História Não foi nada . Só um profundo corte na carótida. - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Visualizações 18
Palavras 402
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Droubble

Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Como capa:A diva!

Capítulo 4 - Novos pensamentos


Fanfic / Fanfiction Não foi nada . Só um profundo corte na carótida. - Capítulo 4 - Novos pensamentos

"Eu to namorando",era a mensagem de uma amiga minha a qual eu tinha perdido contato."Serio?com quem?"foi tudo que respondi.A essa altura do campeonato ja estava largada na cama,ainda sóbria, AINDA."Vc sabe com quem!"sempre odiei adivinhação. "Não, eu não sei porque ainda nao virei o Edward do crepúsculo "

-Aff,é com o Ian!!

-Que ian??

-O unico que eu conheço! 

Tudo que consegui pensar foi"kri kri kri" e depois um "PQP!" ecoou no meu quarto."Serio?nossa!!que otimo!vc gostava tanto dele,vcs se merecem!"foi tudo que consegui digitar.Eu nao estava feliz por eles.Um lado meu queria fazer acontecer aquele sonho e esse lado se sentiu frustrado ao saber que seus planos foram pro ralo.Eu nunca fui muito altruísta, e sim,sou muito egocêntrica.

Depois disso nao respondi mais,e tudo que fiz foi colocar pra ele"Nao precisamos mais conversar,ela ja me disse '-' ".

Eu estava indo tao bem...mas enfim,bebi.E muito!

Fiquei pensando em tudo que conversavamos.Na maneira como nao tinhamos limites,e falavamos sem frescura.E sei la! Um namoro atrapalharia tudo.Depois me veio aquela maldita pergunta.O fato era que,eu me sentia sozinha e ele de algum modo tambem.E isso fazia com que eu me sentisse melhor,de algum jeito louco.Nao desejava o melhor pra ele.Desejava o que me favorecia.E isso era errado,entao so me afastei.

Depois de uma semana,eu acho,ele me chamou no wpp."Oi"foi o que coloquei.E mais nada."Posso ir ver você, no trabalho talvez?"ele respondeu."Nao claro que nao,"Vai,se quiser",disse em resposta.Eu queria ve-lo,queria descobrir o que havia de errado.E nao pense que eu gostava dele.Nao era isso.Nunca foi.Talvez.

No outro dia ele apareceu,como era diferente falar com ele pessoalmente.

-Voce ainda usa isso?-perguntou ele com um olhar critico.

Sabia que ele se referia a maconha,mas-Eu amo essa blusa,ta maltrapilha.Mas ela é incrivel! -foi o que respondi

-Me refiro a esse troço na sua mão.

-Nunca deixei de usar,assim como voce ama repetir figurinha.-falei quase sussurrando.

-O que?

-O que trouxe voce aqui.Paciência nao é meu forte.Entao...

-Por que sou seu amigo mesmo?

-Porque fui a unica que nao zombou do seu saco ser um maior que o outro.

Houve risadas.

-Você fuma no trabalho? 

-Aqui proibem cigarro...

Tudo que eu conseguia pensar era naquele maldito sonho.Meus hormônios gritavam por aqueles sacos tortos.

-Você é louca!

-Isso nao é loucura! Teve uma vez que fiquei de lengerie no meu do patio do colegio,na minha calcinha tava escrito "por coca-cola no almoço !"

-Nossa!! Eu lembro,voce foi suspensa.Você nao tem juizo.-huve muitos risos.Nostalgia. 

-Quer fazer algo louco agora?

-Mas você vai ter problemas se sair assim do trabalho.

-Eu te disse que era encrenca....


 


Notas Finais


Velho,ficou um tanto "nada com nada" esse capitulo.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...