História Não vivo sem você. 2 temporada. - Capítulo 17


Escrita por: ~

Postado
Categorias Black Pink, EXO, Got7
Personagens BamBam, Jackson, JB, Jennie, Jisoo, JR, Lisa, Mark, Personagens Originais, Rosé, Youngjae, Yugyeom
Exibições 40
Palavras 1.061
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Hentai, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Drogas, Estupro, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Espero que gosteem. To me esforçando pra fazer o melhor possivel, to tentando fazer capitulos mais compridos mas ta dificil.

Capítulo 17 - Gravidez.


    (In-chuu P.O.V)

  Eu estava na festa de natal da escola procurando Rosé, passei pela nossa sala de aula e ouvi um grito um pouco baixo.

  Rosé: para Yoongi!- Min Yoongi é namorado da Rosé, nunca gostei dele ele pode ter aquela cara de menino inocente e fofo, mas eu sei que no fundo ele não é assim. E digamos que eu não goste da Rosé so como amigo mas como ela tem namorado tenho que ficar feliz que pelo menos sou amigo dela. Entrei na sala e Yoongi estava em cima dela enquanto ela tentava se soltar. Eu puxei ele pela camisa e dei um soco em seu rosto, ele virou pra mim e me derrubou com um soco, subiu em cima de mim e começou a me enforcar enquanto ainda me dava socos. Puxei um estilete que normalmente ando apenas pra auto-defesa, e finquei no braço dele. Ele levantou com a mão no braço e puxou o estilete de seu braço o tocando pra longe.

  Eu peguei o estilete do chão todo ensanguentado, com a manga do casaco tambem ensanguentada. Ouvi a porta abrir, olhei pra tras e a diretora estava parada na porta. Ela olhou pra minha mao e depois para o braço de Yoongi. Ela ligou pra policia e para um medico que ela conhecia.

  Rosé: não precisa ligar pra policia, ele não fez nada, ele so foi me defender!- ela falou com os olhos marejados.Não demorou muito e a policia chegou. Eles prenderam minha mao atras de meu corpo com as algemas, ela começou a chorar e tentar convencer os policiais a nao me levarem mas eles não escutaram.

  Eles me botaram na viatura e fomos até a delegacia, eles ligaram pra minha mãe e ela chegou la com o JB.

  Sun Hee: O QUE VOCE TEM NA CABEÇA?

  In-chuu: foi por auto-defesa, eu juro.- ela bateu as maos na mesa em minha frente com força.

  Sun Hee: nunca mais faça isso, In-chuu, voce podia ter sido preso!- baixei a cabeça.

  In-chuu: desculpa.- ela me puxou pelo braço me levando para fora da sala. Parei na porta para o segurança tirar as algemas.

 

    (Rosé P.O.V)

  Me deixaram sozinha com Yoongi depois de terminar de fazer o curativo. Estava sentada na mesa de cabeça baixa. Yoongi levantou da cadeira e botou suas maos uma em cada lado de minhas pernas (ficou mto confuso?)

  Yoongi: isso aconteceu por sua causa!- ele apontou para seu braço machucado.- voce vai pagar por isso! Nao vai conseguir andar por uma semana!- me assustei com sua afirmação, meu corpo gelou e eu engoli á seco. Ele caminhou ate a porta e a trancou, eu desci da mesa dando passos lentos até encostar na parede, Yoongi me prendeu na parede apertando meus pulsos. Ele começou a distribuir beijos pelo meu pescoço.

  Rosé : Yoongi, eu nao quero!- falei com a voz falha e um pouco ofegante.

  Yoongi: você não tem que querer nada!- ele rasgou minha blusa a fazendo cair sobre meus pes, tirou meu sutiã e tocou para um canto da sala. Apertou um dos meus seios com muita força me fazendo soltar um grito que foi abafado por sua mão, ele desceu sua mao ate minha intimidade ainda coberta pela calcinha e introduziu um dedo, segurei o grito que ia dar por ainda ser virgem e engoli á seco, uma lagrima escorreu pelo meu rosto.

  Ele puxou minha saia junto com minha calcinha, fechei as pernas pra ele nao ter uma visao ''completa'' de mim mas ele as abriu com as maos.

  Yoongi: pare de dificultar.- ele falou um pouco irritado.

  Rosé: eu nao quero fazr isso, me deixe ir embora por favor?- falei chorando.

  Yoongi: quanto mais voce dificultar pior vai ser.- ele juntou minhas maos atras do meu corpo e me colocou deitada em cima de uma mesa. Tirou sua calça junto com sua cueca e me puxou com brutalidade de cima da mesa fazendo eu cair de joelhos em sua frente, ele colocou todo seu membro em minha boca me fazendo engasgar com o mesmo, ele gemeu alto como se nao se importasse se outras pessoas ouvissem.

  Ele me levantou pelos cabelos me fazendo deitar de bruços sobre a mesa. Senti uma dor insuportavel percorrer meu corpo, lagrimas começaram a cair descontroladamente. A dor nao passava nunca, eu chorava muito mas Yoongi nao se importava, ele gemia alto. Aumentava a força e a velocidade das estocadas cada vez mais me fazendo sentir mais dor.

  Ficamos ali por um tempo do mesmo jeito, meus braços ja doiam muito porque Yoongi ainda nao havia os soltado, minhas pernas estavam bambas nao consegui mais me equilibrar direito, cada estocada era uma nova tortura. Yoongi se desfez dentro de mim, ele vestiu sua calça e saiu me deixando sozinha chorando.

  Liguei para In-chuu e por sorte ele ja estav em casa, pedi pra ele me trazer roupas e ele disse que ja estava vindo. Vesti minha calcinha, minha saia e meu sutiã e fiquei esperando ele chegar sentada na cadeira chorando. Ele chegou com uma mochila com roupas dentro.

  In-chuu: o que esse desgraçado fez?- ele entro na sala e trancou a porta, viu como eu estava e eu nem precisei responder sua pergunta. Ele me entregou as roupas e eu as vesti- calma vai ficar tudo bem, ele vai ter o que merece.- ele cerrou o punho.

  Rosé: não faça nenhuma loucura nao quero que voce se machuque.- me abraçou e beijou minha testa. Ele me levou pra casa e depois foi pra sua.

 

    (In-chuu P.O.V)

 

    [1 semana depois]

  Estava no meu quarto jogando video-game e meu celular tocou. O peguei e era Rosé.

 

    [Ligação on.]

  Rosé: In-chuu, tem tempo agora?- ela falou nervosa.

  In-chuu: tenho, fala.

  Rosé: pode vir ate minha casa?

  In-chuu: to indo.

    [Ligação off]

 

  In-chuu: mae tenho que sair agora- falei pegando as chaves do carro do JB.

  Sun Hee: ok, nao volte tarde.- eu assenti e sai. Cheguei na casa dela e entrei direto pro quarto dela, como ja eramos mmuito amigos podia fazer isso. Ela estava sentada na cama chorando.

  In-chuu: o que aconteceu?- sentei do lado dela e ela me entregou um teste de gravidez que havia dado positivo.

  Rosé: logo dele? Essa é a pior fase da minha vida!- ela botou a mao no rosto.

  In-chuu: nos vamos cuidar disso juntos!- eu a abracei.


Notas Finais


Espero que tenham gostado.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...