História Não existem classes para o amor. - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Boruto Uzumaki, Fugaku Uchiha, Hanabi Hyuuga, Himawari Uzumaki, Hinata Hyuuga, Hyuuga Hiashi, Ino Yamanaka, Inojin Yamanaka, Itachi Uchiha, Kushina Uzumaki, Madara Uchiha, Mebuki Haruno, Mikoto Uchiha, Minato "Yondaime" Namikaze, Naruto Uzumaki, Neji Hyuuga, Sai, Sakura Haruno, Sarada Uchiha
Tags Naruhina, Sasusaku
Exibições 73
Palavras 822
Terminada Não
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Eae galerinha. Mais uma fic, espero que curtam, se curtirem, favor item e deixem seus comentário.

Capítulo 1 - Prólogo.


Naruto ON

Meu nome é Naruto Uzumaki Namikaze, sou filho de camponeses. Atualmente moro em Tóquio, me mudei para cá a pouco mais de dois meses, pois consegui uma bolsa na Universidade de Tóquio, viver aqui não é fácil por causa do custo de vida, então eu estou procurando um emprego. Eu sou alto, pelo menos agora porque antes eu era quase um anão, posso dizer que sou bem esculpido, por conta das minhas intensas horas de trabalho no campo, sou muito inteligente, por isso consegui ingressar em primeiro lugar na Universidade. Tenho olhos azuis, que muitos associam a safiras, ou até mesmo ao céu, tenho cabelos dourados e rebeldes, minha cor preferida é laranja por isso na maioria das vezes opto por roupas dessa cor.

Acordei hoje bem cedo, tinha que voltar a procurar emprego, minhas finanças estavam acabando, e logo ficaria sem ter dinheiro para comprar algo bom para comer. Sai pelas ruas daquela grande cidade, empresarial, eu quero ser escritor, mas por enquanto me contento apenas em ter dinheiro para comer e para sobreviver. Fui até uma loja de revistas e pedi o jornal, que irônico não, assim que comecei a folhear o jornal, vi imã oferta de emprego que me chamou a atenção. Era meio que uma espécie de mordomo, ou empregado doméstico, era 24 horas, requeria algum tipo de habilidade em algum tipo de luta, as quais eu tinha. Era para ser o "empregado" da grande princesa do Byakugan, filha de Hiashi Hyuuga.

Anotei o número de telefone que havia no anúncio, aquele emprego poderia ser minha salvação, eu poderia sair daquela espécie de apartamento que eu chama e de lar, poderia comprá um computador para começará a escrever os meus livros, e não precisaria ficar só comendo lamen, que mesmo sendo minha comida favorita ja estava enjoando de so comer a mesma coisa. Passei no mercado antes de voltar para casa, comprei o que eu julgava ser necessário e voltei para casa, decidir ligar depois do almoço. Era cedo então comecei a fazer o almoço, não tinha tomado café, deixei o almoço no fogão e comecei a arrumar o apartamento, quando terminei, almocei.

Estava tudo pronto, eu ligaria para  senhor Hyuuga. Peguei o telefone, má ai lembrei que não tinha tomado banho, ental peguei uma roupa e fui para o banheiro depois do banho voltei ao telefone e disquei o número.

Ligação ON

Naruto: Olá? Bom dia.

?.: Olá, bom dia, casa do senhor Hyuuga, quem gostaria?

Naruto: Eu me chamo Naruto Uzumaki, eu vvia oferta de emprego.

?.: Só um momento... o senhor Hyuuga disse que para dar uma passadinha na casa dele, amanhã as 8 da manhã.

Naruto: Muito obrigado, passar bem.

?.:Tenha um bom dia.

Ligação OFF

Era uma entrevista de emprego? Sim era uma entrevista. Pulei e corri pela sala, eu iria conseguir um emprego, tudo indicava que sim. Peguei o meu terno, que era só um, já desgastado, e passei tinha que sair tudo perfeito, depois daquela notícia perdi a fome, então só esperei a noite chegar para ir dormi.

Acordei cedo como sempre, preparei meu café, vesti o terno, cão dei os sapatos, e me perguntei mais de vinte vezes se eu estava pronto, como eu tinha saudades de minha mãe, ela sempre me encorajava. Que ótimo filho que sou, nem contei a ela sobre o meu emprego, quero dizer porque aquele emprego ja era meu.

 Sai de casa antes das sete horas, seria imã longa viagem de ônibus até a casa dos Hyuugas, afinal eu morava no bairro "pobre" de Tóquio, enquanto eles moravam em mansões nos bairros ricos. Peguei o ônibus, e parti para meu destino, assim que cheguei vi a enorme casa, que era dezenas de vezes maior que meu cubículo, chamado apartamento. Bati a porta e fui recebido por uma senhora.

Naruto: O senhor Hyuuga se encontra?

Antes que ela respondesse, um homem intimidador de cabelos longos e castanhos apareceu atrás dela.

Hiashi:Pois não?

Naruto: Eu sou Naruto Uzumaki, falei acho que com sua secretaria, estou aqui para a entrevista de emprego.

Hiashi: Oh sim lembro-me agora, por favor queira entrar.

Ele me indicou o sofá para que eu sentasse, assim que sentei ele começou a falar.

Hiashi:É um prazer senhor Uzumaki, mas vejo que é muito novo, por que o interesse nesse tipo de trabalho?

Naruto:Eu preciso de dinheiro, meus pais são camponeses, e eu mudei para o Centro metropolitano de Tóquio há pouco tempo, procuro emprego apara poder continuar morando aqui.

Hiashi: Entendo... e você estuda?

Naruto: Vou começar a cursar letras, na Universidade de Tóquio. Sou bolsista.

Hiashi: Você é bolsista?

Naruto: Algum pro-problema...?

Hiashi: Problema nenhum, só que se você é bolsista numa Universidade de tal renome, quer dizer que você deve ser muito inteligente. Esqueça o salário que viu no anúncio, eu o dobrarei, com uma condição, você terá que ensinar as matérias a minha filha. O trabalho será o mesmo, só será acrescentado horas extras de estudo, tudo bem para você.

Naruto: Claro que sim.

Hiashi: Seu salário será semanal, e se nao tiver problemas, você começa segunda-feira.

Naruto:Estarei aqui.



Notas Finais


Só uma breve iniciação da fic, bem muita coisa pela frente ainda. Valeu e um beijo a todos os que leram.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...