer  manter o corpinho até lá então você já esta regrando a comida partir de hoje a gente vai malhar?

-Sabe cara que até disso eu tava sentido falta.

-Ótimo.

-Agora não vai começar com a sua paranoia pois eu vou malhar de boa com você hoje.

-Não vou começar com as paranoias de academia não prometo.

- Ok eu vou fingir que acredito nisso.

-Seu trouxa eu sou um cara de palavra.

-Não você não é um cara de palavra Gui.

-Sou sim.

-Não é, e eu vou provar não tem naquela vez que você prometeu pra sua mãe que não ia deixar mais pra mim fazer a suas atividades da escola e  não foi isso que aconteceu eu continue fazendo ou também teve aquela vez que você prometeu pro seu pai  que não ia sair de casa que ia ficar olhando a Scarlet  mas foi isso realmente que aconteceu eu e a Alice tivemos que ficar olhando a Scarlet enquanto você  saiu pra festa e também teve aquela vez que você prometeu pra Taylor que vocês dois ia ficar juntos pra sempre não foi isso que aconteceu  seis dias depois .

-Você me convenceu eu não sou o cara de palavra mas também me convenceu  e que eu era um cara bastante irresponsável.

-Você não era um cara irresponsável você continua um cara irresponsável.

-Valeu mano por me lembra isso e outra coisa e eu não lembro de ter prometido a Taylor que a gente ia ficar juntos pra sempre.

-Você estava bêbado no dia.

-Então teve ter sido por isso que eu falei isso pra ela.

-Eu também acho sóbrio você nunca falaria.

-Concordo plenamente com você João e falando nisso eu nunca mais vi a Taylor será que ela ainda mora na Califórnia? Será que ela esta solteira? Só dando uma ligada pra ela.

-Eu não acredito que eu ouvir isso, você sabe muito bem que a Taylor não quer te ver, não quer ter nenhuma noticia sua, ela deixou isso bem claro quando você terminaram, e agora você quer ligar pra ela.

-Mais você sabe que a primeira namora a gente nunca esquece.

-Tecnicamente  eu não sei se definiria o seu namoro  como um namoro vocês dois só ficaram juntos por cinco dias.

-Isso que dá você inventar de querer namorar e se divertir ao mesmo tempo você tem que escolher um ou outro ai eu escolhi me divertir.

- E se divertir no caso pra você  é alugar um casa  e dá uma festa de arroba de dois dias enquanto a sua namorada  não estava na cidade e quando ela chegou encontrou você mais alguns amigos seus todos bêbados rodeados de mulheres até eu não gostei dessa sua atitude sua imagina ela.

-Mas eu tava de boa só curtindo não fiquei com nenhuma daquelas mulheres.

-Mas de qualquer jeito não caiu bem pra você.

-Ainda mais pra mim né que tenho uma fama verdadeira de ser um galinha. De todos os meus amigos que foram naquela festa você foi o único que ficou namorando a Alice  aquela danadinha tratou de tirar você de lá logo quando viu  aquelas mulheres que pro sinal eram lindas e outra depois que a Taylor terminou comigo no meio de todo mundo eu nem peguei o numero naquelas mulheres. Mas você sabe que aquilo não foi ideia minha.

-Eu sei que num foi, você estava comportado naqueles dias  mais ai  veio a festa você e a Taylor terminaram que por sinal foi o namoro que considerar como namoro mesmo o mais rápido que eu vim começar e terminar  e você voltou a ser o ser de sempre.

-Exatamente.

-E depois daquele dia você nunca mais resolver namorar.

-Verdade vou inventar de namorar e agora ser só quatro dias ou três com a menina por isso  agora eu só fico com elas sacou a minha linha de raciocínio.

-Agora eu entendi a sua linha de raciocínio.

-Ótimo.

-Meninos desculpa a demorar resolver uma coisa antes de vim pra cá.

-Relaxa Gael eu e o João tivemos conversa bem descontraída  enquanto você estava ocupado tem tempo que a gente não fazia isso.

-Verdade Gui.

-Ótimo agora pro ringue aqui João e Gui as luvas de vocês.  Fala o mestre entregando a nossas luvas.

-Antes de colocar essa luvas vou tirar a camisa o Rio de Janeiro faz muito calor e eu ainda vou lutar com você pior ainda. Fala ele tirando a camisa dele. E você trouxa vai ficar com a sua camisa?

-Claro que não vou tirar. Falo e tiro a camisa. Esta preparado pra apanhar Gui?

-Eu já ia fazer essa mesma pergunta pra você.

-Eu preciso falar uma coisa antes pra você. Antes da gente lutar o mestre fala algumas regras e autoriza a gente a lutar eu o Gui começamos a lutar eu o ritmo bem lendo eu não queria machucar ele e nem ele queria me machucar mais mesmo assim eu ainda acertava os  golpes neles e ele em mim.

~*~

Estava vendo que os meninos estavam no ringue lutando a meu pai pelo o que eu tava parecendo que era o Juiz então eu revolvi e ver como eles estava se saindo.

-E ai pai qual é o que esta ganhando?

-Bi eu não sei nem qual é o que esta batendo mais no outro por que esse dois parecem que tem medo de acerta o outro.

-Mestre eu não quero machucar o meu melhor amigo.

-E eu não posso bater no João como eu gostaria  ele vai começar a trabalhar essa semana.

-Se uma não quer bate no outro então o que vocês estão fazendo ai.

-O Gui me desafiou e eu não ia deixar isso passar.  

-Meu filho o que você estava fazendo nesse ringue? Falo vendo a Roberta vindo em nossa direção seguida pela sua melhor amiga que no caso era a Heloisa mãe do Gui e vi também a Scarlet.

-Eu e Gui estamos nos iludimos  aqui no ringue  até temos o mestre aqui como juiz.

-João querido tem tanto tempo que eu não o vejo.

-É sempre um grande prazer ver você, Heloisa.

-Você sabe que o prazer sempre meu e oi Bianca. Pelo jeito seco que ela falou comigo com certeza já teve esta sabendo que eu e o João estamos namorando a Heloísa nunca gostou de mim não seria  agora que ela iria começar gosta.    

-Oi Heloísa. Mas mesmo assim eu tento ser o mais gentil possível ela é melhor amiga da mãe do meu namorado.

-Bibi. Fala a Scarlet vindo em minha direção e eu a pego no colo a Scarlet junto com o Gui são os únicos em que eu tenho um carinho da família Robles Vianna e eles tem esse carinho por mim também quando eles ainda moravam na Califórnia o João sempre levava a Scarlet lá pra casa a gente se divertia bastante.

-Oi minha florzinha. Falo a colocando no chão no meu lado.

-Fala Roberta, mãe e maninha. Fala o Gui.

-Mãe tem uma pessoa eu quero muito te apresentar. Fala o João tirando as luvas descendo do ringue.  Mãe esse é o mestre Gael pai da Bianca e mestre essa daqui a minha adorada mãe Roberta.

-É um enorme prazer em conhece-lo Gael.

-O prazer é todo meu o João falou muito bem de você.

-Ele também falou sobre você.

-E mestre essa daqui e Heloísa uma amiga da minha mãe e a Scarlet  minha princesinha .

-Prazer Heloísa e oi menina.

-Prazer.

-Oi senhor. Fala a Scarlet que continuava do meu lado.

-É mãe o que a senhora veio fazer aqui tão sendo eu pensei que a senhora só ia parecer mais tarde?

-João você me falou que hoje ia falar com o seu professor sobre os dias  que vai falta na peça e como eu sou responsável por isso e mesma quero falar com o seu professor por acaso você sabe se ele esta ai.

-Ainda não mãe mais o mestre a minha linda namorada até a gora e o Gui chegou mais tarde e o Ed ainda não chegou.

-Não tem problema a gente espera num é Heloísa?

-Claro que sim. 

- Você esta bem florzinha?

-Sim.

-Ótimo deixar eu te falar uma coisa nem deu pra gente se falar no dia que você chegou num foi?

-Verdade.

-Mas eu prometo que quando a gente se encontrar nas próximas vezes a gente não vai, mas ficar sem se falar tá certo?

-Tá certo.  Fala ela com o sorriso lindo no rosto.

-E você Bi o que estava fazendo o meninos se iludindo  lutando como o próprio João falou e você estava só observando eles?

-Não hoje aqui eu estou  trabalhando na academia na parte administrativa já que eu entendo um pouco só que ai os meninos começaram a lutar e eu vim ver de perto como eles estavam se saindo.

-Ela veio ver mãe como o namorado dela lindo estava se saindo. Fala ele me dando o selinho.

-Eu estava era com receio de um machucar o outro isso sim.

-Mas pelo que você viu Bi era que  a gente também estava com esse receio de um machucar o outro num é João. 

-Verdade principalmente você Gui estava com receio de me machucar.

-Verdade mais deixa esses desfiles que você vai fazer acaba pra você ver se eu vou ter mais receio de te machucar.

-Então da combinado quando os desfiles acaba a gente vai lutar de novo eu quero ver.

-Todo que eu agora é ir para o chuveiro agora.

-Eu também.

-Eu vou deixar vocês com a Bi e  vou levar esse dois meninos  até vestiário e tenho que resolver alguns assuntos. Fala os três indo e os meninos estavam esquecendo as camisa.

- Ei vocês estão esquecendo a camisa de você aqui Gui a sua. Falo jogando a camisa pra ele.

-Valeu Bi.

-E aqui meu lindo a sua camisa. Falo agora jogando a do João.

-Obrigada meu amor. Fala ele voltando pra onde a gente estava me dando um beijo.  Eu já volto.

-Vocês nós dão licença eu  e Scarlet vamos tentar falar Max. Fala a Heloísa saindo com a Scarlet para ligar para Max Vianna marido da Heloísa pai da Scarlet. 

-Bi eu tenho quase certeza que você teve saber que o João não chama qualquer pessoa de amor.

-Você esta certa eu já sabia sobre isso e Roberta você não sabe como eu fico tão feliz por isso e quero que saiba que eu quero o melhor para o seu filho. 

-Eu sei disso e quer saber de outra coisa Bi eu sempre via vocês dois sempre tão fofos um com outro ficaram ainda mais quando o João terminou com a Alice e eu imaginava vocês dois como namorados um dia e vejo  que  eu acertei.

-Antes eu só via o João como meu melhor amigo só há um tempo atrás eu o enxerguei como uma coisa a mais como o meu namorado e isso foi a melhor coisa que eu fiz.

-E isso esta sendo muito bom tinha tempo que o não via o João tão feliz e isso tudo tem haver com você.

-Eu também estou muito feliz e o seu filho tem uma imensa parcela nisso. Minutos depois a Heloísa junta com a Scarlet voltaram para onde estávamos e começamos a conversar alguns minutos depois o meu pai volta para onde a gente estava sendo seguido pelo Gui e pelo meu lindo.

-Voltamos.

-Agora sim mãe eu posso lhe cumprimentar direto. Falo João abraçando a Roberta. Você também Heloísa e você minha fofinha. Fala ela a abraçando a Heloísa e pegando a Scarlet no colo depois colocando ela no chão e ele vem para onde eu estava .  E por ultimo mais não menos importante você minha linda. Fala ele me dando um selinho.

-Lindo. Sussurro pra ele.

-Você que é linda. Então Bi você viu se o Ed já entrou aqui?

- Ele acabou de chegar. Falo vendo o Ed entrar.

Então aquele é o seu professor de vocês dois então vamos ir falar com ele. Fala a minha mãe assim que ver o Ed.

-Então bora.

-Oi  Bianca e João. Fala Ed assim que  ele nos ver se aproximando dele.

-Oi Ed essa daqui é a Roberta minha mãe.

-Oh mais se eu não me engano a Ruiva me disse uma vez que a mãe dela se chama Roberta.

-É eu sou a mãe dela.

-Mais vocês me falaram que a Ruiva era sua prima não sua irmã João.

-A  minha mãe ela  não minha mãe biológica Ed na verdade ela é minha tia .

-Ah sim desculpa a confusão que eu fiz.

- Você Não precisar pedir desculpa professor do João, desde pequeno eu que cuido do João  como um filho  na verdade ele é meu filho  só que de coração.

-Entendo.

 -Então eu quero muito falar com você.

-Então vamos a minha sala.


Notas Finais


Gente me diga o que vocês acharam dessa historia meio embaraçosa do Gui?
Sugestões e criticas sempre são bem vindas.
Bom gente bjs e até a próxima.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...