História Não fixamos o que se partiu; mas quebramos o resto. - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Agnes, Originais, Yasu
Exibições 5
Palavras 605
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Ficção Científica, Harem, Hentai, Luta, Magia, Musical (Songfic), Poesias, Policial, Romance e Novela, Saga, Survival, Suspense, Terror e Horror, Violência, Yuri
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Canibalismo, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Self Inserction, Sexo, Spoilers, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


HAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAI PEOPLES! PRIMEIRA FIC ORIGINAL! ESPERO QUE CURTAM! VLW, FLW!

Capítulo 1 - ...Fico feliz que tenha alguém para conversar - Parte 1


Yasu

Senti o vento soprar em meu rosto, levando meus cabelos curtos a se movimentarem pelo ar... Atrapalhavam um pouco a vista; Mas ainda dava para ver algo...

Estava anoitecendo, e eu estava no terraço de um prédio... Admito, aqui na Inglaterra não é tão desesperador, assim... Mas ainda prefiro as comidas de origem japonesa, admito...

Bem, contento-me com o que tenho para me virar... Cometi crimes no Japão e tive de fugir do país... Alguma hora vão descobrir a onde eu estou... Mas, até lá...  Eu me viro... Correto?...

 

   -Admito que a vista daqui, realmente, é linda!.. – Digo, me sentando num dos bancos que havia ali no terraço... Tirando o cabelo do meu rosto...

   -Concordo... – Me assusto a ouvir a voz de alguém... Aparentemente atrás de mim... Me viro e encaro a pessoa; era ruiva... Uma mulher, aparentemente com mais de 30 anos... Ela se sentou ao meu lado e começou a encarar a paisagem... Estranhei; de inicio... Mas ignorei e voltei a olhar a vista... Ficamos quietas por um tempo... Até que, ela quebra o silêncio...

   -Sabe... – Me viro para ela e mostro que estou ouvindo – Aproveitar algo cujo o ser humano está destruindo é divertido, não é?...

   -Concordo... – Olho para o chão, e depois pra ela – Aliás, qual seu nome?...

   -Agnes... Agnes Baker... – Ela me estende a sua mão, eu a aperto...

   -Yasu, Shizuka Yasu. – Digo abaixando a cabeça, depois a levanto e a encaro... Depois volto a olhar para a paisagem do sol se pondo...

   -Bem... Afinal, o que alguém que deveria estar na faculdade, está fazendo aqui?...

   -O tempo não é eterno... Eu já tenho as maiores notas da faculdade... Então, jogar ela na lata de lixo, as vezes não faz diferença; Então, vamos aproveitar o que nos é proposto, correto?...

   -Para alguém, aparentemente nova; você é bem experiente...

   -Eu já passei por tudo nessa vida de merda, curta como o cabelo da Miley Cyrus – Ela da um sorriso de canto, com um olhar cansado, piscando os olhos lentamente... Retribuo o sorriso... De uma forma gentil... – Mas, afinal, se não for muito incomodo... Qual sua idade...

   -...Trinta e oito... – Ela diz... – E a sua?...

   -Tenho dezenove, estou partindo pros vinte, daqui dois meses...

   -Que seja... – Ela tira uma caneta e um bloco de anotações da sua bolsa... Escreve algo no bloco, tira a folha, e em entrega a folha, o bloco, e a caneta... Ali estava o seu facebook... Pego o bloco, escrevo meu face e lhe entrego de volta a caneta e o bloco... Ela Le o que estava escrito e o guarda na sua bolsa... Então se levanta... Me levanto junto da mesma...

   -Obrigada... Eu acho?.. – Trocamos uma risada fraca...

   -Bem, a gente se vê por ai... Yasu.

   -Certo, Agnes. – Ela sai andando, ajeitando sua jaqueta... Fico parada, aqui... Fazendo fotossíntese... Algo nela me intrigou... Balanço a cabeça e volto ao mundo real... Dou uma risada, pego minha mochila no banco, a ponho nas costas e saiu andando, seguindo até o ponto de ônibus mais próximo...  

 

Fico parada num poste, encostada... Esperando o ônibus... Pego meus amados fones de ouvido, conecto em meu Mp3, e começo a ouvir “Leave it All Behind – Nightcore”

Fico atenta se algum ônibus chegava... Com o tempo... Comecei a cantar a musica junto...

 

   -Suffocate, Everything! They Complicate, Everything! They seal your fate, everyday! But, you can’t believe it!  Take yourself, far away! From nothingness! A million miles, from emptiness!.. And leave it all, behind you! – Acompanho a melodia, batendo minha mão em meu joelho… Fico assim até o ônibus chegar, e eu embarcar, para o meu apartamento…

 

E assim começa uma longa jornada... 


Notas Finais


PRIMEIRAS FANFIC DE ORIGINAIS, AEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEE!!!!!!!! Espero que ela siga em frente, diferente das outras XDDD Obrigada por lerem, FUUUUUUI! \o/


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...