História Namoro Escondido! - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fairy Tail
Personagens Alzack, Aquarius, Aries, Bickslow, Bisca Connell, Cana Alberona, Câncer, Capricórnio, Carla (Charle), Chelia Blendy, Crux (Kurukkusu), Elfman Strauss, Erik (Cobra), Erza Scarlet, Eve Tearm, Evergreen, Flare Corona, Freed Justine, Frosch, Gajeel Redfox, Gemini, Gildartz, Gray Fullbuster, Happy, Horologium, Jellal Fernandes, Jude Heartfilia, Juvia Lockser, Laxus Dreyar, Lector, Leon, Levy McGarden, Libra, Lisanna Strauss, Loki, Lucy Heartfilia, Lyon Vastia, Lyra, Macao Conbolt, Makarov Dreyar, Mavis Vermilion, Meredy, Metalicana, Mirajane Strauss, Mystogan, Natsu Dragneel, Nikora "Plue", Personagens Originais, Rogue Cheney, Romeo Conbolt, Rufus Lore, Scorpio, Silver Fullbuster, Sting Eucliffe, Taurus, Ultear Milkovich, Ur, Wendy Marvell, Yukino Aguria
Tags Fairy Tail, Gray Fullbuster, Graylu, Lucy Heartfilia
Visualizações 363
Palavras 1.560
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, FemmeSlash, Ficção, Hentai, Luta, Magia, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Self Inserction, Sexo, Spoilers, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Oeeee.. Estão prontos? Psicologicamente também? Espero que sim..

Boa leitura 📖

Capítulo 7 - Seu idiota!


Lucy Pov's on:

Chegamos correndo onde ouvimos Juvia gritar, Erza estava lutando com uma criatura enorme que se assemelhava muito a um ciclope. O olho enorme é vermelho atirava laser. Natsu estava ao redor atacando quando achavam uma brecha e logo vi porque Juvia gritara. Uma criatura que parecia um leão com asas a levava para longe.

-Juvia! -gritei e decidi que precisava tirá-la daquele monstro que estava sequestrando-a. -Star Dress: Sagitarius Form! -Senti a magia me envolver e o minhas roupas mudar, assim como os meus cabelos. A forma de sagitário consiste em um revestimento de calda dupla e mangas que deixam os ombros e parte superior das costas nuas. Um par de botas coxa-alta escuras com detalhes dourados no topo, que dividiu acima dos joelhos para revelar a frente das coxas. O cabelo é denominado em um rabo de cavalo típico com duas mechas soltas para enquadrar o rosto. Meu símbolo de sagitário fica no meu ombro direito. Segurei firme meu arco e vi Gray suspirar. Fiquei vermelha por alguns segundos, ele ainda não está a acostumado com os meus Star Dresses.

-Você Fica linda quando usa essa magia. -falou sincero. -Consegue acertá-lo?

-Consigo.. Mas você precisa pegá-la. -falei e preparei meu arco. -Star Shot! -disparei inúmeras flechas na direção do monstro, elas acertaram o estômago e ao entrar em contato elas explodiram. Aquela criatura rugiu e largou Juvia, Gray rapidamente criou uma mão de gelo que a trouxe na nossa direção. -Ela está bem? -perguntei ao ver a mesma inconsciente.

-Está sim.. Deve ter levado apenas uma pancada.

Olhamos na direção de Erza e Natsu, apesar da força sobre-humana da ruiva, eles não estavam indo bem, o laser que saia do olho do ciclope Petrificava, então quase todas as espadas da Erza já estavam em formato de pedra.

-Esse maldito! -ela falou irritada, usava a armadura do samurai, com os seios cobertos pela faixa e uma calça vermelha com chamas.

-Vamos ajudá-la! -falei e olhei para trás. Juvia havia acordado e estava beijando Gray. -O.. Que? -Vi Gray afastá-la muito surpreso. Senti meu mundo aos poucos mudar a cor, por mais que Gray e eu não estivéssemos juntos há muito tempo aquilo doeu pra valer.

-Lucy.. Eu.. -ele tentou falar, eu não conseguia ouvi-lo.

-Gray! -Ouvi Erza gritar. -Cuidado!

O laser do ciclope vinha na direção dos dois, eu os empurrei e saltei para longe antes que ele me acertasse. Preparei minha flecha e disparei. Três tiros certeiros que atingiram o ciclope no olho. Fiz por impulso e todos me encaravam surpresos, quando o monstro caiu morto Erza se aproximou assombrada. Meu rosto estava pálido e aos poucos eu abaixei o arco de Sagitário. Minhas mãos tremendo devido a cena que eu havia visto.

-Lucy.. Isso foi.. Foi demais. -Ela falou e sorriu. Eu a olhei. -Ei.. Oque foi?

-Não.. Não é nada.. Eu só.. -Senti meus olhos arder. Não poderia chorar. Não ali na frente deles, iriam exigir muita explicação que eu não poderia dar. -Vou voltar para a casa do prefeito. Usei muita magia. -falei e saí andando. Senti o olhar de Gray, era preocupado e desesperado, ele sabia que eu não havia usado quase nada da minha magia, mas não poderia vir falar comigo sem levantar suspeitas.

Assim que cheguei a sala do prefeito, vi uma empregada, corri até a mesma.

-Por favor.. Você pode me dizer onde fica o meu quarto? -perguntei com lágrimas nos olhos. Ela pareceu preocupada.

-É claro. Suas coisas foram levadas para lá. Me acompanhe. -subimos as escadas e as lágrimas já escorriam. Quando entrei no quarto só me joguei na cama. Senti o peito arder e levei um braço ao meu rosto tentando conter as lágrimas.

Gray Pov's on:

Quando Lucy e eu chegamos ao local onde estava o resto do time, vimos as criaturas. Juvia estava sendo sequestrada e isso não iríamos deixar nunca. Tanto que Lucy ativou o Star Dress de Sagitário e a salvou. Eu não podia deixar de me admirar com a força e a magia de Lucy. Era bela e encantadora. Enquanto observavamos a luta de Erza e Natsu contra o ciclope gigante, Juvia acordou nos meus braços. Ela olhou nos meus olhos com uma expressão frágil, deve ter sido difícil parar ela, seus olhos se encheram de lágrimas e ela me abraçou.

-Gray-sama. -sussurrou no meu ouvido. -Gray-sama salvou Juvia.. De novo.. Gray-sama sempre salva Juvia.. -ela se afastou um pouco me olhando, seu rosto estava muito próximo.

-Você está bem?

-Juvia é fraca.. Foi sequestrada enquanto procurava Gray-sama. Por favor.. Desculpa a Juvia.

-Você não é fraca Juvia.. Não diga besteiras.

-O monstro causava ilusões enquanto tocava Juvia. Juvia viu Gray-sama morrer de formas horríveis. Juvia ficou com tanto medo.

-Eu estou bem Juvia.. Não vai acontecer nada comigo. Estou aqui.. Não estou? -falei calmo, apesar de Juvia ser completamente maluca, eu não poderia deixar de me preocupar. Tínhamos uma ligação forte. Não o bastante para um relacionamento, até porque ela me assustava na maior parte do tempo.

-Gray-sama.. -eu não pude prever. Em um segundo Juvia havia se inclinado e selado os lábios nos meus. E o pior. Eu ouvi a voz de Lucy.

-Vamos Ajudá-la! -então seu tom abaixou muito. -O.. Que? -falou baixa e incerta. Afastei Juvia na hora, meus olhos se encontraram com os da loira, eu estava assustado e quando vi o olhar de decepção dela, meu mundo perdeu a cor.

-Lucy.. Eu.. -tentei falar, mas não sabia o que dizer com Juvia ali e a loira parecia não me ouvir, os olhos brilhantes ficaram opacos.

-Gray cuidado! -Ouvi o grito de Erza, um laser vermelho vinha na nossa direção, eu não conseguiria desviar com Juvia no colo, me preparei para tentar usar alguma magia, mas Lucy ainda com o rosto sem expressão e os olhos opacos nos empurrou, achei que a mesma ficaria na mira do Laser, mas ela desviou rápido atirando três flechas no monstro. Atingiu em cheio o olho daquela coisa, que caiu morto no chão.

-Lucy.. Isso foi.. Demais. -Erza parabenizou, a loira abaixou o arco e levantou a cabeça, as mãos tremiam, seu rosto não tinha cor. -Ei.. Oque foi?

-Não é nada.. Eu só.. -a voz dela tremia vi que seus olhos se encheram de lágrimas. -Vou voltar para a casa do prefeito. Usei muita magia. -ela saiu andando, meu peito doía de culpa, eu fiquei olhando-a ir, Sabia que era mentira, seu Star Dress no consumia tanta magia assim, ela sempre fugia quando algo a machucava.

-Gray.. Você está bem? -Erza perguntou notando que eu estava com uma expressão de culpa.

-Estou. -levantei deixando Juvia cair no chão. -Nunca mais faça algo assim Juvia. -mandei sério. -Se não pode respeitar meus sentimentos.. Como quer que eu respeite os seus? -a encarei intensamente. -Se insistir em algo que não dá certo.. Vou começar a odiá-la. -falei friamente, logo sai andando com as mãos no bolso. Ao ficar longe da vista dos meus amigos corri para o portal que nos levava casa do prefeito. Assim que passei cheguei ofegante a sala. Vi algumas empregadas limpar os móveis. -Licença.. Vocês viram a jovem loira que veio conosco?

-Ah sim.. Ela.. -uma emprega olhou o chão triste. -Estava prestes a chorar. Está no quarto agora. -ela me levou até o segundo andar. O quarto de Lucy era o último. Agradeci e encostei na porta.

-Lucy? -chamei fechando os olhos. Não tinha ideia de como podíamos nos entender. Nosso fracionado) relacionamento era recente e frágil demais.

-Vá embora Gray. -ouvi sua voz pedir, estava vacilante. Eu soube que ela estava chorando.

-Não.. Eu quero falar com você.

-Saia. -Ela mandou novamente, cerrei os punhos e entrei sem bater. Lucy estava jogada na cama ainda usando as botas e roupas que usava normalmente. O braço sobre o rosto e finas lágrimas escorrendo.

-Lucy.. -me aproximei sentando ao seu lado na cama. Vê-la daquela forma acabou comigo mais um pouco. -Lucy deixa eu explicar.

-Gray.. Sai daqui. -ela pediu mais uma vez, tirei seu braço do rosto e vi sua expressão de choro. Não aguentei e a puxei para mim, seu rosto ficou na curva do meu pescoço deixando as lágrimas sair, seus ombros sacudiam levemente enquanto ela soluçava.

-Me perdoa Lucy. Eu não quis Beijá-la realmente. -apertei sua cintura contra meu corpo, estávamos tão perto, mas definitivamente longe.

-Dói muito Gray.. Dói muito ver.. Tudo que ela faz com você. Não só ela.. Qualquer garota.

-Eu sei.. Eu sei disso.. Me desculpa.. Vou dar um jeito.

Ficamos naquela forma por vários minutos até ela se acalmar. Finalmente nos separamos. Sequei o restante de suas lágrimas.

-Desculpa por isso. -ela falou envergonhada.

-Não se desculpe. Eu que peço desculpas por você ter que passar por isso. -falei beijando sua mão. Ouvimos vozes no corredor, ao que parecia era Erza, estava procurando por nós, imediatamente ativei meu modo demon Slayer. -Oque está fazendo? -ela perguntou surpresa.

-Ah.. Senti o cheiro da Luce e do Gray! Estão aqui. -ouvimos Natsu falar do lado de fora.

-Ninguém vai interromper agora. -respondi e levantei a mão, uma parede de gelo congelou a porta.

-Gray?! -Lucy falou surpresa, mas logo sorriu. -Como vamos explicar isso?

-Depois damos um jeito. -deitei e a puxei para o meu peito. -Preciso compensar minha namorada por ter chorado.

-Você é um idiota. -ela reclamou.

-Seu idiota...

Continua... 


Notas Finais


Então.. Esse capítulo é um pouco pra mostrar como é quando você namora escondido. Imagina o quão doloroso não foi pra Lucy?
Oque acharam? Espero que tenham gostado.. Beijos e até o próximo Capitulo ❤️


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...