História Não me deixe esquecer de você. - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Tom Holland
Personagens Personagens Originais, Tom Holland
Visualizações 39
Palavras 1.059
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Romance e Novela
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Me desculpem pela demora e não me matem por favor ahahsha
Espero que vocês gostem e hoje mesmo sai outro capítulo
Boa leitura 😊

Capítulo 5 - Como assim... Coma


Fanfic / Fanfiction Não me deixe esquecer de você. - Capítulo 5 - Como assim... Coma

Tom .POV.

- sim sou eu ~ disse me virando o mais rápido possível quando ouvir a voz do doutor~

- bem, eu sou o doutor Róger, sou eu que estou cuidando do caso da Rafaela. Vocês estão acompanhando ele?

O doutor disse se referindo aos meninos que estavam do meu lado, que estavam prestando atenção nele também.

- oi, sim estamos juntos dele sim, somos todos íntimos da Rafaela. ~ disse Harry~

- estão está bem, poderei falar na frente de todos o estado que ela se encontra.

- ela tá bem, ela vai se recuperar, não aconteceu nada demais? ~ comecei a fazer várias perguntas para ele sem pensar.

- se acalme meu jovem vou lhe contar tudo que aconteceu na sirurgia. Bem como já foi tido antes ela perdeu muito sangue no acidente, fizemos o máximo possível para ela não ter sequelas ou algo do tipo mais só podermos saber se ela está bem quando ela acordar.

Eu simplesmente estava encarando o médico sem saber o que falar, pois ele tinha falado um monte de coisa, mas não me disse se ela estava bem ou não e como assim esperar era acordar, então antes mesmo de eu perguntar haz perguntou na minha frente

- como assim quando ela acordar?

- ela foi anestesiada e está dormindo por causa dos medicamentos para não sentir dor durante a sirurgia, e daqui 1 hora e meia provavelmente ela irá acordar e podemos terminar de fazer os exames necessários. Então eu só posso pedir para vocês esperarem. Obrigado pela atenção e qualquer coisa eu aviso a vocês.

- a gente não pode ir ver ela?

- infelizmente não podem Thomas. ~ disse o médico~

Então Sam fala se sentando

- então só podemos esperar mesmo.

Então o doutor sai e nos deixa lá sozinhos na sala se espera, sem saber se ela estava realmente bem ou não

QUASE 2 HORAS DEPOIS

Os meninos estavam quase dormindo, e eu nem consegui descansar por não conseguir parar de pensar na Rafaela, de como ela está se está com dor ou não, se está com medo ou qualquer coisa que ela não esteja confortável. E o médico falou que em 1 e meia ela já ia ter acordado e eles já iam vir falar conosco mais já se passos quase 2 horas e nada deles, já tinha ido mil vezes na secretaria para ver se tinha alguma notícia mas ela sempre falava a mesma, coisa que eu tinha que esperar o médico por notícias, já estava muito impaciente e andava de um lado para o outro quando vi o doutor vindo em minha direção, já se avia passado das 2 horas de espera, mas eu estava com sentimentos que ele ia me trazer notícias boas sobre ela. Então ele chegou até mim e disse.

- você pode chamar os outros amigos dela por favor.

Então fiz o que ele avia me pedido, chamei eles que se levantaram super rápido e vieram em direção ao médico.

- bom os senhores podem me acompanhar por favor.

Ele simplesmente se vira andando em direção reta e nos o seguimos, não sabia bem para onde ele estava nos levando mas ele não estava com uma expressão muito boa em seu rosto e isso me deixava um pouco preocupado com o que ele ia nos dizer. Andamos por alguns corretores até chegar numa sala que parecia ser dele mesmo, era bem simples tinha umas 3 cadeiras, várias coisas em cima da mesa dele, tinha um quadro nas duas paredes laterais e ele faz um movimento como se quisesse que senta-se mós , como ia faltar uma cadeira ele puxou um banco que estava a trás da mesa e falou.

- por favor quero todos vocês sentados.

Então já estávamos todos sentados, Sam ficou sentado no banco, haz se sentou do lado dele eu me sentei no meio e Harry na outra ponta que ficava do meu lado. Então o médico fez movimentos que parecia que ele ia prosseguir com que ele queria falar

- bom pedi para que vocês viessem aqui por que o que vou contar para vocês não vai ser tão fácil assim.

Quando ele disse aquilo meus olhos já começaram a arder como se fosse começar a chorar denovo, não queria chorar ali na frente do médico mas foi meio inútil pensar que não ia chorar alí, sendo que as primeiras lágrimas já estavam rolando sobre o meu rosto, não me vinha nada na cabeça a não ser o pior, mas quis me concentrar no que o médico ia continuar a falar.

- antes que vocês pensem qualquer coisa, ela está bem okay.

Quando ele me disse que ela estava bem me veio um alívio em meu peito muito grande, então eu não entendia o que seria então complicado dele falar para a gente

- bem como eu disse mais cedo para vocês a gente ia esperar a Rafaela acordar para podemos fazer os procedimentos necessários, mais o que veio acontecer, já avia passado da hora dela acorda e ela não acordava esperamos mais um pouco para ver se ela acordava naturalmente mas não adiantou muito, então colocamos um medicamento nela que varia ela acorda imediatamente, porém isso não aconteceu

- Espera aí, como assim ela não está acordado? ~ eu perguntei em desespero~

- é nessa parte que eu quero chegar, quando colocamos esse medicamento para acordar nossos pacientes eles sempre acordam a não ser... Se eles estão em coma

O que, quando ele disse coma não sabia mais o que pensar, eu olhei para os meninos e eles estavam completamente sem reação, não sabia dizer quem estava pior ao receber a notícia, então eu disse

- como assim coma doutor, mas e agora o que vai acontecer com ela ?

- infelizmente não podemos fazer muito a respeito, apenas esperar ela acorda, não sabemos quanto tempo ela irá demorar para acordar. E se quando acordar, se ela vai ter alguma sequela pois o cérebro é uma área muito delicada. Mas não iremos parar de cuidar dela até ela acorda.

Eu estava pasmos, completamente sem chão eu só queria ver ela mais nada, eu quero ela do meu lado rindo e fazendo seus comentários sinceros e tomando nosso café juntos, ver ela me fotografando ou se assustando com o filme de terror ou tendo uma crise de riso com um filme de comédia ou com a piada sem graça que eu contei.

- doutor só quero saber se posso ver ela?


Notas Finais


Espero que vocês tenham gostado e o próximo capítulo vai ser mais curto só para não contar o que vai acontecer e comentem o que estão achando ou qualquer coisa hahsh até o próximo capítulo


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...