História Scream - Não é minha culpa - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais, Scream (Série)
Personagens Personagens Originais
Tags Assassinatos, Drama, Spoilers, Suspense
Exibições 5
Palavras 596
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Luta, Mistério, Saga
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Spoilers, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Grant Gustin como Ben

Capítulo 6 - -Você é meu irmão!


Fanfic / Fanfiction Scream - Não é minha culpa - Capítulo 6 - -Você é meu irmão!

Pov. Gabriel

Aquilo era uma confusão...Eu,Mason e Ben empurrando o carro enquanto Larissa tentava liga-lo:

-O que houve com os carrões que você tem?-debochei de Ben.

-Basicamente eu fali!-ele deixou claro

Eu fiquei de olho na porta onde Larissa tinha atirado e notei por ela,que era feita de madeira com vidro que quebrou após o tiro,que tinha algo se movimentado lá dentro:

-Ben você ainda anda com aquelas armas de airsoft?-perguntei ainda enquanto empurrávamos o carro-Tipo a pistola que você esqueceu na minha casa?

-Tem uma ak-47 embaixo do banco do motorista!-depois de Ben me avisar eu corri em direção a Larissa-Peraí,como você sabe que eu esqueci?
eu ignorei e peguei a arma embaixo de Larissa:

-Continua tentando.-Sai de perto da Larissa com aquele fuzil preto pendurado em mim por uma banduleira e continuei empurrando o carro.

Eu permaneci empurrando o carro,já tinhamos nos afastado um pouco da casa mas eu vi aquele cara vestido de Brandom James saindo com um facão enorme daquela casa.Ele parou por um segundo quando me viu mas continuou vindo em minha direção correndo em zigue-zague,eu não parava de surpreender quem fosse por trás da máscara.

Eu fiquei mirando com o fuzil,antes percebi que só tinha um pente,eu não iria desperdiçar os tiros.Quando me concentrei e ele chegou cerca de 15 metros perto do carro eu disparei com a arma.Eu acertei o facão,eu me senti muito foda,tinha mirado na perna para derruba-lo,estava com o ombro ferrado e ainda acertei a faca dele:

-Porra eu so brabo não so,Ben!-me gabei para o meu irmão

-Você é bom!Que pena que eu sou melhor-aquela pessoa falou para mim
quando essa tal máscara brega começou a correr em minha direção e empurrei uma trava da arma para tirá-la da opcão de um tiro por vez e coloquei em metralhar.

Ele chegou perto e eu segurei o gatilho,disparando um monte de Bb's nele fazendo ele cair no chão.Ele tinha matado minha amiga,me esfaqueado,era macabro,mas puta que pariu que killer lerdão.De repente eu ouço o som do motor roncando,sinal de que o carro estava pronto para partir.

Eu corri para o carro e consegui ver Larissa passando para o banco ao seu lado enquanto Ben se dirigia para o banco do motorista.Eu corri para a "cesta" da caminhonete (deu branco esqueci o nome disso)onde Mason estava.Imediatamente o carro começou a andar e de longe eu vi o killer tentando se levantar.Com o carro em movimento eu rapidamente pus a arma em uma das beiradas do carro para o tiro ser preciso e disparei por sorte acertando ele que novamente caiu no chão:

-Essa foi pelo Christhofer!Filho da puta!-Disse baixo e sentei ao lado de Mason que estava deprimido.
Eu estranhei,ele para nos ajudar estava bem,só ficou deprimido pelo irmão agora,obviamente era pelo irmão,era como se a adrenalina tivesse passado:

-Eu ainda sou seu irmão!-abracei Mason e ele ficou quieto

Chegamos até uma saída daquele bosque abandonado,como ele estava abandonado a alguns anos,tivemos que passar por outra saída/entrada,pois a normal estava trancada com correntes e cadeados.

Pov. Larissa

Quando me virei para ver se Mason estava bem,eu olhei Gabriel abraçando ele,eu estava passando mal,não fisicamente,nossa,matei o irmão dele,eu me sinto muito mal por isso mesmo sabendo que eu me defendi,agora que a tensão passou eu só consigo pensar nisso:

-Você tá bem?-aquele Ben estava passando a mão sobre meus olhos para ver se eu volto pra realidade.

-O que é aquilo?-olhei para frente e vi uma sirene ligada,uma sirene vermelha,não consegui identificar o que era.

-Merda!-Ben parou o carro e olhou para trás-Biel esconde essa arma pelo mato!


Notas Finais


então????


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...