História Nanatsu No Taizai: A História Jamais Revelada - Capítulo 9


Escrita por: ~

Postado
Categorias The Seven Deadly Sins (Nanatsu no Taizai)
Personagens Alioni, Ban, Cain, Diane, Dreyfus, Elaine, Elizabeth Liones, Ellen, Escanor, Gilthunder, Gowther, Griamor, Guila, Hauser, Hawk, Helbram, Hendriksen, Jericho, King, Liz, Margaret, Mead, Meliodas, Merlin, Oslo, Veronica, Zaratras
Tags Ban, Elizabeth, Meliodas, Nanatsu No Taizai
Exibições 134
Palavras 483
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Lemon, Luta, Magia, Mistério, Shoujo (Romântico), Sobrenatural
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Spoilers, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 9 - O Beijo


Fanfic / Fanfiction Nanatsu No Taizai: A História Jamais Revelada - Capítulo 9 - O Beijo

   Estávamos de frente para uma descendente da raça dos gigantes, a mesma não havia notado nossa presença, mas sim a de Cavaleiros Sagrados, que bloqueavam seu caminho.
   -Saiam na frente e deixem me passar! -Ela pede.
   -Sem chance! Não deixaremos um monstro entrar na Vila!
   -Não chame uma dama de monstro seu idiota! -A garota grita com ódio.
   -Dama? Você deveria comprar um espelho que não quebrasse moça! -Um dos homens grita, fazendo os demais o acompanharem.
   A mesma grita com ódio, mas no mesmo instante, Meliodas aparece a frente dos cavaleiros sagrados, desferindo vários golpes, os mesmo correm o mais rápido possivel, aparentando estarem com medo do menor.
   A garota apenas observa a cena, com seu cabelo castanho tampando metade de sua face.
   -Você está bem? -O mesmo pergunta limpando sua roupa.
   -S-sim... -Ela apenas responde tímida.
   -Meliodas-sama! Isso foi perigoso! -Elizabeth grita se aproximando.
   A gigante apenas desferiu um olhar mortal a mesma, quando ela se aproximou abraçando o menor, que retribuiu o Abraço com seu sorriso de canto.
   -Bom, vamos indo Elizabeth.
   -Espere! -A gigante grita. -P-para onde vocês estão indo?
   -Para a Floresta Oculta Das Fadas. -Elizabeth fala animada.
   -Então está decidido, eu irei com vocês. -Ela fala fechando seu pulso, torcendo para que  os demais não a rejeitassem.
   -Eu não sei si... -Meliodas começa, porém, é interrompido por Elizabeth.
   -É uma ótima idéia! -Ela fala sorrindo para a grande garota, que fixara seu olhar no pequeno.
   -Meu nome é Diane.

   Já haviam se passado dias des da vinda de Diane, ela havia sido de grande ajuda para eles, ja que a mesma possuia grande ligação com a natureza, e assim conseguia criar pequenos servos, que agora substituiam Elizabeth em seu trabalho. Ela, obviamente, não havia se agradado com a idéia, já que era a única forma dela ajudar, porém, Meliodas havia a convencido, que ela nao deveria se esforçar tanto, e que deveria apenas o ajudar com pequenas tarefas.
   Diane, continuava de olho no garoto, nunca o perdendo de vista e sempre que o mesmo se aproximava de Elizabeth, ela arrumava alguma desculpa para afasta-los, pois, a mesma ja havia decidido que aquele seria seu.

   -Vamos Elizabeth! -Meliodas diz a puxando para o quarto.
   -Não estou com sono Meliodas-sama.
   Os dois se deitam na cama, mad de repente são surpreendidos por Hawk, que estava acompanhado de uma corda, que usara para amarrar o garoto.
   -Pronto Elizabeth! -Ele exclamara antes de sair do quarto.
   Observei Meliodas amarrado sobre a cama, sustentei o riso por alguns segundos, ate que levei minhas mãos aos pequenos nós, desatando-os, e libertando o garoto.
   Ele apenas sorriu de canto, virando-se para o lado, permitindo que eu me deitasse ao seu lado.
   Rapidamente adormeci. Quando Meliodas percebeu, ele se virou, encarando-me com carinho, ele se aproximou de meu rosto, depositando um leve beijo em meus lábios e uma pequena palavra, que podia mudar tudo:
   -Liz...



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...