História Namorados Por Uma Semana - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Crack!fic, Jikook, Namjin, Romance, Verdade Ou Desafio, Vhope, Yoonseok
Exibições 217
Palavras 1.200
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Festa, Fluffy, Lemon, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Pansexualidade, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Olá pessoas
Quem atualiza uma fanfic às 3:30 da manhã? Eu mesma
Aproveitem esse cap :')

Capítulo 2 - Two


Fanfic / Fanfiction Namorados Por Uma Semana - Capítulo 2 - Two

Entro no meu quarto e deito na cama lamentando a minha existência. Olho para o teto e fico encarando o nada. Sinto Jimin me cutucando e olho para ele.

- O que você quer? - digo com raiva

- Ok, não desconte sua raiva em mim. queria saber o porquê de me odiar tanto.

- Quando Hobi me apresentou a você, você fez coisas nadas agradáveis. E uma delas foi me beijar - faço uma careta de nojo

- O beijo que você correspondeu.

Dito isso e desvio o olhar envergonhado. Viro meu corpo para o outro lado e começo a ficar vermelho.

- Err... Eu estava meio bêbado - começo a dar algumas desculpas (que são verdade)

- Isso é verdade - ele uma risada - eu também estava. Mas tinha consciência do que estava fazendo.

ELE ADMITIU QUE QUERIA ME BEIJAR. Alguém mata ele? Ou eu mesmo mato ele?

Bem, explicando o que houve. Uns três meses atrás, Hoseok nos chamou para ir na casa dele, e disse que queria nos apresentar o melhor amigo dele (sim, o Jimin e o Hobi são bff). Até tudo bem, mas eu nunca ia imaginar que o melhor amigo dele ia dar em cima de mim e depois me arrastar para um canto e me beijar. E sim, eu retribui porque estava sob efeito do álcool (sim, eu sou menor de idade e bebo bebidas alcoólicas, não tive meus pai presentes na minha vida falando o que é certo e o que é errado). Cinco segundos depois do beijo eu pensei na merda que eu tinha feito e me isolei no cantinho, sendo arrastado até a sala para ver um filme. O que aconteceu depois disso eu prefiro deixar em off.

- Foi mais engraçado na hora do filme - ele sorriu.

- Não me lembre daquilo - resmungo

- Você estava quase morrendo por eu estar do seu lado, e quando eu coloquei meu braço em volta do seu corpo, você quase teve um surto.

- , chega.

- Eu coloquei meu rosto no seu pescoço e comecei a beijar - ele começa a rir de forma escandalosa - e depois você me agarrando como se não houvesse amanhã. Na frente do seus amigos ainda por cima.

- Eu disse que estava sob o efeito do álcool - digo quase chorando (e de fato é verdade)

Enfio minha cara no travesseiro e fico ali morrendo. Eu queria matar Park Jimin por me lembrar daquilo. Filho da puta do caralho.

- Esconder sua cara no travesseiro não vai adiantar nada.

- Caguei.

Ouço a risada dele e suspiro irritado. Olho para ele e faço um sinal para Jimin sair do quarto. Ele revira os olhos e sai do quarto. GLÓRIA, AMÉM, FINALMENTE SOZINHO NESSA MERDA. Pego meu celular e coloco Radioactive para tocar. Eu amo essa música, essa banda, Deus me socorre. Mas ainda prefiro OneRepublic.

Lembro que Hoseok tinha me dito que iria passar essa semana no apartamento do Park e começo a arrumar algumas coisas para levar para . Eu estava pensando em uma coisa nesse exato momento: Puta merda. Pego as coisas da minha escola e coloco na mochila, e depois coloco minhas roupas e livros e outras coisas inúteis em uma bolsa grande qualquer.

Eu tinha terminado de arrumar tudo, então deitei na cama novamente (poruqe sou um inútil) e fiquei fazendo altos nada. Legal, ?

Começo a cantar a música, porque, como citei antes, sou um inútil. Eu sei que minha voz é terrível, mas nem por isso vou calar a minha boca.

No meio da música, lembro que tenho que enxotar os meninos da minha casa (a casa não é totalmente minha, mas por enquanto, eu estou no comando). Vou até a sala e começo a expulsar todos da casa até que fica eu e Jimin dentro daquela merda.

- O Hobi se ofereceu para nos levar... - Jimin diz para mim

- Okay.

Escrevo uma nota avisando para meus pais que iria passar a semana da casa de um amigo e que eles não precisam me ligar. Tudo pronto. Vou até meu quarto e pego minhas coisas e em seguida pego a chave da minha casa.


***


Depois de sair de casa e chegar na casa de Jimin, me jogo no sofá como se tivesse intimidade para isso (e eu to cagando pra intimidade).


- Então, você pode dormir no meu quarto que eu durmo aqui no sofá. - Jimin diz


- ... - eu tão cansado que nem vou questionar nada


Ele me indica onde é o quarto e entro dentro, deito na cama e hiberno em dois segundos.


***


Acordo bem cedo (umas cinco e meia) e me levanto. Eu tenho mania de acordar cedo na segunda para não me atrasar para a escola. Vou até a cozinha e pego uma maçã e começo a comer ela. Hoje seria o dia que eu e Jimin iríamos fingir que somos namorados, então espero que ele tenha morrido. Procuro o banheiro e quando acho, procuro uma toalha e vou tomar banho.


Alguns minutos depois, entro no quarto de Jimin e coloco o meu uniforme e pego minha mochila. Vou até o sofá que está na sala e acordo Jimin obrigando ele a se levantar, ir tomar banho e tomar o café.


Quando ele termina, nós saímos do apartamento e vamos para o colégio (que fica perto do apartamento) a mesmo.


- Jungkook - Jimin finalmente fala alguma coisa e eu o olho - você se importaria se eu pegar na sua mão?


- Hum.. Não.


Ele pega a minha mão e entrelaça nossos dedos. Ai que lindo, até parecemos um casal, que não. Quando entramos no colégio, todos olharam para nós dois. O que tem de tão interessante na gente? Eu talvez tenha esquecido de falar, mas Park Jimin é um dos veteranos mais populares e eu, Jeon Jungkook, sou um dos calouros mais populares. O que ninguém esperaria é nós dois andando de mãos dadas pela escola. Maravilhoso.

- Jungkook oppa, o que você e Jimin são? - uma garota veio me perguntar e eu fiquei calado (Jimin que responda por mim)

- Nós somos namorados. - Jimin respondeu

- Eu não perguntei para você. - quando a garota disse aquilo, revirei os olhos e suspirei - É verdade Jungkook oppa?

- É. - respondi seco e puxei Jimin para longe daquela garota

Eu sabia que isso ia piorar então apenas andei mais rápido. Paro em frente a minha sala (vou facilitar a vida de vocês: eu estudo noano, Tae no 2°, Yoongi, Hoseok e Jimin noe Jin e Namjoon terminaram).

- Você sabe que vai piorar, ? - pergunto à ele

- Sei sim - ele ri - mas eu não me importo

- Então a gente se mais tarde?

- Sim. - ele sorri - Até mais tarde

Ele beija minha bochecha e vai em direção a sua sala. Uma coisa eu tinha certeza, Park Jimin estava levando a sério o nosso namoro falso. E eu não sei se isso é bom.


Notas Finais


EU SEI Q TÁ PEQUENO ;-; podem me bater
Ia ficar maior se meu celular n tivesse apagado tudo ;-;
Eu prometo que da próxima vez fica maior ;-; sorry mesmo
Enfim, eu acho q ficou meio Q? esse cap, mas enfim, espero q tenham gostado
Bjs de chocolate da MDY


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...