História Namoro Escondido! - Capítulo 14


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fairy Tail
Personagens Gray Fullbuster, Lucy Heartfilia, Personagens Originais
Tags Fairy Tail, Gray Fullbuster, Graylu, Lucy Heartfilia
Visualizações 544
Palavras 1.550
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, FemmeSlash, Ficção, Hentai, Luta, Magia, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Self Inserction, Sexo, Spoilers, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Heeey.. Como sabem.. Eu voltei pra vocês.. Eu realmente não consigo ficar sem! Com isso..

Boa leitura 📖

Capítulo 14 - A cidade num vulcão!


Lucy Pov's :

Fiquei encarando a rosa que Gray me deu, não consegui ouvir nada que as pessoas da guilda diziam ou perguntavam. Só fiquei ali olhando a rosa imaginando o que deu nele pra demonstrar em público o que sentia.

Eu sabia que aquele dia chegaria, que não poderíamos fingir não sentir nada pelo outro, mas não imaginei que seria tão rápido assim. Não imaginaria que ele iria tomar a atitude de fazer aquilo primeiro.

-Lucy.. -ouvi Mira me chamar. -Você está aí.. Com esse sorriso lindo.

-Ah Mira.. -abracei a redoma de gelo. -O Gray me pegou de surpresa..

-Entao.. Oque achou do que ele disse?

-Ah.. Eu não sei. Eu estou muito feliz, mas estou com medo também.

-É claro que está com medo Lucy.. É um sentimento novo pra vocês. Não pode desistir disso.

-Mas a Juvia..

-Ora a Lucy.. -dessa vez foi Erza quem falou. -Juvia está cansada de saber que Gray não lhe correspondia os sentimentos.. Se os dois não evoluíram no ano que passaram juntos longe de nós.. Agora é que não ia evoluir.

-Eu sei.. Mas eu não quero mágoa-la.

-Eu sei que não quer Lucy.. Só que você não pode ajudá-la.. O Gray não vai de repente se apaixonar por ela.. Ainda mais se ele está apaixonado por você.

-E oque eu faço, gente? -perguntei me descabelando. Eu realmente não queria machucar ninguém.

-Lucy.. Só viva.. Você não pode parar sua vida por causa da Juvia ou dos rolos que ela teve com Gray. A vida é uma só.

Fui pra casa pensando no que Erza e Mira me disseram, eu me importava com Juvia mais do que ela pudesse imaginar. Só que eu já estava caindo por Gray. Nós dois pulamos nesse abismo e estamos em queda livre rezando pro chão nunca chegar.

O festival de esportes da Fairy Tail acabou mais cedo. O conselho nos mandou parar com o evento após Natsu se empolgar demais e destruir a Catedral de Kardia.

Com isso, passamos a semana distribuindo almoço para os necessitados e fazendo alguns trabalhos comunitários. Nem tive tempo de falar com Gray. Na semana seguinte assim que cheguei a guilda vi meu time inteiro escolhendo uma missão, assim que me viu Gray sorriu de lado, aquele sorriso meio cafajeste que ele tem. Retribui e me aproximei.

-Missão?

-Sim.. Já íamos te chamar. -Erza falou tranquila.

-O idiota de gelo não vai ter você só pra ele Luce! -Natsu comentou sorrindo.

-Do que está falando? -perguntei vermelha

-Ue.. Ele quer ficar com você né? Então.. Eu não vou deixar você ser só dele.

-Oque eu quero com a Lucy é diferente de você idiota. -Gray revirou os olhos

-Aaaaaahhh.. Então mesmo assim vamos a uma missão juntos né?

-Vamos Sim Natsu. -abracei o rosado e olhei Gray, ele estava com um sorriso e um olhar único.

-Aqui.. Essa é perfeita. -Erza nos mostrou.

-Hm.. Temos que invadir um castelo mal assombrado? -perguntei e estremeci. -Olha.. Eu não curto muito fantasmas não...

-Fantasmas não existem Lucy. -Erza riu levemente. -A recompensa é dois milhões de Jewels e... O bolo lendário! -os olhos dela brilharam.

Eu sabia que tinha um motivo pra ela escolher essa.

-Não sei não Erza.. Pra que temos que entrar lá?

-Pra pegar o orbe da princesa. Vamos nesse mesmo!

-Eu não quero ir! Odeio fantasmas!

-Não se preocupa Lucy. -Gray segurou minha cintura. -Eu te protejo. -ele sussurrou no meu ouvido. Estremeci na hora.

Registramos o pedido e preparamos nossas malas, horas depois estávamos na estação vendo Natsu resmungar adormecido após Erza nocautea-lo. Conversamos um pouco sobre a missão, Erza estava com um olhar distante enquanto Wendy e Charles brincavam de cartas com Happy. Gray Estava ao meu lado, olhava pela janela com um sorriso calmo.

-Que expressão é essa? -perguntei curiosa. Ele sorriu mais.

-É que.. Nosso time.. É único né? -ele comentou e eu concordei.

-Sim.. Se um de nós não está.. Não parece a mesma coisa.

-Realmente. -ele passou o braço do redor dos meus ombros. -Então? Tem algo a me dizer?

-Sobre oque? -me fiz de desentendida. Gray arqueou a sobrancelha e eu dei uma risada. -OK.. Estou brincando.

-Heartfilia.. Heartfilia.. -ele levou uma mão ao meu rosto tirando uma mecha de cabelo dali e colocando atrás da minha orelha.

-Primeiro eu queria dizer que você é doido por querer expor seus sentimentos assim. -falei brincando. Ele fez um bico. -E queria dizer que.. Estou pronta pra recebê-los.

-Está? -ele perguntou se aproximando um pouco

-Estou.. -sussurrei fechando os olhos. Aos poucos senti os lábios de Gray tocar os meus levemente.

A sensação era incrivelmente boa, aquele leve roçar despertou em minha inúmeras lembranças dos nossos momentos anteriores. Não havia mais volta. Eu estava completamente apaixonada por ele.

-Nem pensem em ficar de amor na frente de uma criança. -Ouvi Erza reclamar. Abri os olhos e corei. Havia esquecido completamente que estavam todos ali. Gray nem chegou a me beijar, mas Wendy já corava feito louca.

-Desculpa Erza. -falei escondendo o rosto no peitoral de Gray que só deu risada.

Chegamos a cidade do trabalho e me surpreendi. Era uma cidade no alto. E o pior.. Ela ficava ao redor da boca de um vulcão inativo.

-Só podemos ir de trem até aqui. Agora vamos ter que subir andando. -Erza explicou. Suspirei e peguei minha mala, logo começamos a subir.

Natsu começou a tagarelar animado sobre querer explorar a floresta que rodeava o caminho até a cidade do pedido. Happy o acompanhava dizendo sobre os peixes incríveis que poderiam encontrar por ali. Erza e Wendy conversavam sobre a beleza do local enquanto eu andava ao lado de Gray.

-Ouvi dizer que tem umas termas aqui. -o mago de gelo comentou enquanto lia um folheto. -Oque você acha?

-Podemos ir lá mais tarde. -falei animada. Adorava banhos termais.

-O banho é misto. -falou divertido. Fiquei vermelha na hora.

-Eu não vou dividir o banho com você!

-Ah Lucy.. Você já me viu pelado..

-É, mas você nunca me viu sem roupa.. Então...

-O Natsu já viu e já até tocou.. Então.. Acho que eu tenho o direito.

-Gray! -Eu estava mais vermelha ainda. -O Natsu é diferente.. Ele pode ver qualquer mulher pelada, nunca vai pensar nada disso.. Ele é uma criança.

-Então.. -Gray parou de andar e me puxou pela cintura com uma mão, enquanto a outra segurava o saco de viagens em suas costas. -Você acha que sou.. Homem?

-Tenho certeza. -falei olhando-o intensamente. -Além disso.. Depois do nosso beijo e.. Não sei se te veria sem roupa da mesma forma que antes. -confessei bem vermelha.

-Somos adultos Lucy. -ele segurou meu queixo. -Não tenha medo. Sabe que eu nunca machucaria você.

-Eu sei. -me aproximei um pouco. Queria deixar a vergonha de lado e tomar alguma atitude com ele também. -Obrigada Gray.. Por cada sentimento seu.

Gray sorriu e até se aproximou pra me beijar, mas Erza gritou nosso nome e notamos o quão distante eles Já estavam. Corremos e alcançamos nosso grupo logo depois.

Quando chegamos a cidade, notamos o quão linda ela era. Haviam flores silvestres e plantas que nunca ouvimos falar. Os animais andavam entre as pessoas e eu senti o calor gostoso que havia ali.

-Aaah! Fairy Tail! -Um homem gordinho e baixo se aproximou. Usava uma coroa de madeira e sorriu alegremente para nós.

-Senhor Porpikins. -Erza se curvou levemente, acabamos fazendo o mesmo.

-Vocês vieram rápido! Eu amo essa guilda! -ele riu gostosamente. -Não vou tomar muito o tempo de vocês. Venham comigo.

Seguimos o senhor Porpikins por toda a pequena cidade e entramos em uma casa enorme que lembrava um castelo. Lá, alguns criados nos serviu uvas que eram quase cem vezes maior do que as uvas comuns, Natsu enfiou uma inteira na boca enquanto Gray e eu tentávamos a todo custo comer uma que pesava muito.

-Eu chamei uma guilda aqui porque estou com um problema com o espírito do fogo. -Senhor Porpikins começou a explicar. -Nossos antepassados encontraram esse vulcão há milhares de anos. Estavam sem ter onde morar entende? E quando se aproximaram encontraram o espírito do fogo.

-Espírito do fogo?

-Sim.. É uma divindade do elemento. Ela se muda constantemente, mas gostou tanto do nosso povo que vive no vulcão.. Um pouco abaixo da cidade. Ela não gosta de conversar ou ter humanos perto, mas se sente muito bem em saber que há pessoas ao seu redor. Como sabem, nem sempre o fogo é bem visto.

-Realmente. -Gray comentou. -Fogo está ligado a destruição e perigo..

-Exatamente. Só que a divindade está morrendo. Alguns mercenários roubaram a fonte de vida dela. O orbe da princesa. E se não recuperar.. Ela irá morrer e as chamas vão consumir o mundo até se extinguir. Totalmente sem controle.

Arregalamos os olhos diante de tal afirmação. Realmente se a divindade que controla o fogo deixar de controlá-lo.. Bem.. Seria algo terrivelmente ruim. E não poderíamos deixar isso acontecer.

-Então o orbe está na mansão que o senhor mostrou na foto? -Erza perguntou. -A mansão mal assombrada.

-Sim.. Nenhum de nós se atreve a entrar lá.. O seu pior pesadelo está lá dentro. Só esperando que você vá até ele.

-Erza.. Eu não gostei disso não. -resmunguei tremendo.

-Que ótimo. -ela sorriu. -Porque é pra lá que vamos!

Continua... 


Notas Finais


Heeey.. Então vamos rapidamente falar sobre quando vão ser postados os capítulos.
Stincy (Everthing Has Changed) : As segundas feiras
RuLu (How to Love) : As Terças Feiras
Lucy e seus shipps editada e com uma surpresa pra vocês: As quartas feiras
LaLu (Quem diria..?) : As Quintas Feiras
GrayLu (Namoro escondido) : As sextas feiras.

Enfim.. Oque vocês acharam? Espero que tenham gostado desse capítulo..
Vamos ter muito GrayLu e uma surpresa divertida e fofa pra vocês durante essa missão..
Alguém tem alguma ideia? Se sim. Deixa no comentário.
Tô muito feliz por ter voltado!
Beijos e até o próximo Capitulo ❤️


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...