História Não morra... - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Colegial, Comedia, Drama, Original, Romace, Suspense, Violencia
Exibições 5
Palavras 1.768
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Ecchi, Escolar, Festa, Mistério, Poesias, Policial, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Estupro, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Boa leitura

Capítulo 3 - Sentimentos


P.O.V Ayame Dos Santos ON  

Nunca se pode amar alguém sem sentimento. O amor é somente uma fraqueza para os homens e também para as mulheres. Nunca foi facil amar alguem tanto como foi amar demais o primeiro amor. Eu nunca queria ter me apaixonado pelo Gabriel Dutra! Eu nunca pedi para ama-lo!  Na época , era somente um amor infântil , sem maldade, mas com o passar dos anos , esse amor infântil se transformou para um amor de "adolecente", talvez? Nunca fui boa de amar pessoas. Eu admito! Eu nunca amei ninguem! Nem minha propria familia eu amo! Como eu poderia amar outra pessoa ?!  Sempre fiquei pensando comigo mesma : "Será que eu fui feita para nunca armar alguém?"


Eu nunca entendi o gabriel , por que ele agora , passou a me chamar assim ?. Eu sempre fui fiel! E nunca dei motivos para ele se sentir trocado ou traido! O que deu nele? Foi ele que quis terminar do nada ! Sem mais e sem menos! Sempre somos fomos felizes juntos! Foram 3 anos e 6 meses de namoro , os melhores anos da minha vida , eu acho...Mas de um tempo pra cá , ele tem ficado estranho , a 2 semanas atras eu acho , ele estava muito estranho , estava me evitando , me ignorando! Como se estivesse querendo ficar distante de mim...?


  Eu Admito , amar uma pessoa assim por tanto tempo , é dificil! Sendo que tem garotas fazendo de tudo para roubar o meu namorado! Até que é normal , neh? Mas fala serio! Quem não ficaria louca por um garoto com 17 anos , cabelos curtos negros macios e lisos ,  bagunçados e desarrumados no estilo gotico , pele morena , olhos azuis claros , dentes perfeitos e alinhados , musculoso , sarado , faz academia , esta termiando o segundo grau para fazer faculdade de direito para ser advogado , voz roca e sexy , protetor , carinhoso , educado ,  romantico e ainda gosta de tudo que vc gosta?! OMG!  É um garoto perfeito para casar!  Não é todo dia que se encontra um garoto assim!  Parei! Meninas abaixem os fogos , ele já tem dona huehue! Ah! Não pera...Ele ta solteiro '-'! Podem brigar por ele meninas!


  [...]


  Eu acordava , com os olhos inchados por causa do choro, eu apenas suspirava , levantava indo ate o banheiro , lavando o rosto , arrumando um pouco meu cabelo , pegava meu celular que estava em cima da minha escrivaninha , desbloqueava meu celular , e via 17 ligações perdidas da Emanuelle , e 124 mensagens no mensseger e whatsapp da Stéfany e da Annjinha! Puta que pariu , como eu sou amada por minhas amigas ;-; ! Já vi que a Emanuelle vai me enforca , stéfany vai falar pra casete , e annjinha ? Já vou começar a escrever meu testamento !


  Pois bem , eu enviava mensagem pra todas , falando para me encontrar na casa da Emanuelle , as 14:00 , e todas diziam um "Okay". Eu deixava meu celular carregando na tomada , ia ate o banheiro , entrava no box , tomava uma ducha rapida , porque era 13:40 , saia do box enrolada numa toalha , voltando para meu quarto , indo ate o guarda-roupa , escolhendo uma roupa para sair : uma lingerie preta sem rendas , uma regata preta com alças justo nos seios e no corpo , um short jeans azul escuro com aqueles rasgados top , sapatilha vermelho escuro simples e um casaco levinho cinza claro. Vestia aquelas roupas , só que o casaco eu amarrava na cintura , ia ate a pentiadeira , penteava meus cabelos , secava de leve com a toalha , deixando eles meios umidos , mas foda-se , passava uma maquiagem basica , apenas mascara de cilios , bluss , base , lapis de olho preto , uma sombra de levinho que nem aparecia , e para fechar com chave de ouro , um batom meio rosa cor de pele claro. Pegava meus fones colocando no celular , colocando a musica do MC Pikeno e Menor - Toda Toda. Colondo somente um fone no ouvido e o outro solto em cima do ombro , colocava meu celular no bolso de tras do short , colocava um pouco de dinheiro no bolso da frente do short. Eu via a hora , era 13:50 , tinha 10 minutos para chegar na casa da emanuelle , eu apenas saia de casa , deixando um bilhete na geladeira para meu irmão , que tinha ido para a faculdade e minha irmã que tinha ido trabalhar. Pois eu chegaria tarde e não tinha avisado para ninguem , eu já do lado de fora , fechava a porta com a chave , colocando a chave presa na alça de cinto do short , eu via meu cachorro pastor alemão , no jardim brincando com uma borboleta , eu pegava a coleira de passear , colocava nele , e saia de casa com ele , logo eu caminha indo para a casa da emanuelle , com meu cachorro pastor alemão junto. Ah! Esqueci de avisar , o nome do meu cachorro é James '-' .


  [...]


  Eu já estava na casa de emanuelle , com ela no quintal da frente da casa dela , deixando meu cachorro james , brincar com o cachorro dela , Max , eles estavam brincando pelo jardim , enquanto eu e emanuelle , estavamos sentadas em um banco no jardim olhando a rua , esperando a Stéfany e Annjinha chegarem. Enquanto isso , eu ouvia sermão de emanuelle :


-AONDEEEE TUUUU TAVA SUA KENGA , QUE VC NÃO ME ATENDEU?!!!!! - Ela dizia gritando


  Eu apenas suspirava e dava um tapinha no ombro dela :


-Não grita Baka! Eu estava dormindo - Eu dizia olhando para rua


-Dormindo? Em plena manha e inicio da tarde ? - Ela dizia num tom ironico


-Sim Manu , e não me pergunte o porque , pois estou cheia de reclamações e sermãos por hj ! - Eu dizia suspirando com raiva


-Que isso amiga! Oq aconteceu com a Cabelo de esperma desifetante sabor ketchup ?! - Ela dizia me zuando


-NÃO ENCHE MANU! - Eu gritava com raiva de cabeça baixa


  Logo eu sentia lagrimas escorrer , eu estava chorando novamente por causa do gabriel...AH! Que dor! Somente isso que o amor traz! Dor e mais dor!!!!


-Ayame?  Oq  foi ? - Manu perguntava preocupada


-Gabriel terminou o namoro comigo... - eu sussurrava


  Manu tinha mudado de expressão preocupada , para uma expressão triste , ela apenas virava para mim , me puxava pelos ombros , me grudando no corpo dela , ela havia me abraçado forte , quase me sufocando , por causa que ela estava me apertando contra o meio dos seios dela , que porra veio , ela tem uns peitões enormes , ela ta me sufocando porra! Eu tentei me afastar dela , mas ela continuava me apertando , quando eu decidir fazer algo muito escroto : morde o seio dela huehue! Eu mirava no seio direito , e mordia cravando os dentes , ela gritou de dor , me jogando no chão..


-AH!  Que merda é essa Ayame?!!!!!! - Manu dizia com uma cara dolorida


-Vc estava me sufocando sua puta , eu não quero morrer ainda caralho! - Eu dizia me levantando do chão


  Manu xingava baixo , eu revirava os olhos , eu apenas sentava novamente no banco , e olhava o céu , que estava mais azul sem nuvens , com o sol radiante fraco no céu. Eu sorria olhando para o céu , que tinha a mesma cor dos olhos de dutra. Com esse pensamento , eu mordia meu labio inferior ate cortar , balançava a minha cabeça , olhando para os cachorros deitados na grama , descansando , eu sorria dizendo :


-Lembra quando eramos criança , manu? - eu perguntava


-Eh? Sim me lembro - Ela dizia


-Quando eramos inocentes , e tinhamos que aguentar as provocações pervetidas dos nossos amigos de escola ? - Eu dizia com um sorriso de canto


-Sim!  Eram tantos pervetidos - Ela fazia um cara triste


-Mas um dos meninos nos chamou a atenção...- Eu dizia olhando ela


-Não me diga que... - ela sussurrava


-Samuka! O menino mais popular e lindo da escola! E também o mais timido do mundo! - Eu ria me lembrando


-Não ria Ayame! Ele era muito inocente! - Manu dizia emburrada


-Era não , ele ainda é! Lembra quando fomos para a 5 serie do fundamental , quando nos chegamos naquela parte dos orgãos reprodutores! Ai meu rin! Samuka ficou mais vermelho doq um tomate!  - Eu ria muito me lembrando daquela epoca


-E quando chegou na parte do orgão reprodutor feminino! Porra! Samuka ate desmaiou no meio da sala caralho!!!  Oh! Menino timido pra porra! - Manu caia na risada


-Sim!!! hahahha! Mas quando o professor mandou eu levar ele para enfermaria , quando chegamos lá , ele acordou totalmente vermelho , eu aguentava para não rir! Foi ele que naquela época , me roubou um selinho inocente! E que inocente mesmo! Até eu fiquei impressonada pelo ato de Samuka! Pois um menino tão inocente! Roubar um selinho meu é macumba! - Eu dizia colocando as mãos em meus labios


-Sinto tanta saudades dele! - Ela dizia triste


-Não soube ? - Eu dizia no suspense


-Não soube de que? - Ela perguntava confusa


-Ele voltará do Japão daqui alguns dias!  Samuka estará de volta Emanuelle! - Eu dizia feliz


-AINNNNN MEUUUUUU CORAÇÃOOOOOOO!!! - Manu desmaiou de alegria


  Eu fiquei com aquela cara de puta e de riso , apenas coloquei ela deitada no banco , e esperei ela acordar , eu estava mexendo no meu celular quando , recebi uma ligação no zapp , eu atendi :


-"alo"


-"Ayameeeee?"


  Eu suspirava , e revirava os olhos respondendo :


-"Diga Bruno "


-"Ainda está de pé o nosso jantar hj? "


  Eu tinha totalmente esquecido do jantar com a familia do gabriel dutra hj a noite as 20:00. O Gabriel vai passar na minha casa para me buscar e parece que nem a familia dele sabe que nos terminados , e ele nem quis avisar...


-"Sim , está Bruno , era só isso ? "


-"Sim , e mais uma coisa , Se arrume bem bonita e formal! "


  Ele desligou sem esperar a resposta , então eu apenas mudei a musica de MC João , a musica Baile de Favela. E guardei meu celular de volta no bolso do short. Eu olhava para a rua novamente e via "ele" , entrando pelo portão do jardim da emanuelle....


P.O.V Ayame Dos Santos OFF



Notas Finais


Comentem
Beijos!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...