História Não sou o suficiente - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Tags Drama
Visualizações 8
Palavras 585
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Romance e Novela

Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 1 - "Eu te amo "




Acho que eu nunca sou suficiente e nunca fui as vezes a vontade de morrer e grande... 

As vezes tenho vontade de matar as pessoas.... 

Eu não sei porque muitas vezes eu me odeio por eu nunca ser boa o suficiente a minha família 

Quanto mais eu tento melhorar parece que cada vez mais eu me torno pior 

Tantas palavras, gestos que as pessoas fazem que as vezes dói 

Não eu não estou falando de ser bonita mais sim da alegria 

As vezes as pessoas são tão alegres que eu sinto inveja e repulsa por eu nunca poder ter uma alegria de verdade 

Eu sou tão estúpida assim 

Ninguém gosta de. Mim as vezes eu só queria alguém para eu abraçar desabafar sem ela tentar me acalmar ou coisa do tipo 

Eu posso entender o mundo todo mais ninguém nunca vai entender 

Acho que as vezes seria bom se algumas pessoas sentisse o que eu sinto.... 

Mais ao mesmo tempo eu quero que isso não aconteça porque irá ser o motivo se me julgarem apontar o dedo e dar risada 

Eu tenho medo de amar admito 

Não quero ser machucada novamente acho que só tenho um coração de vidro ele só me faz sentir coisas que me machucam e sempre se quebra 

Tanto faz com palavras ou ações 

Todo mundo tem a chance de amar e ser amado mais... Eu me sinto inferior

Amar uma coisa que eu faço mais mais o com pessoas muito íntimas sinceramente acho que do falei a palavra te amo para minha irmã e prima simples 

Quando minha tia falou que me amava me deu vontade de chorar porque eu pensei que fosse de verdade mais não ela fala isso para todos 

É meu coração se iludiu e quebrou. 

É seus pais? 

Não costumo falar isso a eles não costumo abraçá-los ou trocar carinho 

Simplesmente eu não consigo e como se tivesse uma parede invisível na minha garganta e ela impede impede o uso te amo de passar não tenho vergonha ao contrário eu não consigo 

É raro isso sim mais é só meu pai que me abraça e fala eu te amo eu fico calada porque se não eu vou desabar 

E ele vai fazer igual a minha mãe ficar me chamando de idiota e ficar me perguntando o porquê eu choro 

Eu não quero isso se as palavras da minha mãe já me faz me sentir um lixo imagina a do meu pai 

Então me desculpe se eu sou idiota e fria sem sentimentos por não conseguir falar um só eu te amo 


Me desculpe 



A Atelophobia é um tipo de fobia caracterizada pelo medo de não ser bom o bastante ou não se sentir suficiente. Essa fobia desenvolve nos pacientes uma angústia constante pelo medo da imperfeição e do julgamento alheio.


A palavra atelofobia vem do grego Ateles, que significa imperfeita ou incompleta, e phobos, que significa medo. Esse tipo de fobia quase sempre evolui para uma



depressão.


As pessoas que sofrem desse problema têm medo de errar e não se sentem capazes de completar uma atividade com perfeição. Eles sempre acham que vão cometer algum erro em suas rotinas.


O medo de falhar ou de ser imperfeito é classificado como uma ansiedade ou distúrbio. O problema deve ser tratado com o apoio de um profissional.


A fobia pode estar relacionada a algum tipo de trauma ou estresse. O paciente atelofobico pode apresentar sintomas mentais, emocionais ou físicos. O problema pode gerar palpitação, sudorese, crise de pânico e até doenças mentais mais graves.




Notas Finais


e só eu que tenho isso de não falar eu te amo sem sentir?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...