História Não Se Esqueça De Mim... (Imagine V - BTS) - Capítulo 36


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bangtan Boys, Bts, Hobi, Hoseok, Jeon, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Kim, K-pop, Min, Namjoon, Park, Rap Monster, Seok, Suga, Taehyung, Yoongi
Exibições 458
Palavras 608
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Bishounen, Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


OIEEEEE cap curto, mas destruidor haha 😂

Capítulo 36 - Voltar? Como Assim?


Fanfic / Fanfiction Não Se Esqueça De Mim... (Imagine V - BTS) - Capítulo 36 - Voltar? Como Assim?

Chegando ao hospital ainda estava consciente, mas com essa dor matutando em minha cabeça.

Meu irmão botou meu braço em volta do pescoço e me levantou para me levar a emergência.

~ UM MÉDICO POR FAVOR! (meu irmão grita desesperado)

Um médico apareceu com uma maca e dois enfermeiros.

Meu irmão me colocou na maca e os enfermeiros correram para sala.

~ vou ter que dar um sedativo! (o médico dialogava com os enfermeiros)

Ele colocou uma agulha em meu braço onde tem um cano fino ligado à agulha e um saquinho de soro ele encheu o soro que eu acredito que seja sedativo comecei a ficar área.

A ultima coisa que me lembrei antes de adormecer foi na expressão de Taehyung quando o deixei lá...

~ Taehyung!.... (exclamei antes de dormir)

 

Pov:*TAEHYUNG...

Eu não acredito que fiquei parado como um medroso quando a levavam sofrendo para o hospital. O que eu vou fazer? Estou com as mãos atadas.

Sentei-me no degrau da escada com as mãos na cabeça tentando não chorar, mas foi em vão... As lágrimas escorriam como forma de demonstrar minha fraqueza. Ó vida porque ser tão injusta? Porque não posso ser feliz com a mulher que amo sem dor ou sofrimento?!

~ Hoseok eu preciso ir até ao hospital vê-la não posso ficar parado pensando em mil e uma coisas.

~ você não ouviu o que o irmão dela disse?

~ eu ouvi, mas não posso ficar aqui apenas me lamentando preciso saber dela!

~ eu sei que você está mal não vai adiantar nada você ficar lá apenas encarando a mãe de _________ vamos esperar no hotel.

~ que se foda todos eu só penso em ___________ eu quero estar com ela!

~ Taehyung eu vou e te conto tudo. (exclamou Aiko)

~ não Aiko eu mesmo vou! Preciso enfrentar tudo e todos por _________!

~ ele tem razão Hoseok! (Aiko exclamou)

~ tudo bem, mas a gente vai junto! (disse Hoseok)

~ ok, então vamos

Pegamos o taxi para chegar ao hospital.

.................

Entrando na recepção avistei a mãe e irmão de ___________.

Ela me encarou furiosa.

~ O QUE ACHA QUE ESTÁ FAZENDO AQUI?

Ela exclamou mesmo não entendendo seu idioma percebi que ela estava me expulsando.

~ chega mãe desses chiliques a sua filha está dentro desse hospital pelo menos respeite! (Seu filho exclamou. Ela me fitou com fúria e foi se sentar). Desculpa Taehyung pela minha mãe.

~ eu que peço desculpa não consegui ficar lá, pois estou preocupado com ____________!  

~ eu te entendo!

~ como ela está? (perguntei apreensivo)

~ infelizmente não sabemos ainda...

Acenei com a cabeça e me sentei em um banco próximo sendo seguido por Aiko e Hoseok.

Logo em seguida o médico venho até nós. Levantamos dos assentos.

~ e ai doutor como ela está? (perguntei)

~ ela está melhorando! Mas continua sedada. Daqui algumas horas ela já pode estar acordando.

Senti um alivio no meu peito.

O irmão de _________ foi traduzir para sua mãe a noticia.

~ ainda bem, pois quando ela sair daqui vou leva-la comigo para o Brasil!

Quando ela exclamou Aiko olhou para mim apavorada. E traduziu o que ela disse.

Meu coração quase sai pela boca, ela não pode ficar longe de mim eu preciso dela.

~ NÃO A SENHORA NÃO PODE LEVAR ELA. (exclamei mesmo ela não entendendo me respondeu)

~ eu posso leva-la onde eu quiser sou a mãe dela. (Aiko traduzia-a, sério essa coisa de não entender estava me dando nos nervos).

Ela saiu de lá determinada a leva-la.

O que eu vou fazer para impedi-la? Eu vou fazer de tudo para ela ficar!


Notas Finais


Desculpem-me minhas lindas, mas talvez eu demore um pouco para postar o proximo tenho enem chegando minha formatura, provas e tudo mais estou ficando louca haha mas uma coisa eu prometo não demorar mais de uma semana ok espero que entendam, nos vemos nos coments haha


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...