História Não, esse NÃO é o sonho de toda garota - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Tags Clichês, Comedia, Livros, No-sense, Paródia, Sátira, Unknown
Exibições 20
Palavras 581
Terminada Não
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Aventura, Colegial, Comédia, Escolar, Ficção
Avisos: Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Desculpem a demora, eu comecei a trabalhar em outra história aí ficou meio difícil focar só nessa. Bem, mas estou de volta, aproveitem.

-U.A.

Capítulo 5 - Eu Contei


Os outros dias continuaram bem parecidos com o que eu relatei da última vez.

Eu e Shiro nos tornamos até que boas amigas, creio que nossa amizade era mais por uma questão de proteção, ela não se sentia só e desprotegida e eu tinha um pouco mais de segurança do que antes. 

Mas ainda precisava de respostas. Não podia viver o resto da minha vida assim... certo? Eu queria ser tenista profissional, não uma dançarina! Eu nunca quis me casar, e se essa droga de... Maldição continuar agindo assim.... Não sei o que eu vou fazer.

 Estava na aula de química e o professor começou que fariamos um trabalho em dupla, olhei para Shiro e sorri, mas aí lembrei que seria impossível de eu ficar com ela no trabalho. Então olhei pro idiota do grupo popular. (ainda não me acostumei com o quanto essa palavra soa estranha na minha boca.)

"aposto que vou acabar com ele."  pensei. "e aposto o dobro que o nome dele é Harry."

– Lindyth e Harry. – o professor disse e o cara dos populares me olhou com descrença. "pena que a aposta era contra eu mesma."

Não disse nada pra ele quando a aula acabou e fui falar com a Shiro. Ela ficou com uma garota qualquer, mas que era melhor do que o tal do "Harry".

– Mas como você sabia o nome dele? Ele nunca te disse e você ta aqui a só 4 dias.... - ela parecia incrédula. - não é possível, você prevê o futuro!

Eu podia falar pra ela, creio que não seria ruim. mas acho que ela me zoaria, mas quem não faria isso. "então, digamos que eu briguei com um livro e ele transformou minha vida num filme da Disney. Então meio que sim. Eu prevejo o futuro." . Ela me parecia confiável, do tipo que acredita em qualquer coisa. Também gosta de livros, talvez dê certo, quem sabe.

Estávamos em um daqueles momentos de silencio constrangedor. Então comecei a falar.

– O que você faria se... – fiz uma pausa fingindo pensar em uma pergunta idiota qualquer. - se sua vida se tornasse um livro clichê?

– Tipo... aqueles de vida escolar? ou um quaquer? bem, se fosse um desses escolares acho até que eu gostaria. Mas acho que teria o papel da nerd excluída que sofre bullying... Mas adoraria ter uma vida de livro. Com grandes aventuras, intrigas, romances... Magia. – ela deu enfase nessa última palavra. – acho que esse é o sonho de todas as garotas, ou de todas as pessoas.

– Acredite, eu pensava como você. Até... - travei.

– "Até...?"

– Eu... bem... digamos que eu estava num dia ruim e eu acabei quebrando a minha vida. Agora eu tenho... hm... – me preparei pra ouvir ela rindo. – uma vida de um livro clichê.

Ela não riu.

Estava me encarando, pensava e pensava, quase podia ouvir as engrenagens da sua cabeça.

– Você tem pais, certo?

– Mortos em um acidente de trânsito.

– Mora com seus tiois ricos em Londres?

– Na mosca.

– É amiga da nerd, mas também é excluída.

– Não se sinta mal...

– (De boas) E agora vai se apaixonar pelo babaca da escola. 

Esqueci desse detalhe. Oh.... Merda.

–Espero que não. – Ela pareceu entender tudo, sem duvidar de nada. – Não vai rir da minha cara?

– porque faria isso? eu sei um pouco desses assuntos "incompreensíveis" e eu conheço alguem que pode ajudar.

-–Ah é?!

–Tenho uma avó que se diz bruxa.

Ela me puxou pela mão e nós fomos até a casa dela.


Notas Finais


O cap ficou meio bosta, sorry, eu precisava postar alguma coisa...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...