História Não há jeito melhor de fazer as pazes. IMAGINE JUNGKOOK - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jungkook
Visualizações 222
Palavras 844
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Hentai, Romance e Novela
Avisos: Heterossexualidade, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oiin, mais um.

Capítulo 1 - Melhor


Fanfic / Fanfiction Não há jeito melhor de fazer as pazes. IMAGINE JUNGKOOK - Capítulo 1 - Melhor

       Faz dias que não vejo Jungkook, pois o eu o vi aos amassos com outra garota, e ele vem me falar que ela que o agarrou sendo que ele passava suas mãos no corpo dela. Estou deitada na cama quando ouço batidas na porta.

- O que vc quer? - pergunto fria

JK - S/n, amor, me perdoe. - o observo e ele està com os olhos vermelhos.

- Entre. - ele entra e se senta no sofá - Vamos, diga mais uma de suas mentiras.

JK - Eu te amo, não te trairia, tudo bem, ela me ameaçou se eu não ficasse com ela, vc sabe que ela te odeia.

- Cara, eu nem sei o nome dela. Como assim ela me odeia, o que eu fiz pra ela?

Jk - Ela se chama Yooná, e não gosta de vc pq é vc é minha namorada. Ela é minha ex. - falou

- Então ela acha que eu te roubei dela? - ele afirma - Isso não tem cabimento. - subi pro meu quarto

Me deitei na cama e sinto a presença dr alguém.

Jk - Noona…vc vai me deixar? - aish, não consigo dizer não quando ele me chama de nooa com uma voz fofa

- Não Kook, não vou. - me levantei e vi um sorriso em seus lábios, os que eu quero beijar

Jeong Jungkook, o garoto um ano e dois meses mais novo, desde que o vi no colégio, eu me apaixonei, minhas amigas também o achavam lindo, mas depois de eu falar pra elas que gostava dele, elas me apoiaram e me ajudaram.

Com o tempo eu fui me aproximando dele, e ganhando sua confiança, nos conhecemos por apenas dois meses, até ele se declarar, o que me deixou surpresa. Ele é tão fofo e carinhoso, fez tudo direitinho, na minha primeira vez, ele quem ficou preocupado, a todo momento perguntava se eu estava bem. Também falava palavras doces pra me acalmar, foi assim até na quarta vez que fomos pra cama juntos.

Na quinta vez foi diferente, ele se mostrou, safado, aquele garoto que falava aquelas palavras lindas, mudou completamente, eram várias palavras excitantes, ele fazia ser perfeito, mesmo um louco bruto.


Me aproximo dele colando nossos lábios, os seus se encaixam perfeitamente nos meus, um beijo lento foi iniciado, ele como sempre, passa sua língua em meu lábio inferior pedindo passagem, cedo ao pedido, um beijo mais gostoso foi formado. Aos poucos ele foi me deitando na cama, quebrou o beijo e foi distribuindo selinhos pelo meu pescoço, foi descendo para meu colo, retirou minha blusa e meu sutiã.

Jk - Minha linda. - sorriu ,ele ainda tem o poder de me fazer corar

Ele segura um, e o beija, começando a simplesmente mamar como um bebê, isso me tirou vários gemidos baixos. Após terminar seu trabalho, ele retira sua camisa e meu short com a calcinha e me olha nos olhos. Quando sinto ele penetrando um dedo o que me fez gemer seu nome, lhe tirando uma risada nasal.

Jk - Tudo bem noona? - ainda se preocupa com meu bem-estar , afirmo e ele começa a estocar seus dedos devagar. Logo ele os retira, se despindo e se encaixando em mim - Hoje vc escolhe como será. - ele morde o lóbulo da minha orelha

- Quer como se fosse minha primeira vez. - falei baixo um tanto corada

Jk - Assim será. - falou e beijou-me

Ele foi entrando devagar, não tirava os olhos de mim, ao entrar por completo, gememos juntos, ele encosta sua testa na minha e começa com investidas lentas, e fundas, me tirando gemidos baixos, as palavras que saíam de sua boca, me faziam sorrir, os beijos.

Logo estávamos suados, e nenhum chegado ao ápice. Troquei as posições e fiquei por cima. Rebolando e quicando, gemendo baixinho, olho pra Jungkook que esta segurando minha cintura e ajudando nos movimentos.

Jk - Noona… - falou ofegante - Oh céus…

Cavalguei mais rápido sentindo meu orgasmo cada vez mais perto.

- Jung-Jungkook…eu…- falei olhando pro mesmo - Tô quase…hhuum.

Jk - Noona, Aah e-eu tam-também.

- Kookie…aawwwnn. - joguei a cabeça pra trás

Ele rapidamente me vira e começa a estocar fundo e rápido me fazendo revirar os olhos me desfaço gemendo seu nome em alto e bom tom, logo ele se desfaz em mim, gemendo rouco e alto, por fim, dizendo meu nome e me olhando nos olhos.

Senti seu líquido me preencher, e ele sorrir deitando-se ao meu lado.

Jk - Vc está bem?

- Sim, eu te amo muito. - sorrio deitando em seu peito

Jk - Amo esses momentos depois da transa. - ele riu fraco

- Porque?

Jk - Porque eu sinto seu coração bater igual antes, quando lhe pedi em namoro. Eu te amo. - ele me abraça - Vc também não sabe o quão bom é sentir seus seios nús em mim.

- Não há jeito melhor de fazer as pazes. - sorrio e caímos no sono


Semanas depois descobrimos que eu estava grávida.












Notas Finais


Bom, é isso.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...