História Não resisto a nós dois - Tudo pode acontecer! - Capítulo 19


Escrita por: ~

Postado
Categorias Harry Potter, Irmandade da Adaga Negra, Mahou Sensei Negima!
Personagens Draco Malfoy, Gina Weasley, Harry Potter, Hermione Granger, Luna Lovegood, Neville Longbottom, Personagens Originais, Ronald Weasley
Tags Harry Potter
Exibições 14
Palavras 661
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Hentai, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Saga, Super Power, Suspense, Universo Alternativo
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Incesto, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Desculpem pela demora, mas fica meio difícil escrever quando se está bugado! Mas tentarei postar com mais frequência!!!

Capítulo 19 - Capitulo XIV


Fanfic / Fanfiction Não resisto a nós dois - Tudo pode acontecer! - Capítulo 19 - Capitulo XIV

Draco estava tão entretido com o menininho acariciando sua face, juntamente de Gina que mal percebera que um novo alguém se aproximará deles, apenas percebendo quando este se pronunciou, assustando-os.

- Executar um feitiço de regressão não verbal com extrema perfeição, é.... Ele é bem mais inteligente do que parece, - diz uma Luna maravilhada.

- Por Merlim! - resmunga assustadiço.- De onde foi que voce surgiu, garota?!

- Hora da mesa da minha casa, de onde  mais seria? Além do mais eu e Harry  somos amigos! - naturalmente.

O pequeno soltou um gritinho animado ao vê-la,erguendo os bracinhos magricelas exigindo atenção. A loira soltou uma risadinha, aproximando do menino e o pegando no colo.

- Oh, alô Harry?! Bom dia! - o menino agitou-se animado balbuciando algumas palavras incompreensíveis. - Também estou feliz em lhe ver, porém creio eu que estar no seu corpo de um jovem bebê não seja lá muito seguro. - este apenas resmungou nenhum pouco satisfeito com a resposta. - Sim eu entendo que seja a mais pratica e até mesmo eficaz para o momento, me existem muitos narguilés, pairando por esse lugar nesse instante e você está completamente exposto para qualquer um que resolver pousar em você! - o menino por sua vez começa a fazer manha para sair de seu colo, se chocalhando por inteiro totalmente desgostoso do que ouvira, iniciando por sua vez um pequeno porém estridente choro.

- Viu só o que você fez? - diz o loiro erguendo-se rapidamente do lugar indo até a outra pegando o bebê de seus braços, segurando protetoramente contra seu próprio corpo, balançando-se minuciosamente ao ninar o pequeno tentando acalmá-lo. - Ele não é mais o Harry adolescente aqui, é um bebê, se irrita facilmente, faz manhã e birra, se anima com qualquer coisa brilhante e músicas irritantes, ele não entende você! - olhando ferozmente pra garota em questão. Voltando em seguida atenção ao menino agarrado a sua camisa chorando copiosamente com a cabeça enterrada em seus pescoço, soltando soluços sofridos e pequenos queixumes. - Tá tudo bem pequeno, tá tudo bem! Shiii Shiii, O super Draco está aqui e vai te proteger de meninas metidas e enxeridas que dão uma de maluca só pra te assustar. Shii não chora bebê! 

Gina olhava a cena segurando se pra não rir, Draco Malfoy estava mesmo tentando acalmar um bebê?? E esse bebê Ainda por cima era Harry?? Alguma coisa tava muito errada ali.

- Humm, Luna creio que agora não seja uma boa hora pra você ficar por aqui. Por que você não volta pra mesa da corvinal e eu vou te passando os periódicos sobre ele durante o dia? - Ainda sem desviar os olhos do loiro, que ao que tudo indicava estava conseguindo acalmar o pequeno, porém ainda mantinha um semblante apavorado.

- Sim... Éééé.... eu já vou indo! - também não acreditando no que seus olhos viam. Deu meia volta e voltou pra sua mesa.

- Você não precisava ter falado com ela daquele jeito sabia?! Ela não tem culpa que bebês são mais intolerantes que adultos e adolescentes, tá legal?! Ela estava apenas sendo gentil!

- Gentil?? Gentil??? Desculpe mas ela foi tudo menos gentil, se tivesse sido ele não tava chorando tão desesperadamente como a uns minutos atras. - olhando o menino adormecido em seus braços. - Ela não teve nenhum tato com ele, porque que eu deveria ter com ela? - indignado.

- Malfoy, porque você não aproveita e leva ele agora pra ala hospitalar? - suspira cansada. - falta pouco mais de dez minutos pras aulas e você tem de ir até o quarto andar Ainda!

- Eu ja estava indo, não precisava você me lembrar! - resmunga enquanto ruma pra fora do lugar como o pequeno apagado em seu colo.

- Esse dia tirou pra ser o mais estranho de todos até hoje! Por Merlim que loucura! - rumando pras suas aulas e ignorando os demais em sua mesa.

 


Notas Finais


Isso se galerinha, Luna deu a graça de sua ilustre presença irritou nosso loiro favorito e irritou nosso pequeno baby Potter e desnorteou nossa ruiva linda, Draco super protetor o que acharam??? Foi mal qualquer erro arrumo depois ótima sexta a todos!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...