História Não Quero Te Amar - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Teen Wolf
Personagens Derek Hale, Stiles Stilinski
Tags Revelaçoes, Romance, Sterek
Exibições 208
Palavras 1.507
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Romance e Novela
Avisos: Adultério, Heterossexualidade, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


OiOi esta é a minha nova história espero que gostem.
Não deixem de comentar e favoritar, adoro receber criticas principalmente aquelas que nos ajudam a ser mais e melhor.
Quero agradecer ao Gustavo por essa capa maravilhosa não te identifico pois não sei que nome usa aqui, obrigado de coração.
Boa Leitura!!!

Capítulo 1 - Como o Conheci


Fanfic / Fanfiction Não Quero Te Amar - Capítulo 1 - Como o Conheci

 

Alguma vez se apaixonaram pelo vosso melhor amigo, mas por algum erro da vida não sei ele não vos corresponde pois eu já.

Chamo-me Stiles Stilinski e tenho tudo na vida para dar certo, sou um homem bem sucedido aos vinte e cinco anos, tenho um bom emprego, uma família e amigos que me amam, desejado por muitos homens e mulheres, mas por algum motivo o meu coração nos últimos três anos apenas pensa numa pessoa Derek Hale.

E agora três anos depois sentado no sofá da casa dele, ouvindo este seu pedido, penso no momento em que nos conhecemos.

3 Anos Antes Festa de Mascaras

Tinha sido convidado para mais uma das festas temáticas de Lydia Martin, eu não sentia muita vontade de ir tinha que trabalhar bem cedo, mas visto ela ser a minha chefe disse que eu era obrigado a ir.

 Era o novo produtor da nova agência de modelos e tinha que estar lá bem cedo para preparar as modelos para as entrevistas.

Lydia Martin é a melhor pessoa que podemos conhecer, mas a mais louca também, e uma das minhas melhores amigas.

Voltando ao acontecimento, fui comprar um fato de última hora e as únicas coisas disponíveis era um padre e eu posso ser muita coisa mas santo sei que não sou. Um fato de enfermeira sexy com certeza ia realçar as minhas pernas e bunda, mas ninguém sabe que eu sou gay, pois ainda não senti coragem para contar, e por último um fato do Robin sempre achei me mais parecido com o Batman mas enfim era o que havia então resolvi comprar.

A festa estava ao rubro havia várias caras conhecidas, outras nem tanto. Tentei me divertir ao máximo, ainda mal tinha conseguido ver a Lydia e estava procurando ela para avisar que ia embora.

Quando eu que pelos vistos não sei andar tropeço na minha própria capa e acabo caindo nos braços vejam a ironia do destino do Batman.

Batman- Bem ainda bem que te segurei Robin, já sentia falta do meu parceiro.

Eu parecia meio lerdo, aquele sorriso galanteador e aqueles olhos verdes eu podia me perder neles.

Batman- Olha estás bem?

Stiles- Sim desculpa. O que? Não. Bem obrigado. Adeus.

Saí o mais rápido que consegui, da festa mandei só uma mensagem a Lydia a dizer que tinha ido embora.

Tentei dormir mas sempre que fechava os olhos aquele sorriso invadia a minha mente, já me interessei por outros homens antes, mas não ao ponto de perder o sono.

Quando o despertador tocou eu sentia me um lixo, aquele sorriso estava ainda preso na minha mente.

Talvez eu pudesse perguntar a Lydia quem era ele. Mas seria dar demasiado nas vistas, ela podia ser a minha melhor amiga mas nem mesmo ela sabia o meu segredo, e isso eu não queria, pelo menos não agora. Pois um dia terei que lhe contar.

 Arranjei me e fui para a agência. Assim que cheguei lá estava a Lydia linda e maravilhosa, nem parecia que tinha dado uma festa ontem.

Lydia- Nossa Stiles que cara pareces um zombi.

Stiles- Obrigado Ruiva, mas nem todos nós temos a tua capacidade de dormir pouco e acordar linda e maravilhosa.

Lydia- Nem vale a pena elogiares não te vou subir o ordenado. E isso se chama maquilhagem faz milagres.

Stiles- Sim, sim onde elas estão?

Lydia- Lá dentro tens trinta minutos até chegar o possível contrato. Nós precisamos deles, eu já fiz a minha parte agora faz a tua.

Stiles entrou na sala e tratou de tudo, o que deviam de usar o tipo de cabelo e maquilhagem, ele nunca pensou que fosse gostar desse tipo de trabalho, mas estava desesperado quando Lydia o contratou e nem pensou duas vezes.

e hoje sene que foi a melhor decisão da sua vida.

Lydia chamou Stiles dizendo que eles já tinham chegado, então ele colocou elas em fila e foi mandando cada uma ir para a sala, pelos vistos eles ficaram muito satisfeitos pois ele conseguia ouvir os elogios.

Lydia- Stiles o dono da marca quer te parabenizar, anda.

Stiles- Sabes que não gosto disso.

Lydia- Deixa te de historias se ele quer te agradecer tu vais até la ouviste.

Stiles apenas concordou e entrou, então na sala de desfiles.

Provavelmente se Lydia não estivesse a agarra-lo, ele teria caído ali mesmo no chão, pois o dono da empresa era o Batman da noite anterior.

Assim que ele o viu sorriu, o que deixou Stiles ainda mais envergonhado e com os olhos pregados ao chão.

Batman - Olá Robin, ontem saíste tão às pressas da festa nem me pude apresentar. Meu nome é Derek Hale.

Derek estendeu a mão, mas Stiles continuou sem reagir até Lydia lhe ter beliscado o braço.

Stiles então apertou a mão dizendo o seu nome.

Derek- Muito prazer Stiles e parabéns fez um excelente trabalho.

Stiles- Obrigado.

Derek- Lydia porque logo nós os três não jantamos e discutimos mais calmamente os detalhes do contrato.

Lydia- Sim. Sem problemas.

Um pouco mais tarde Lydia vai ter com Stiles.

Lydia- Stiles preciso de um grande favor teu, que logo vás jantar com Derek e feches o contrato.

Stiles- O que eu? Mas porque eu, não percebo nada disso porque não vais tu.

Lydia- Isso já é quereres saber de mais, o que te interessa saber é que não posso e sabes o quanto precisamos desse contrato.

Stiles- Ok eu vou mas sem duvida que vais ter que me aumentar.

Lydia- Se conseguires fechar o contrato é uma hipótese a ser falada.

Stiles estava em casa, se preparando para ir jantar com o Derek e estava nervoso, nunca se tinha sentido assim, sentia as suas mãos suarem bastante e rezava para que não dissesse nada parvo.

Ao chegar ao restaurante Derek já estava lá e recebeu Stiles com um sorriso.

Stiles- Boa noite Sr. Hale a Lydia teve um imprevisto e não poderá vir.

Derek- Primeiro trata me por tu não devo ser muito mais velho que tu tenho apenas vinte e nove anos. E segundo se não veio melhor para nós, assim terei mais calma para saber sobre esse possível contrato em vez de ter a Lydia a comer me com os olhos.

Stiles não conseguiu evitar gargalhar sendo acompanhado por Derek.

Stiles- Bem vamos aos negócios.

Derek- Não primeiro jantamos e nos conhecemos melhor e depois tratamos de negócios se poder ser, se não tiveres com pressa de te livrar de mim.

Stiles começou a pensar que talvez Derek estivesse a flertar com ele,e essa possibilidade deixou muito empolgado.

Stiles- Sim será um prazer.

Derek- Então porque não começas a falar me sobre ti

. Stiles- De certeza que queres ouvir a minha vida é muito sem graça.

Derek- Duvido. Pais?

Stiles- Apenas pai minha mãe faleceu quando criança.

Derek- Desculpa lamento também perdi os meus num acidente de carro.

Stiles- Lamento muito.

Derek- Já faz tempo infelizmente a vida é assim. Tens irmãos?

Stiles- Não filho único. E tu?

Derek- Duas irmãs mas não falamos muito elas vivem no estrangeiro. Então e como te colocaste nesse negócio das modelos. Foi para ficares mais perto das mulheres és esperto (risos).

Stiles tentou forçar um sorriso.

Stiles- Nada disso apenas precisava de trabalhar e Lydia ajudou me e acabei amando fazer isso.

Derek- É normal também se trabalhasse rodeado de mulheres bonitas também estava bem.

Stiles começava a não gostar do rumo da conversa e lembrou se que precisava de ser simpático para conseguir finalizar o contrato.

Derek parecia ter percebido que Stiles não gostou do rumo da conversa pois rapidamente pediu desculpa.

Derek- Desculpa não queria te ofender, nem nada disso eu realmente gostei de ti sabes com este trabalho nunca consigo tempo para fazer amigos, pessoas com quem possa realmente divertir me sem se aproximarem de mim para me prejudicarem.

Stiles- Como sabes que esse não é o meu objetivo?

Derek- Podes achar que é bobagem mas gostei da tua energia, mostras uma sensação boa, de paz e paz é o que eu preciso na minha vida.

Stiles percebeu que ali não só estava um homem lindo e pelos vistos heterossexual como um homem solitário e sem companhia.

Stiles- Obrigado. Bem agora podemos tratar de negócios.

Derek- Eu assino o contrato agora mesmo, se aceitares ir comigo numa nova boate que abriu.

Stiles- Derek não gosto muito desse tipo de locais.

Derek- Por favor Stiles vem comigo vai ser divertido, é perto do mar. Prometo que não ficamos muito tempo.

A sua cabeça dizia a Stiles, que era melhor não, que acabaria por sofrer se aceitasse, mas o seu coração pedia para dar mais atenção a Derek, que ele apenas estava a precisar de um ombro amigo e que ele poderia ser esse amigo.

Stiles- Está bem, vamos.

3 Anos Depois

Stiles repreendia se mentalmente por ter aceitado sair aquela primeira vez com Derek, tudo teria sido mais fácil desde então se ele tivesse dito que não.

Derek- Stiles estás a ouvir me, porque não me respondes? Que mal tem?
 


Notas Finais


Então o que acharam deste primeiro capitulo, espero que gostem.
Que pergunta é que o Derek fez? O que vocês acham?
O que pensam que vai acontecer nesta história?
E Lydia porque não foi no jantar?
Não deixem de comentar e favoritar.
Bjs e Abraços


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...