História Nanatsu No Taizai: A História Jamais Revelada - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias The Seven Deadly Sins (Nanatsu no Taizai)
Personagens Alioni, Ban, Cain, Diane, Dreyfus, Elaine, Elizabeth Liones, Ellen, Escanor, Gilthunder, Gowther, Griamor, Guila, Hauser, Hawk, Helbram, Hendriksen, Jericho, King, Liz, Margaret, Mead, Meliodas, Merlin, Oslo, Veronica, Zaratras
Tags Ban, Elizabeth, Meliodas, Nanatsu No Taizai
Exibições 182
Palavras 339
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Lemon, Luta, Magia, Mistério, Shoujo (Romântico), Sobrenatural
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Spoilers, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oii gente, desculpem-me se ficou terrível... esta é minha primeira Fic de anime, então espero que gostem... 😄😙😔

Capítulo 1 - A Proposta


   Tudo começara em um pequeno reino um tanto peculiar, seu nome era Liones. Este reino pessuia três lindas princesas, um rei que possuia estranhos poderes e uma rainha, que no momento encontrava-se doente. Nada podia ser feito a respeito da doença da mesma, especialistas perderam seus empregos por não conseguirem identificar a tal doença, o rei se encontrava em péssimo estado, sem conseguir cuidar do reino, e muito menos de suas filhas, que sabiam da situação crítica de sua mãe.
   As três se encontravam no quarto da mais nova, tentando procurar uma solução para sua mãe, mas não conseguiam encontrar uma saída.
   -Elizabeth, não adianta! -Margaret desabafa em tom de lamento.
   -Vamos desistir! - Varonica propõe entediada sobre a cama.
   -Não podemos Veronica! É a nossa mãe! -Elizabeth fala com lágrimas em seus olhos.
   De repente ouve-se o som dos portões abrindo, oque não se ouvia a meses, mais precisamente desde que sua mãe ficara adoecida. Papai nunca maid ousara aceitar quaisquer visita, ele passava o dia ao lado da cama de mamãe, ousaria dizer que ficara dias sem comer, esperando que a mesma acordasse, oque nunca aconteceu.
   Corremos ao encontro dos portões, mas o mesmo ja havia ido embora quando chegamos, mas ele havia deixado um bilhete, direcionado a Elizabeth. Todos os olhares voltaram-se a mesma, que correu até o porteiro para pegar tal bilhete. Ela o abriu lentamente, com medo doque poderia ali estar.
   Rapidamente os olhos de Elizabeth encheram-se de lágrimas, esperança e ódio brotaram em seu peito, mas ela faria de tudo para salvar sua mãe.
   -Aqui diz que... Se eu aceitar casar-me com Lorde Hendriksen, ele dirá onde podemos encontar a cura. -Elizabeth fala alto o suficiente para que todos ali pudessem ouvir.
   A notícia parecia agradar a todos, ja que o sonho de toda mulher era ter a honra de casar-se com o Lorde, mas para mim, era a última coisa que ela desejava para si mesma, mas ela estava disposta a salvar sua mãe, mesmo que isso significa-se desistir de seus sonhos.


Notas Finais


Continuo? 😔


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...