História Não morra... - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Colegial, Comedia, Drama, Original, Romace, Suspense, Violencia
Exibições 6
Palavras 724
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Ecchi, Escolar, Festa, Mistério, Poesias, Policial, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Estupro, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Boa leitura

Capítulo 5 - Acabou Gabriel Dutra!


P.O.V Ayame Dos Santos ON


  Naquele momento, eu tive vontade de morrer sabe...Não queria mais viver naquele momento , queria que meu coração para-se e eu cai-se na escuridão eterna. Ele estava parado em minha frente , com um semblante de raiva e odio. 


-Ayame , vc é uma vagabunda mesmo! Nem terminamos direito e vc já esta nos braços de outro?! - Gabriel dizia com raiva


-G-Gabriel! Não é nada disso! - Eu dizia olhando para ele


-Não é? Então oq eu estou vendo é uma miragem? Ayame! Não brinque comigo! Eu estou vendo muito bem , vc quase beijando esse garoto ai! - Ele dizia


-Gabriel! Deixa eu expli...- Eu era interropida por gray


  Gray estava com uma expressão de raiva , ele me soltou , e segurou na gola da camisa de gabriel , o levantando ate a altura dele, dizendo cerrando os punhos :


-Olha aqui seu pedaço de aborto mal feito, não fale assim de ayame! Ela não é uma puta e nem vagabunda! Ela é uma garota perfeita! E se vc terminou com ela sem motivo , vc não merece ela! E se bem que eu sei, vc terminou com ela , então ela tem todo o direito de ser feliz com outro! E vc não é mais nada dela pra vc mandar ou controlar ela! - Gray dizia dando um soco no gabriel


  Gabriel caia no chão com a boca sangrando , porque sabe...Gray é forte e musculoso '-')... Gabriel limpava o sangue que escorria da boca dele olhando gray com odio. Eu estava ainda chocada com aquilo , sem reação alguma , somente estava com os olhos arregalados surpresa. Ai o gerente da sorveteria brotava do nada mandando gabriel e gray sair do estabelicimento dele , gray pagou os dois sorvetes , então apois isso eles sairam , ficavam ser encarando na calçada , pronto pra brigar , eu apenas sair do meu transe , e fui lá pra fora , fui ate na frente de gray dizendo :


-Chega gray! Pare com isso! Vamos embora! Agora! - eu dizia segurando o rosto de gray pra ele me olhar


  Ele ainda estava cego de raiva , e ele não tirava os olhos de gabriel , então eu apenas mandei um foda-se pro gabriel , e beijei o gray da forma mais carinhosa possivel. Eu sabia , se eu não fizesse nada , aquilo ia matar os dois! Senti gray me abraçando , com a respiração dele se estabelizando , e a expressão dele voltou a ficar calma. Nós dois fechamos nossos olhos pra aproveitar aquele momento rapido , mas logo nos separamos , pois eu só tinha o beijado para acalma-lo. Eu abria os olhos vendo os olhos deles , que estavam mais calmos e a pupila normal. Eu suspirava fundo e dizia me virando para gabriel :


-Suma daqui Gabriel! Vc me fez sofrer , e eu não vou uma patetica pra voltar com vc! E sobre o jantar de hj?! Pode cancelar tudo! - eu dizia virando as costas para ele


  Eu e Gray iamos embora dali , em direção a casa da emanuelle pra eu pegar meu cachorro e irmos para casa. Estava cansada e exausta. Já eram 17:40 da tarde , e tinha que chegar em casa pra aula de espanhol que eu tinha pelo periodo da noite. Chegavamos na casa da emanuelle , eu pegava meu cachorro , e estavamos em direção a minha casa , quando cheguei em casa , Asuke estava saindo de um carro preto bem caro por sinal , ela estava com um sorriso bobo no rosto , quando ela percebeu eu chegando com gray , ela se despediu de alguem que estava dentro do carro ,e o carro deu partida. Cheguei perto dela e disse :


-Quem era? - Eu perguntava


-Um amigo de trabalho , que me deu carona até aqui - Ela dizia - Ah! Oe Gray-Senpai! - Ela dizia feliz


-hm! - Gray dizia 


  Já vi que tem alguem de mau humor...Eu entrei em casa , asuke convidou gray para jantar com a gente , ele não recusou por educação. Ela dizia pra ele esperar na sala , que ela iria tomar banho para começar a fazer o jantar , e eu tambem iria fazer a mesma coisa. Gray acendio com a cabeça e ficou sentado na sala.


P.O.V Ayame Dos Santos OFF



Notas Finais


Comentem
Beijos!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...