História Nanatsu No Taizai: A História Jamais Revelada - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias The Seven Deadly Sins (Nanatsu no Taizai)
Personagens Alioni, Ban, Cain, Diane, Dreyfus, Elaine, Elizabeth Liones, Ellen, Escanor, Gilthunder, Gowther, Griamor, Guila, Hauser, Hawk, Helbram, Hendriksen, Jericho, King, Liz, Margaret, Mead, Meliodas, Merlin, Oslo, Veronica, Zaratras
Tags Ban, Elizabeth, Meliodas, Nanatsu No Taizai
Exibições 91
Palavras 299
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Lemon, Luta, Magia, Mistério, Shoujo (Romântico), Sobrenatural
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Spoilers, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Mais um, eeeeeh 😄

Capítulo 7 - A Decisão


Fanfic / Fanfiction Nanatsu No Taizai: A História Jamais Revelada - Capítulo 7 - A Decisão

   -Vamos você consegue! -Meliodas exclama animado.
   -Eu não sei não... -Falo insegura, observando todos a minha volta.
   -Vamos! Eu tenho certeza que se sairá bem!
   Depois de tais palavras, pego a bandeja e vou até os demais, primeiro fui ate a mesa que contia apenas uma mulher, ela pedira um copo com cerveja, atendendo seu pedido corri até o balcão e a servi.
   Eu estava indo bem, até por um momento, que havia uma mesa que contia uma garota e seu pai.
   -Filha a mamãe... nunca mais vai voltar... -O pai exclama se tomando outro gole de cerveja, com lágrimas em seus olhos.
   A garota não responde nada, porém, no mesmo instante começa a chorar. Neste momento eu larguei a bandeja no chão, e corri o mais rápido que consegui para fora de lá.
   Meliodas presenciou a cena, oque o levou a correr atrás da mesma, porém, mantendo uma distância que ela não o poderia ver, assim, ele poderia ver e ouvir oque passava na cabeça dela.
   -Mamãe... -Digo sem a conseguir minhas lágrimas.
   De repente sou surpreendida por um abraço de Meliodas, no começo êxito, porém, retribuo o Abraço, lembrando-me que também estava sofrendo.
   -Não precisa fazer isso se não quiser. -Ele fala em seu tom alegre de sempre.
   -Eu preciso. -Falo, novamente sem conter as lágrimas.
   Meliodas se aproxima de meu rosto, limpando as lágrimas que desciam.
   -Você não pode chorar. Isso faz aparentar que você é fraca. Mas eu sei que você pode ser forte, se quiser. -Fora tudo oque ele dissera.
   Ele se levanta voltando ao bar, deixando-me em meus pensamentos. Ele estava certo. Eu não posso chorar, preciso ser forte, não posso deixar nada me deter.
   -Obrigado... -Sussuro.


Notas Finais


Hoje tem maais 😂😄


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...