História Nanatsu no Taizai- Amor e Ira - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias The Seven Deadly Sins (Nanatsu no Taizai)
Personagens Alioni, Ban, Cenette, Diane, Elaine, Elizabeth Liones, Escanor, Gilthunder, Gowther, Griamor, Hawk, King, King Liones, Margaret, Meliodas, Merlin, Personagens Originais, Veronica, Zaratras
Tags Nanatsu No Taizai
Visualizações 55
Palavras 1.112
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Luta, Magia, Shoujo (Romântico), Shounen, Violência
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Espero que gostem❤boa leitura❤

Capítulo 5 - Até onde é capaz de ir Ikari?


Fanfic / Fanfiction Nanatsu no Taizai- Amor e Ira - Capítulo 5 - Até onde é capaz de ir Ikari?

Após aquela lutinha chata, pego Ikari que estava desmaiada e saio dali 

No caminho de volta para o Bar me encontro com o Capitão 

-Ban está tudo bem? Oque houve?- murmura o capitão preocupado .

-Relaxa, capitão! esta tudo bem Já resolvi o problema na aldeia, e quanto a Ikari, ela apenas exagerou um pouco na luta - falo com ela em meus braços ,estavam apenas King, Gowther e o capitão -vamos voltar -falo sério e eles começam a regressar de volta comigo 

               ***********✖**********

Após chegarmos, Elizabeth e Diane  cuidaram dos ferimentos e do olho de Ikari, e a colocam no quarto para ela descansar, depois de um tempo eu vou até o quarto dela e começa a encara-la, deitada na cama com um pano molhado em sua testa e com seu olho direito tampado com um pano 

-Até onde você pretende chegar, Ikari? -falo para mim mesmo olhando para ela e pensativo 

-Ban- surge o capitão na porta do quarto 

*Olho para ele* - Capitão.... -falo e volto a olhar Ikari, ele entra no quarto olhando pro mesmo 

-Ela não vai desistir tão fácil capitão! eu deixei isso acontecer. achei que ela fosse se render, olhei a adversária bater nela, eu queria ver até onde Ikari é capaz de ir, por mais que Ikari estava machucada e esgotada, ela não desistiu!  até que resolvi ir até la e acabar com tudo de uma vez .

- Ela apenas quer encontrar o irmão, ela não vai desistir! ela é forte Ban..... mas ela não sabe, ela é forte de mente e coração, para ela não importa ter magias ou ser a mais forte entre todos, ela apenas usa Oque ela consegui, a morte para ela não é obstáculo,  entenda isso Ban. ...-fala ele encarando ela 

-estou começando a ver isso nela-falo dando um sorriso 

- ela vai procurar pelo irmão não importa Oque aconteça, ela vai procurar até seu último suspiro -fala o capitão 

-é, eu sei- murmuro e fico sério 

-Bom.....vou indo, tenho uns compromissos, olhe o Bar OK -fala Meliodas indo até a porta 

-Ué, todos vão sair?  

- Eu,Diane ,king e Elizabeth vamos para a cidade comprar umas coisas para o Bar, e Merlin e Gowther saíram para achar o resto dos ingredientes da "poção"  que eles tão fazendo, portanto fique aqui e olhe Ikari e o Bar 

-OK capitão- após isso ele sai do meu campo de visão 

Depois de um tempo, me sento na cadeira que estava ao lado da cama de Ikari e acabo ficando sonolento e cochilo 

Pvs Ikari 

Acordo com uma dor de cabeça forte com a visão ainda um pouco embaçada começo a me levantar  devagar, meu corpo está dolorido e noto que eu estava com curativos no rosto e em outras partes do meu corpo,não deixei de notar também  que tinha algo cobrindo meu olho Direito como se fosse um tapa olho, me sento na cama ainda um pouco sonolenta 

Quando percebo o Ban do meu lado com a cabeça escorada na ponta da cama e sentado na cadeira ele estava dormindo, até babava

-B-Ban. ......-cutuco ele 

Seu cabelo batia em seu rosto, eu tiro o cabelo da frente da sua cara para poder ver seu rosto Quando de repente venho-me a cena dele se virando para mim e falando 

"deixa comigo agora Ikari "

Sinto um fulgor nas minhas bochechas de repente e olho para o lado 

Envergonhada olho novamente para ele, a luz do por do sol batia pela janela no meu quarto, batia nos cabelos cinza azulados dele, vou com minha mão até ele e passo as mesma devagar nos seus cabelos 

Oque eu estou fazendo? falo para mim mesma confusa, mais não consigo resistir .

Quando ele de repente acorda assustada retiro minha mão de perto rapidamente , e ele levanta sua cabeça ainda sonolento, eu estava vermelha 

-J-Já acordada Ikari...- fala ele bocejando e passando as mãos nos olhos - Já .....já sim......-falo meio muxinha e nervosa  

-ha! Você lutou muito bem meus parabéns- Fala ele me dando um sorriso e com cara de morto 

-O-Obrigada. ........e obrigada também por ter me salvado- falo Corada e nervosa( ai surge-me aquela pergunta, porque estou assim tão nervosa ?)penso **

Ele apenas balança a cabeça para mim afirmando um Denada com um sorriso de cantos 

-Aliás. .......eu posso te fazer uma pergunta Ban? 

-pode sim!

-é que .......mais cedo quando fui te acordar, teve uma hora que você. ......que você. ...-dou uma travada de leve-Você me agarrou e me chamou de Elaine- desembucho de uma vez Oque eu queria falar! mais em seguida reviro meus olhos para o lado evitando olhar para ele  

Ban estava sem reação, ele ficou com uma feição surpresa e séria 

-Elaine é minha namorada- fala Ban 

-Aw kkkkkk- dou um sorrisinho forçado-agora entendi kkkkkk só achei estranho que você....- eu ia falando quando Ban me interrompe 

-ela morreu, A anos atrás,  ela era uma fada- 

-sinto muito.....-me sinto frustada e brava comigo mesma porque falei dela para ele e fiz ele ficar deprimido 

Ele me conta toda sua história, desde sua vida de criminoso até o dia em que ganhou a imortalidade mais perdeu a mulher que amava, seus olhos brilhavam quando falava dela 

Ele ficava tão bonito quando falava dela 

*Emocionada*- que linda sua história. ....mais trágica também- uma lágrima cai- me desculpa Ban. .....ter tocado nesse assunto-rapidamente enxugo a lágrima com a manga da minha blusa  

-Tudo bem! um dia ela ainda vai voltar, porque eu vou roubar ela de volta- ele da um sorriso de esperança 

-simmmm tenho certeza que vai Ban- falo já um pouco animada, pois me fez lembrar do meu irmão, Um dia ele também vai voltar, minhas esperanças aumentam ainda mais de encontrar ele (dou um sorriso para Ban) 

-Bom.....agora vamos parar de falar disso. Está com fome? -fala ele 

Bem na hora que ele tocou no assunto comida minha barriga ronca alto

-Bom! Acho que isso é um sim kkkkkk- ele se levanta e anda até a porta 

Tento me levantar, mais minhas pernas banbeão  e eu me sento novamente na cama, Ban vê meu esforço para levantar 

-Vem... deixe-me te ajudar- ele vem e de repente me pega no colo e me carrega até a cozinha, e me senta na cadeira 

-muito obrigada, Ban!- falo dando um sorriso 

-vamos ver Oque passo fazer-ele começa a olhar a geladeira-  Ha! Que tal panquecas? -fala ele me olhando em seguida 

-eu iria adorar- a comida que o Ban faz é uma delícia, Bom bem melhor que o veneno que o capitão prepara, as vezes me pergunto como o Hawk consegui comer aquilo 

-Ban. ...-falo quando ele estava fazendo umas manobras com as panquecas na frigideira 

Contínua 




Notas Finais


Desculpe algum erro ,e espero que vocês tenham gostado ❤
e uma pergunta!

vocês querem que a Ikari passe a usar tapa olho?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...