História Não consegui te esquecer. - Capítulo 10


Escrita por: ~ e ~NinaAAaaAaA

Postado
Categorias Amor Doce
Personagens Alexy, Ambre, Armin, Bia, Castiel, Charlotte, Dakota, Debrah, Iris, Jade, Kentin, Kim, Leigh, Letícia, Li, Lysandre, Nathaniel, Nina, Peggy, Personagens Originais, Priya, Professor Faraize, Professora Delanay, Rosalya, Viktor Chavalier, Violette
Tags Fanon
Exibições 31
Palavras 1.388
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Harem, Hentai, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Hey panquecas! Capítulo fresquinho pra vcs amores. E quero pedir desculpas pelo hentai horrível que eu fiz, desculpem-me, OK? OK. Até as notas finais♥

Capítulo 10 - Amigos


Fanfic / Fanfiction Não consegui te esquecer. - Capítulo 10 - Amigos

Enquanto Armin ia me beijando eu fui puxando ele para a escada, quero ir para o meu quarto, assim que chegamos na escada ele me puxou para cima e eu passei minhas pernas ao redor da cintura dele, ainda sem parar o beijo ele subiu comigo na escada. Quando chegamos no meu quarto ele me botou na cama e ficou por cima de mim, ele não parou de me beijar nenhum segundo. Nesse exato momento vocês devem estar me achando uma puta, mas sigam minha linha de raciocínio: Ele é lindo, gostoso e disse que só quer ter uma amizade colorida comigo. Eu comecei a tirar a blusa dele, ele levantou os braços para facilitar meu trabalho, assim que tirei passei as mãos no abdômen definido dele, ele também começou a tirar minha blusa, assim que tirou beijou meus seios por cima do sutiã. 


Armin: Belos seios.


Foi involuntário, mas acabei pensando no Castiel. Não me importei muito e continuei o que estava fazendo. 


Chris: E você tem um abdômen definido demais pra quem passa o dia jogando vídeo game. 


Ele desabotoou meu short e o puxou para baixo, enquanto eu fazia o mesmo com sua calça. Ele se aproximou do meu pescoço e deu alguns chupões e mordidas, depois o lambeu e foi descendo até chegar na minha barriga onde deu alguns outros chupões, ele desceu mais um pouco até chegar na minha calcinha. Ele a puxou para baixo e abriu minhas pernas, ele beijou a parte interna das minhas coxas e seguiu para minha intimidade onde passou um dedo.


Armin: Está molhada assim por mim?


Eu apenas gemi em resposta e ele passou a língua em minha intimidade, gemi outra vez e ele inseriu um dedo em mim, depois mais um e começou um vai e vem lento, aquilo estava me matando. Com o seu polegar, começou a massagear meu clitóris. 


Chris: M-mais rápido, Min.


Ao invés de ir mais rápido ele retirou seus dedos e antes que eu pudesse reclamar ele caiu de boca na minha intimidade, eu dei um gemido agudo. Ele continuou brincando com sua língua até eu chegar ao meu ápice.


Armin: Você é tão doce.


Eu não vou deixar ele sem diversão, seria muito injusto.


Chris: Eu não vou me divertir sozinha. Você também merece.


Eu subi em cima dele e comecei a beijar seus lábios de forma ávida. Depois fui para o seu pescoço e ombros onde comecei a dar chupões e mordidas, fui descendo e passando a língua por todo o seu corpo até chegar em seu membro, ele está totalmente ereto, é bem grosso e grande e talvez não caiba na minha boca. Eu o abocanhei e o que não coube eu masturbei, ele gemeu e fez um rabo de cavalo no meu cabelo e começou a subir e a descer num ritmo de vai e vem, depois de algum tempo ele gozou na minha boca e eu engoli tudo. Ele me puxou para cima e me beijou, depois ficou por cima de mim de novo e me penetrou sem camisinha mesmo, eu tomo anticoncepcional então não me importei muito. Eu não sou mais virgem a mais ou menos um ano e meio, perdi minha virgindade com o Nicolas. O Armin estava indo mais fundo dentro de mim, mas estava muito devagar. 


Chris: Merda, Armin. Mais rápido. 


E dessa vez ele fez o que eu pedi, foi metendo mais forte e mais rápido enquanto eu gemia e rebolava em seu membro, as costas dele deviam estar um caos já que minhas unhas estavam grandes e eu sentia elas arranhando suas costas, do mesmo jeito de suas costas minha cintura também devia estar um caos já que ele estava apertando ela muito forte. Ele gozou dentro de mim enquanto chupava meus seios e quando terminamos ele se deitou por cima de mim e me deu um selinho.


Armin: Vamos fazer isso mais vezes?

Chris: Sim. Preciso de mais dias como esse. Não quer ir na sua casa e pegar algumas roupas para trazer para cá? Quero que passe uns dias aqui meu lindo amigo.

Armin: Volto em uma hora, OK?


Eu assenti e ele se levantou, revelando seu corpo nu. Ele se vestiu e foi para a casa dele, enquanto ele saiu eu fui fazer alguma coisa para a gente comer, já era umas duas e meia da manhã e nós ainda não tínhamos comido absolutamente nada, eu fui vasculhar no armário pra ver o que encontrava. Decidi fazer uma macarronada com o que tinha ali. O Armin acabou me ligando dizendo que não ia poder vir porque o Alexy tava morrendo lá mas que vinha de manhã para nós irmos pro colégio juntos, acabei comendo a macarronada quase toda e deixei o restante para o almoço de amanhã, eu fui para o meu quarto e quando entrei tava com cheiro de sexo e eu pensei em tudo que aconteceu agora a noite. Ainda bem que não vai passar de amizade, colorida mas é amizade, não tô afim de nada sério no momento, quando eu dormi já era umas três e quarenta. Acordei cinco e meia da manhã e santo deus, eu tô muito cansada, na hora que desci para tomar café da manhã eu vi minha irmã na cozinha, quando ela voltou?


Chris: Alice!


Corri para dar um abraço nela e um beijo na sua bochecha. 


Alice: Oi irmãzinha. Estava com tanta saudade de você. 


Ela estava me abraçando forte e na hora que me soltou tocaram a campainha, eu fui abrir e vi o Armin parado lá, puxei ele pra dentro para apresentar ele pra minha irmã e nós tomarmos café da manhã juntos. 


Chris: Alice, esse é o Armin, vulgo poste.

Armin: Ei! Prazer em conhecer você, Alice.

Alice: O prazer é meu. Você é namorado da Chris?

Chris: Não mana. Eu e o Armin temos uma amizade colorida. Sacou?


Eu não tenho vergonha de falar essas coisas pra Alice porque ela também é cheia de amigunhos com quem ela transa, ela não gosta muito de relacionamentos sérios.


Alice: Saquei. Vamos tomar café da manhã. 


Nós três tomamos café e conversamos muito, quando nós terminamos o Armin disse que tínhamos de ir logo ou iríamos nos atrasar. Chegamos no colégio uns quinze minutos antes da aula começar, vimos o Alexy e a Rosalya ali perto e fomos na direção deles. 


Rosalya: Usaram a camisinha que eu recomendei?

Chris: Você ainda lembra de alguma coisa de ontem?

Rosalya: Pouca coisa. Só alguns flashbacks.

Armin: Esquecemos de usar camisinha. 

Chris: Tomei a pílula do dia seguinte hoje de manhã. 

Armin: Ah. Eu vou entrar, minha aula começa daqui a 5 minutos. 


Ele deu um beijo na minha testa e saiu em direção ao corredor da escola. 


Rosalya: Vocês tão ficando ou namorando?

Chris: Nenhum dos dois. Somos amigos.

Rosalya: E eu sou um unicórnio saltitante vestindo um tutu de balé preto.

Chris: Não, sério. Nós somos amigos, amigos coloridos. 


Ela assentiu e me puxou em direção a nossa sala. As aulas passaram se arrastando e foram extremamente chatas, teríamos provas dali a duas semanas e nas férias eu iria visitar meus pais. Depois do término das aulas eu e o Armin voltamos pra minha casa e encontramos um bilhete da Alice dizendo: "Fui na casa de um "amigo" meu. Volto daqui a uns dias. Você consegue se virar sozinha, né?". Ela botou aspas no nome amigo porque deve ter ido na casa de algum ficante dela. Eu e o Armin passamos a tarde jogando vídeo game, assistindo filmes e beijando. 


Armin: Você sabe que estamos só na base da amizade, né? Eu não quero nenhum relacionamento sério agora. Então, sem ciúmes, sem brigas e nem nada desse tipo, né? 

Chris: Sim. Também não tô afim de nenhum relacionamento sério agora.


A campainha tocou e eu pedi para o Armin abrir, ele foi na porta e abriu enquanto eu fui na cozinha. 


Armin: O que você tá fazendo aqui?

???: Vim ver a Chris. 


Aquela voz... Castiel. Eu botei a cabeça pra fora da cozinha e olhei para ele. 


Chris: O que quer comigo, tarado?

Castiel: Você ainda tá nessa? Eu só disse que você tem belos peitos.

Chris: Tá tá. Mas o que você quer. 

Castiel: Vim te chamar pra ir no parque de diversões novo que tem aqui na cidade. Aceita ir comigo?


Eu pensei um pouco nos prós e contras e vi que não tinha nada demais eu ir com ele para o parque. 


Chris: Aceito. 




Notas Finais


Yo! Gostaram? Não gostaram? Esperando a opinião de vcs, e novamente eu digo: Desculpem-me pelo hentai horrível. E gente, eu tenho uma péssima notícia. Dia 3 vou receber o resultado das minhas provas e meus pais provavelmente vão tirar meu cel dizendo que eu preciso estudar mais, então talvez eu fique sem postar por um tempo, MAS EU IMPLORO QUE NÃO PAREM DE LER PQ EU VOU DAR UM JEITO DE POSTAR, OK? Kissus de purpurina amores e até dps ♡♡♡♡♡♡♡♡


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...