História Não Negue - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Exibições 17
Palavras 387
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Ficção, Ficção Científica, Luta, Magia, Mecha, Romance e Novela, Sobrenatural, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Mutilação, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Hey! Er....Não tenho nada a dizer...
Quer dizer, tenho sim!
Uma nova fic que queria fazer a muito tempo mesmo!
Mas eu não tinha uma conta em qualquer site de fanfic e sempre esquecia de fazer mas, ta aí!
-Kitty_Cat123

Capítulo 1 - Capítulo 1


"O mundo poderia ter uma coisinha diferente na minha vida, algo que pudesse mudar minha vida, mas se não acontecer eu não ligo.Algo que eu admiro é pessoas corajosas, não do termo ser valente, dar sua vida por milhões de outras.E sim de pessoas que tem contato com o outro mundo,isso me interessa e muito.Sou uma pessoa infeliz gostaria de morrer só por curiosidade, aquele ditado "a curiosidade matou o gato" eu seria o gato."

Alex, 18 anos,alto,magro meio forte,sério,frio,veste roupas como: Uma jaqueta vermelho vinho,uma camiseta por debaixo da jaqueta, branca com "Não tenho nada de importante" escrita nela, calças jeans pretas um pouco rasgadas no joelho,um tênis preto avermelhado modelo All Star Converse. Cabelos Albinos, pele um pouco albina, olhos azuis,mas as vezes muda a cor.

Bem esse sou eu e agora estou indo para um presidio cheio de gente não confiável e que só quer te ver queimar até morrer,e as vezes queria fazer essas pessoas sofrerem,bem,não todas,tem gente que merece a misericórdia, as vezes para se acalmar você só precisa ver as pessoas se darem mal.As vezes queria ir para outro planeta,bem de qualquer forma quando eu morrer com certeza irei para o inferno.

Quando as pessoas são normais de mais,não mexa com elas pois elas podem ser o demônio se você ver bem.

Não que eu queira fazer vai fazer importância,eu não tenho importância,nunca tive importância...

Mark: Hey! Alex!

Alex: Oi

Mark: Você vai fazer aquilo mesmo?

Alex: O que? Eu prometo coisas e nunca faço...

Mark: Er...O pacto.

Alex : Pacto?

Mark: É,eles tão dizendo! Vem comigo!

Alex: Eita! Mas eu mal entrei na escola!

Mark me levou ao banheiro que estava com as luzes desligadas, me deu um arrepio no c*.

Mark: Aqui.

Mark: ligou a luz e não tinha nada, estranhei e disse:

Alex: Cara por que você me trouce aqui?

Mark me puxou para uma das "capsulas" onde você faz o número 2, (sim eu esqueci o nome).

Alex: Mas oqu...

Mark Me calou com um beijo.

Nesse momento fiquei muito assustado,tipo,por que?.

Mark sempre me olhava com um brilho a mais nos olhos,um olhar apaixonado, mas sempre ignorei.

Depois de terminar o beijo ele me disse:

Mark: Obrigado,por confiar em mim.Fiquei com tanto medo de fazer isso e eu fui no embalo!

Alex: se acalme!

CONTINUA ....


Notas Finais


Bem, eu fiz pouco mas eu fiz.
Acho que eu exagerei ....

-Kitty_Cat123


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...