História Não morra... - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Colegial, Comedia, Drama, Original, Romace, Suspense, Violencia
Exibições 4
Palavras 1.039
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Ecchi, Escolar, Festa, Mistério, Poesias, Policial, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Estupro, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Boa leitura

Capítulo 4 - Gray?!


P.O.V Ayame Dos Santos ON 


  Eu sentia meu coração falhar um pouco por 1 segundo , olhando "ele" , logo eu via ele , se aproximando de mim na forma normal dele , com uma camisa social blusa bem passada , que estava meio colada no corpo dele , macando os braços , uma calça jeans azul escuro colada no corpo um pouco e um tenis preto combinando. Ele chegava perto de mim e dizia com a sua voz roca : 



-Ayame? - ele me chamava me tirando do transe



-Gray? ?!!?!?!?!?!? - eu ficava surpresa 



-Oq vc faz aqui ayame? - gray perguntava



-Vim encontrar umas amigas minha junto com a emanuelle...- Eu dizia baixo



  Gray , um garoto com seus 18 anos , cabelos negros um pouco longos que batiam no ombro , bagunçados e macios , pele morena , musculoso , olhos azuis claros , dentes brancos perfeitamente alinhados , um garoto que estava estudando medicina no ensino medio. Gray é um garoto estudioso , e o garoto perfeito! Só que é ciumento e possessivo, ele é legal e simpatico, um garoto perfeito talvez. Eu sempre gostei dele no ensino fundamental , e continuo gostando dele. Logo eu via ele se sentando ao meu lado , fazendo o mesmo que eu , ele observava a rua igual eu , dizendo :



-Faz um tempo que a gente não se vê , não é ayame? - Ele dizia sem olhar para mim



-Sim , apois vc termina o fundamental , vc mudou de escola , ai nos se paramos de vê...- eu dizia baixo



-sim , vc ficou mais bonita sabia ayame ? - Ele dizia 



  Eu sentia minhas bochechas arderem , eu havia ficado vermelha , eu virei o rosto , tentando conter o vermelho em minhas bochechas , então ele continuou :



-Vc melhorou em todos os sentidos , Emanuelle , sempre me falava como vc estava mudada e melhor fisicamente , e por isso ela me chamou para vê vc aqui hj. E as outras meninas falaram que não vão vim hj , para deixar a tarde inteira livre para nos dois passearmos , aceita ? - Ele dizia



  Ai meu deus! O garoto mais lindo do mundo , esta me chamando para sair , será que eu aceito? 



-Sim...- Eu dizia



  Ele se levantava , estendia a mão dele para mim , para eu me levantar , eu segurava a mão dele , me levantando , limpando meu shot , tirando a poera. Eu deixava meu cachorro na casa da emanuelle , e eu passaria de volta para busca-lo. 



  Eu e Gray saiamos do jardim de emanuelle , e começavamos a caminhar em direção a uma sorveteria que havia perto do parque , nos chegavamos lá , sentavamos em uma mesa , o garçom vinha até nós dando para nós o menu , e saia :



-Oq vc vai querer ayame ? - ele perguntava



-Não sei ao certo! Tem tantos sabores - eu dizia sem graça



-Concordo! - ele dizia tambem



  O garçom voltava com o caderno de anotações e perguntava para nos :



-Oq vão querer ? - o garçom perguntava



-Eu vou querer um sorvete napolitano sabores morango , chocolate e creme , numa casquinha grande com colher - eu dizia 



-E eu vou querer o mesmo que ela , só que os sabores chocolate , uva e flocos - Gray dizia 



  O garçom acenava com a cabeça um "okay" , ele pegava os menus e ia buscar nossos pedidos , enquanto nos esperavamos , o gray decidiu puxar assunto :



-Como estar indo a sua vida ayame ? - ele perguntava



-Está indo um pouco mal , meu namorado acabou terminando comigo sem motivo...- eu dizia olhando para o lado



-Oh!...Meus pensames Ayame! - ele dizia me consolando



-Tudo bem Gray! Eu vou superar , vaso ruim nunca quebra! - Eu dizia sem graça



  Ele ria comigo , logo nossos pedidos chegavam , eu acabava sujando meu nariz com sorvete de morando , gray viu , venho ate mim , se sentou ao meu lado , e virou meu rosto para o dele , e limpou o sorvete no meu nariz com a lingua...Eu fiquei violentamente vermelha e sem reação...Nos estavam com o rosto muito perto um do outro...Isso estava acontecendo rapido demais...Quando eu percebi , ele tinha segurado meu queixo , aproximando do rosto dele , quase selando nossos labios , quando alguem chegou impedindo a gente :



-Ayame!!! - a pessoa gritava



[...]


  Pessoas entram na sua vida, por uma razão, por uma estação ou por uma vida inteira. Quando perceber qual motivo é, você vai saber o que fazer com cada pessoa. Quando alguém está em sua vida por uma razão ... é, geralmente para suprir uma necessidade que você demonstrou. Então, sem nenhuma atitude errada de sua parte ou em uma hora inconveniente, esta pessoa vai dizer ou fazer alguma coisa para levar essa relação a um fim. Ás vezes, essas pessoas morrem. Ás vezes, elas simplesmente se vão. Ás vezes, elas agem e te forçam a tomar uma posição. O que devemos entender é que nossas necessidades foram atendidas, nossos desejos preenchidos e os trabalhos delas feitos. 



  Minha vida é estranhamente violenta. Quando eu digo que "já estou indo" , eu apanho... É como se foce um alerta , talvez? Uma vez senti um forte cheiro de alcool vindo do corredor para meu quarto , era de madrugada , com esse cheiro , eu acabei acordando , tentei acender a luz , mas a lampada explode , sinto que alguem quer me matar...Mas quem ? Há varias perguntas , mas poucas respostas...Sinto minha vida por um fio , mas quem pode me salvar?



  Eu perdi minha alma , e minha vida , eu estava com todos vcs aqui em minhas mãos...Todos os meua amores embrulhados em neblina. Perdi tudo em alguem de algum sonho...E desde então , eu ando solitaria , sem saber onde pôr minhas esperanças...Se andando pelas ruas , se vc me encontrar , por favor corra...corra o mais rapido oq puder...Antes que seja tarde...



Nunca foi uma das melhores pessoas...


Mas porque sempre fui tratada tão violentamente por ele?


 Nunca o culpei ou dei motivos para ele agir assim comigo...


Isso esta me matando...Me matando aos poucos...



[...]


P.O.V Ayame Dos Santos OFF






Notas Finais


Comentem
Beijos!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...