História Não era pra ser assim... - Capítulo 40


Escrita por: ~

Postado
Categorias Noragami, Originais
Personagens Bishamonten, Iki Hiyori, Kazuma, Kofuku, Nora, Nora, Personagens Originais, Yato, Yukine
Tags Drama, Romance
Visualizações 134
Palavras 965
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Ecchi, Escolar, Festa, Ficção, Luta, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Shounen, Survival, Suspense, Violência, Visual Novel
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oiii pessoal, me desculpem a demora ._. Teve muito seminário nessa semana e trabalhos pra fazer :v e não foi fácil (por favor não briguem comigo)
Enfim, estou aqui MAIS uma vez, trazendo MAIS um capítulo para vocês
(/*-*)/\(*-*)/\(*-*\) eeeeeeee
Provavelmente o capítulo será curto, pois ainda não estou 100% criativa como antes.

Espero que gostem do capítulo de hoje
Lembrando que a fanfic já está entrando na reta final

LEIAM AS NOTAS FINAIS!!!

Capítulo 40 - Mais mentiras


Fanfic / Fanfiction Não era pra ser assim... - Capítulo 40 - Mais mentiras

Mesmo assustada com tudo aquilo, Hiyori segurou na mão de Gabriel que estava estendida em sua direção e se dirigiu com o mesmo para debaixo da árvore, onde estava a toalha de piquenique junto com as outras coisas para o mesmo. 

Hiyori se abaixou devagar tentando não achar a trilha para o olhar de Gabriel, que a olhava com um sorriso enorme em seu rosto - meu Deus - pensou Hiyori querendo voltar atrás e ter evitado o seu encontro com Gabriel, e ter dado meia volta e ter ido com Yato para seja lá onde ele fosse. 

Depois de tudo que Hiyori descobriu (graças ao Yato) sobre Gabriel, era realmente estranho estar junto com ele...ao seu lado. Mesmo sabendo que ainda existia uma relação entre eles. Hiyori evitaria ao máximo as carícias que Gabriel tentaria dar para a mesmas. Qualquer ato físico - toque e etc - Hiyori evitaria. 


- E então - Gabriel quebrou o silêncio, logo retirando alguns pratos de dentro da cesta de piquenique - prefere começar com um sanduíche? - Gabriel pegou um saco de pão francês.


Hiyori deu um sorriso forçado, como se estivesse falando um "sim", evitando falar com ele. Hiyori sabia que precisava começar a fazer seu interrogatório sobre ele "conhecer" a Nora. 

A garota olhou para Gabriel, logo pensando no quão sinico ele estava sendo naquele momento. - isso se ele não é sempre - O garoto sorria e as vezes até falava um "senti sua falta" ou até "precisamos marcar mais encontros, não acha? " mas Hiyori não falava nada. Não queria ter nenhum contato fisico com o garoto. Ela precisava estranhar os atos de Hiyori, para assim ela tomar atitude e começar seu interrogatório. Ela precisava ter esse impulso. 


- Está pensando em algo? - Gabriel aproximou sua mão da mão de Hiyori, mas a garota recuou, logo o encarando nova mente - eu fiz alguma coisa? - perguntou Gabriel com uma expressão de dúvida. 


Vamos lá Hiyori, você consegue - pensou Hiyori fechando os punhos e franzindo o cenho. (Essa não era a melhor expressão no momento) 


- Você conhece a Nora? - Hiyori perguntou, logo ficando séria. 


O sorriso no rosto de Gabriel se desfez. Ele pegou um guardanapo que estavs dentro da cesta de piquenique e limpou o canto da boca que estava sujo de maionese. Logo Gabriel voltou a olhar para Hiyori e fez uma expressão confusa. 


- Quem é Nora? - Gabriel perguntou tranquilo. 


- Não se faça de desentendido! - Hiyori revirou os olhos - Você sabe muito bem de quem eu estou falando! - disse Hiyori tentando ficar calma. 


- Eu não sei-... - Gabriel foi interrompido quando Hiyori apontou seu celular na direção do garoto, logo mostrando as fotos do mesmo no corredor conversando com Nora. 


- ... - Gabriel engasgou com o pedaço do sanduíche que estava mastigando - Essa garota? Ela só estava me perguntando se eu sabia onde o Yato estava. Nem sabia o nome dela - disse Gabriel batendo no peito para ajudar a comida descer. 


- Sério? - Hiyori inclinou a cabeça para o lado esquerdo - Não está mentindo pra mim...está? - Hiyori falava tranquila, pois ela já sabia que a resposta que iria receber seria outra mentira. 


- Não estou mentindo - respondeu Gabriel colocando um sanduíche no prato que estava perto de Hiyori - porque a pergunta? - perguntou Gabriel - ciúmes? - o garoto sorriu. 


- Ciúmes? - Hiyori revirou os olhos - Acho que com isto sua memória vai voltar - disse Hiyori apertando o play para Gabriel ouvir o áudio. 


Áudio: 


- Quem te ajudou a sequestrar a Hiyori? - perguntou Yato. 


- Eu fiz isso sozinha... - respondeu Nora. 


- Não Nora, você não tem a capacida de planejar tudo isso sozinha. Você sempre precisa de alguém para fazer a sujeira que você quer - disse Yato aumentando o tom de voz. 


- Isso me ofende Yato - Nora deu um risinho. 


- Eu prometo não fazer nada com você. Só me diga quem te ajudou, ou prefere se afundar sozinha? - perguntou Yato. 


- ... O Gabriel - respondeu Nora - ele deu a ideia de me livrar da Hiyori, e como ela já estava ficando cansada de você, ele sabia que quando "ele achasse" ela, ela não iria querer ficar com você! - disse Nora começando a rir. 


ÁUDIO PAUSADO 


- Quer que eu continue ou sua memória voltou? - disse Hiyori encarando-o com raiva. 


- Hiyori... Eu posso explicar-... - Gabriel foi interrompido com um berro de Hiyori. 


- Não! Você não tem o que explicar! - Hiyori se levantou, logo vendo Gabriel fazer o mesmo - Como você pôde fazer isso comigo?! - Hiyori sentiu seus olhou ficarem marejados. 


- Hiyori...olha - Gabriel tentou segurar a mão de Hiyori, mas a mesma se afastou. 


- Sabe o que eu estou sentindo agora?! Ódio! Muita raiva! - Hiyori apontou o dedo para Gabriel - eu sinto nojo de você! - Hiyori aumentou o tom de voz - NOJO! - Hiyori sorriu vendo que agora conseguia falar o que realmente queria - Você é repugnante! 


- ... Quem te mostrou esse áudio? - perguntou Gabriel enxugando as lágrimas de seu rosto. 


- Uma das únicas pessoas que realmente se importou comigo nesse momento - respondeu Hiyori. 


- Yato? Natalie? - perguntou Gabriel se lembrando que Yato sempre falava pra Hiyori que o mesmo não presta, e Natalie que já viu o mesmo conversando com Nora. 


- No que está pensando? - perguntou Hiyori vendo a expressão de Gabriel mudar. 


- Eles vão me pagar... - disse Gabriel indo correndo para dentro do colégio. 


- Gabriel!!! - Hiyori correu atrás do mesmo - Você não vai fazer nada!!! - Gritou Hiyori. 


                  ●              ●             ●


Notas Finais


Me desculpem pela demora
Me desculpem se houver algum erro (capítulo não revisado)
Me desculpem pelo capítulo curto.

Espero que tenham gostado do capítulo
Se gostou, não deixe de comentar e dar estrelas. Isso me ajuda demais para saber se agrado a todos (ajuda na divulgação também.
Aceito críticas, elogios, opiniões, ideias e etc... Todos são bem vindos

Lembrando que os comentários incentivam o autor(a) a continuar escrevendo.
Muito obrigado a todos que estão me acompanhando.
Lembrando que a fanfic está entrando na reta final.

Espero que tenham gostado do capítulo de hoje.

Até o próximo capítulo MINNA!!! ^^


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...