História Namseok is Real - Capítulo 10


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts, Hopemoon, Namseok, Yaoi
Exibições 61
Palavras 1.285
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Ecchi, Lemon, Misticismo, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Terror e Horror, Violência, Yaoi
Avisos: Adultério, Álcool, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


O MAI GODI !!
40 FAVORITOS.
EU NÃO TÔ BEM.
Bom...nas notas finais eu falo as coisa tudo...
Perdoem os erros, escrevo pelo celular.

♧ Boa Leitura ♧

Capítulo 10 - 10


Fanfic / Fanfiction Namseok is Real - Capítulo 10 - 10

         No capítulo anterior...


- HOOOOBIII - Ele grita do banheiro.


- O que ? -
 
- Esqueci a toalha, pega pra mim ? -

- Taaa -


Abri o armário e peguei uma.


- Tá aqui - digo atrás da porta.

- Pode entrar -


E eu entrei.


                   Atualmente 

              

              ~ Visão Hoseok ~


Assim que entrei vi que ele estava no box tomando banho, dava pra ver a silhueta do corpo dele através da porta meio transparente do box.


Deixo a toalha em cima da pia e o vejo abrir a porta do box.
Sinto meu rosto queimar assim que tenho a visão de seu corpo.


- Obrigado, Oppa - Ele diz, abaixa o olhar, e depois me olha surpreso.


- D-de nada... - tô perdido nas palavras.

- H-hobie... você tá... - Ele diz se aproximando.

- Oi? Quê? - olho pra baixo e vejo que estou duro. - Aiish !! que droga, Hoseok! - Falo comigo mesmo e ouço Nam rir inasalado.

- Você tá a-assim por m-minha causa, Hyung ? - Ele diz e vejo seu rosto ficar vermelho.

- C-claro que não !! É... é o frio... tá muito frio n-né ? - o que diabos eu tava falando? Que frio ?



-Não tá não...- Ele pegou em minha cintura e me empurrou até a parede, me apertando contra ela, e seu corpo estava contra o meu. - Deixa eu te ajudar com isso...-


Sentir seu membro totalmente visível contra o meu coberto pelas roupas é muito bom... mas seria melhor se estivesse sem nenhum pano nos impedindo.

- H-heey, Namjooniee - Falo depois que sinto sua mão agarrar o volume em minha bermuda, apertando-o e massageando-o. 

Ele não tira os olhos do meu rosto.
E então, ele me beija, logo pedindo passagem, não hesitei em permitir.

Um beijo que me passou uma série de sentimentos vindos dele.
Um beijo necessitado, mas, calmo.

Nem quando o ar se fez ausente ele quis parar, fui eu que virei o rosto em busca de fôlego.

Sinto seu membro já ereto contra o meu.




- Hum... Namiie... P-para...- peço.

- Não - seu tom de voz é firme.



Ele abaixa minha bermuda e tira minha camisa.
Agora estamos iguais, e ele volta e colar seu corpo no meu.
E parte pra outro beijo mais agitado enquanto esfrega nossos corpos um contra o outro.


- Aanw...N-naam...Ah - Só consegui gemer entre o beijo.



Ele pega nossos membros e começa a masturbá-los juntos, causando uma fricção maravilhosa.

Podia ficar ouvindo pra sempre os gemidos dele em meu ouvido, eu mal conseguia ficar em pé.
Ele para oque estava fazendo e fica de joelhos na minha frente.
Olhando nos meus olhos enquanto batia com meu pau na sua bochecha, com o sorriso sacana que só ele tem, me deixando mais excitado.

Ele abocanhou meu testículos e começou a chupa-los, colocando-os na boca e brincando com a língua.

Até que ele finalmente tocou seus lábios em meu membro, sugando o pouco de pré gozo que tinha na glande.
E logo foi colocando todo na boca devagar.
Senti quando toquei em sua garganta, quente e molhada.
Ele começou a movimentar-se em um vai e vem devagar, torturante...

-

-Nam...V-vai mais rá-pido...-pedi.


Ele aumenta os movimentos, me chupando como se fosse um pirulito.

 - ah - Estava maravilhoso...

Olhava em meus olhos sem parar os movimentos.

Minhas pernas estavam bambas e eu só conseguia gemer.

 
- Mooniie...- gemi arrastado- E-eu não tô conseguindo f-ficar em pé... - disse puxando seus cabelos com um pouco de força.

- Hum... - Ele tentou dizer algo, mas parece que esqueceu que estava com algo na boca... ele tirou meu membro de seus lábios. - Entendo... sente-se -

- A-aonde ? - Perguntei envergonhado.

- Er...alí... - Falou apontando pro vaso sanitário.


Fui até o mesmo e já estava com a tampa abaixada então só me sentei e Nam veio até mim.

Ainda de joelhos, ficou entre minhas pernas e as deixou bem abertas, voltou a passar a língua no meu membro, e depois abocanhou de uma vez e voltou com os movimentos que agora estavam mais rápidos.

Os sons eróticos que ele fazia quando chupava minha glande me deixavam mais excitado.
Seus dedos foram para meus mamilos, brincando com eles, apertando-os.
E logo depois vi que seus dedos foram de encontro com meus testículos, massageando-os, eu só sabia gemer alto e apoiar as costas na parede.


Depois de um tempo com os olhos fechados, decidir olhar para Nam, suas bochechas estavam totalmente coradas, como pimenta, mas mesmo assim lutava contra a vergonha e olhava nos meus olhos.

Ele então tira meu membro de sua boca e começa a me masturbar olhando para mim, mordendo o lábio.

Percebo que com a outra mão ele está se tocando também... no mesmo ritmo...


- N-naamw... - tentei chamá-lo normalmente mas falhei. - Q-quero 'ajudar você t-também...- digo me sentando no chão.


Ele me olha surpreso.

Então ele pega minha mão e a leva até seu membro.
Pego em seu membro e faço um tipo de carinho, nem eu mesmo entendi, acho que estou fazendo certo, ele está ofegante apenas com isso, meu ego aumentou bastante.

Começo a masturbá-lo enquanto ele faz o mesmo comigo.

•Dois 'amigos gemendo loucamente em um banheiro.•


--Ahh... H-hobiii..eu..ah...eu vou... - Ele disse com dificuldade e entre gemidos.


Sinto seu membro pulsar e ele geme mais alto, e logo após, sinto um líquido quente em minha mão.

• Ele gozou... meu deus, eu fiz meu melhor amigo gozar !! O que raios está acontecendo ?•

Isso passa rápido em minha mente, logo sinto um formigamento em meu corpo. Ele estava com a boca aberta perto do meu membro esperando que eu gozasse... não pode ser...


Entrei em meu orgasmo e Nam engoliu tudo... ah que cena linda... mas ficou sujo no canto de sua boca, então o puxei para um beijo, sentindo meu próprio gosto, nossas línguas brigavam por território, mas no final, não haveria vencedora.

Paramos pelo maldito ar.

Ficamos ali parados tentando recuperar o fôlego.


- Porra, Hope - Ele diz olhando pro meu corpo. - Você é muito gostoso - Ele diz passando a mão em minha coxa.

•Aaaaaa que vergonha•

- O-obrigado, você também é muito atraente... - digo tímido. Que caralhos estou falando ?


Seus olhos são cheios de luxúria e desejo e outras coisas, que tornaram a cor dos mesmos mais escuros que o normal, eram castanhos claros e agora estão meio negros, isso me surpreendeu.


- N-namjoon, temos que d-dormir, amanhã temos aula. - digo ao sentir a proximidade, e sua boca em meu pescoço.

- V-você quer mesmo parar ? - Ele morde e deixa marcas em meu pescoço, arfo.

• Não, eu não quero parar. •

- S-sim...precisamos acordar cedo - digo me levantando e pegando minha roupa.

- Não olhe !! - digo envergonho por ele estar olhando eu vestir a roupa.


Ouço ele resmungar algo baixo e ir para o box.


- Hey, você não vem tomar banho ? -


Lembrei que depois disso, preciso de um banho mesmo.


- Vou... mas não tente nada, pervertido...- digo tentando me fazer de difícil.


Ele ri e logo vejo sua covinhas, meu ponto fraco, socorro.

Entrei no box e tomamos banho juntos, não rolou nada, além de uns beijos...

Quando saímos, nos vestimos e fomos dormir.
Deixei que dormissemos de "conchinha", por que fazia tempo que tinha alguém comigo assim, estava fazendo falta esse tipo de coisa, se é que me entendem.


Eu e Namjoon, no escuro do meu quarto, abraçados na minha cama, onde só podia-se ouvir as nossas respirações e suspiros.

Dormi com Nam fazendo carinho em minha coxa com a ponta dos dedos...


Notas Finais


AI MEU KAMI SAMA, SEGUREM AS PEDRAS !!

Muito obrigado mesmo !! Eu estou tão feliz por ter chegado á 40 favoritos !!
Significa que tem gente que gosta de ler oque eu escrevo.
Eu estava vendo histórias no spirit, e pensando que quando chegasse em 40 fav. eu publicaria esse Hot, e recebi notificação do quadragésimo fav. e tipo Puta que pariu manouuu 40 seres humanos!!

Antes de mais nada queria dizer : Essa é minha primeira Fanfic.
E esse é o primeiro momento quase lemon que eu publico. (Pq vamo combinar né, já escrevi um monte de lemon só que nunca publiquei e apaguei tudo! ( muito burra) tava no celular antigo.)
Por isso, se tiver meio merda, é minha primeira fic, ok ? :)

Pfvr, se vc gostou comente algo... incentiva pakaraio ♡

E eu fui ✌💙


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...