História Não deixe esse amor tão doce estragar - Capítulo 10


Escrita por: ~

Postado
Categorias Amor Doce
Personagens Alexy, Ambre, Armin, Castiel, Charlotte, Dajan, Dakota, Debrah, Iris, Jade, Kentin, Kim, Leigh, Li, Lysandre, Melody, Nathaniel, Nina, Peggy, Personagens Originais, Priya, Professor Faraize, Professora Delanay, Rosalya, Violette
Tags Amor Doce, Aventura, Drama, Romance
Exibições 70
Palavras 1.516
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Festa, Hentai, Mistério, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Hello pessoal
Espero que estejam gostando
E boa leitura

Capítulo 10 - As lágrimas que derramai por amor não vão cair de novo


Fanfic / Fanfiction Não deixe esse amor tão doce estragar - Capítulo 10 - As lágrimas que derramai por amor não vão cair de novo

Castiel estava mesmo me beijando ?! Enquanto estava desfrutando daquele beijo eu vi uma pessoa na porta da escola

Espera... É ele ? ... Eu não... Posso... Depois dele... Eu prometi que nunca mais iria me apaixonar

Empurrei Castiel

- Sai - falei me levantando

- Ana ? ... Mas eu pensei que ...- falou confuso

- Eu não quero... Depois do que aconteceu... eu não vou sofrer de novo ... - sem conseguir me controlar deixei algumas lagrimas caírem tentando desviar o olhar da entrada da escola

- Como assim sofrer ?- perguntou

- Nada - fui me afastando e enxugando as lágrimas - Com licença

- Ana. Como assim sofrer ?- perguntou pegando em meu braço

- Eu já falei que não é nada. Você não precisa se importar com os meus problemas, até porque você não se importaria mesmo, né ?- falei tentando segurar o choro

- Ana eu...

- Deixa pra lá - puxei o meu braço - eu tenho que voltar para a aula

Fui andando pelo corredor e vi uma flor e uns papeis jogados no chão. Olhei para os papéis rasgados e percebi que era um poema e como eu sou uma pessoa muito curiosa guardei no bolso. Quando o sinal tocou, entrei na sala e vi meus amigos, me sentei na cadeira e meus amigos viram que meus olhos estavam um pouco vermelhos

Mas Lysandre nem levantou a cabeça para me olhar

- O que aconteceu Ana ?- perguntou Rosa preocupada

- Nada - limpei mais uma lagrima - aconteceu um negócio lá fora mas eu estou bem

Lysandre fez uma cara estranha e se virou para mim

- Tem certeza de que esta bem ?- perguntou

- Tenho sim. Obrigada Lysandre - dei um sorriso forçado - Bom, chega de chorar e vamos para oq interessa

Coloquei os papéis que achei no chão na mesa

- O que é isso ?- perguntou Alex com Marly do lado

- Eu acho que é um poema - falei

- Um poema ?- falou Lysandre espantado

- É. Por que ?- falei

- Nada não - ele disfarçou

- O-Ok . Então pessoal ,o meu plano é o seguinte, eu vou juntar os pedaços e ver o que a pessoa escreveu - falei

- Tem certeza, talvez esse poema não esteja tão bom - falou Lysandre

- Tenho certeza, e se o poema foi feito de coração deve estar ótimo - disse me concentrando

- Então ta - Lysandre virou para frente

A aula foi se passando e fui juntando os pedacinhos até ficar completo

- Consegui - falei animada

- Le logo , eu que saber o que o indivíduo escreveu - falou Marly

- Ta bom, ta bom - falei

   " Eu não sei se posso dizer
      Mas eu quero te falar
      Que seus olhos brilham mais
      Que o azul da cor do mar

      Você é linda, como é linda
      Como uma flor a desabrochar
      Com seu sorriso tão bonito
      Que me faz arrepiar

      Eu te amo, mais que tudo
      Que eu não posso descrever
      Essa sensação que agora
      Acabou de crescer

      Com você eu tenho tudo
      Sem você não tenho nada
      Quero que você seja meu tudo
      E assim nunca mais vou ter um nada

     Quando estou perto de você
     É a melhor sensação
     De estar com quem eu amo
     Sem ter nenhuma preocupação

     Por favor, me aceite
     Você não vai se arrepender
     Você é muito especial
     Eu não vou te fazer sofrer "
   
- Mas... Que coisa... Linda - falei -eu aceito

- O que ?- falou Lysandre

- Eu aceito namorar com você escritor anonimo - dei um abraço no poema - esse garoto sabe mesmo como escrever um poema

- Verdade - falou Alex

- Queria que esse poema fosse para mim - fiz um olhar distante - mas essas coisas nunca acontecem comigo

- Não se preocupe Ana, um dia você vai achar seu boy magia - falou Rosa

- Espero. Porque da última vez eu... - comecei a falar baixo - sofri, e não quero que isso aconteça de novo - abaixei a cabeça

- Como assim você sofreu ?- perguntou Kentin

- O que ? Nada não, eu só tive um pensamento alto - tentei disfarçar - então quem vai me ajudar a encontrar o escritor anonimo?

- Eu - falou Rosa

- Eu - disse Marly

- Eu também - falou Alex

- P-Pera ai pessoal. Talvez não seja legal procurar o indivíduo - falou Lysandre

- Por que ?- perguntei

- Porque ele rasgou o poema. Talvez ele não queria que ninguém lesse e encontrasse ele - falou

- A não. Ele teve seu coração partido - falei

- Coitado - disse Rosa

- Ele deve ter visto a garota com outra pessoa - falou Marly

- Deve ter sido horrível - falei

- É - Lysandre olhou para baixo - deve ter sido sim

- Mas se eu fosse ele desconfiava - falei

- Como assim ?- perguntou Kentin

- Talvez a garota não tenha beijado o menino porque queria - falei

- Ainda to sem entender - disse Kentin

- E se o menino tenha beijado ela e não ela beijado ele - falei

- Verdade - falou Lysandre baixo

- Viu. Se foi assim, o garoto do poema ainda tem chances - falei orgulhosa - nossa, parece que eu fiz faculdade e doutorado em relacionamentos

Nós rimos e o sinal tocou

- Amém - falou Alex

- Não vejo a hora de chegar em casa e botar a cara no meu computador - falou Armin

- Você não sai do computador - falou Alex

- E você do espelho - disse Armin

- Crianças parem de brigar estamos na escola - falei

- Cala a boca bolinho - disseram juntos

- Vocês me chamaram de que ?- perguntei me levantando da mesa e olhando seria para eles

- Nada não sua linda - falou Armin

- UI, Divosa - disse Alex

- Acho bom. Eu nem sou tão gorda assim - olhei pra minha barriga

- Você é sim - falou Castiel indo embora

- Pedi sua opinião sobre minha vida, ata achei - falei

- Esse  relacionamento entre vocês é lindo - disse Rosa

- Ninguém manda cutuca a fera - falei

- Só de for o gatinho - falou Castiel

- Eu vou bater nele, me segura - falo me concentrando

Eles começam a rir

Nós saímos da sala e fomos andando pelo corredor, quando Castiel me puxa para  canto

- Agora fala. Que história é essa de você sofrer ? Quem ta te incomodando ? - falou me olhando sério

- Ninguém, agora me solta - falo tentando tirar o meu braço dele

- Como assim ninguém. Fala - disse

- Eu sei que você não se importa com mais nenhuma pessoa a não ser com sigo mesmo, então pare de tentar fingir comigo - falei grossa

- Eu me importo com uma pessoa - falou

- A é. Então quem é ?- perguntei

- Você - falou olhando profundamente para mim

Ele foi soltando de leve o meu braço e chegando mais perto

- Para - dei um passo para trás - para por favor - deixei umas lagrimas caírem

- Por que você esta chorando ? - perguntou preocupado - O que fizeram com você ?

- Não fizeram nada, eu só... - falei - eu só não quero mais sofrer por causa de uma pessoa

- Você... - ele tentou se aproximar

- Por favor para - dei mais um passo para trás - se você se importa mesmo comigo, fique longe de mim

- O que ?- falou espantado

- Não quero que você leve para o lado pessoal, mas se você não entender eu prefiro que você nem fale comigo - fui dando passos para trás e enxugando minhas lagrimas - eu preciso ir - me virei

- Ana - segurou meu braço - Eu não vou desistir

Eu estava de costas mas dei um sorriso pequeno

- Que assim seja, mas já vou te avisando - virei meu rosto com lagrimas para ele - que eu já desisti  - puxei meu braço e abaixei minha cabeça e falei baixo - não fale mais comigo

Sai correndo para o portão da escola

( narrador on )

Castiel ficou parado por alguns segundos lá quando ouviu a voz de Lysandre

- Castiel ? Tenho que falar com você - disse Lysandre

- Sobre o quê ?- perguntou

- Sobre o beijo que você deu em Ana... - Castiel ficou espantado - e sobre uma coisa que a ela esta passando

Castiel abaixou a cabeça

- Você também sabe ?- perguntou

- Sim. E temos que descobrir o por que que dela estar sofrendo - falou Lysandre

- Ótimo. Porque você vai ter que me ajudar com isso - falou Castiel

- Pode contar comigo - falou


Notas Finais


Hello
Espero que tenham gostado

Meus queridos leitores
Eu autora
Vou fazer um episodio especial
Não sei quando vou fazer ele mas eu gostaria da ajuda de vcs

O episodio vai ser os personagens respondem as perguntas de vcs leitores
Eu sei oq vocês devem estar pensando
( Nossa, mas isso já tem nas outras fanfics. Não é nenhuma novidade )

Eu sei
Mas eu queria saber se vcs iriam gostar de um ep assim
E se iram participar
Eu vou avisar quando o especial vai acontecer e vcs vão botar perguntas para eles que eu vou ver e escolher as perguntas
Se forem poucas perguntas eu escolho todas

Por favor, não fiquem achando que eu estou copiando isso das outras fanfics
Só achei que se vcs tivessem perguntas para os personagens de tipo
Você ficaria com tal pessoa
Comeria x- burguer com batata frita
Sei lá esses tipos de perguntas
E se quiserem podem botar todo tipo de pergunta eu deixo hehebe 😏

Então é isso
Eu gostaria dos comentários de vcs para saber se vcs querem ou não um EP assim
Se não quiserem eu não faço

PS: Se vocês quiserem o ep postarei acho que não agora. Porque ainda não tem muita historia na fic ( treta ou sei lá oq )

BJ
Obrigada pela paciência
E desculpa o texto nas notas finais
Adoro vcs
😘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...