História Não vivo sem você! - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Exibições 50
Palavras 526
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 10 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Romance e Novela
Avisos: Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 3 - Desesperado


             Gaby on (07:30)

Eu ainda estou pensando sobre o que aconteceu ontem. Não foi o reencontro que eu esperava.
O Jimin pareceu me odiar , o que eu fiz?
- Melhor sair para esquecer tudo isso. Vou fingir que nada aconteceu.
Pego uma regata cinza colada ao corpo , calça jeans preta rasgada e um tênis Preto da Mary Jane. Ja que seria apenas um passeio , não vejo o porque passar maquiagem.
Pego meu celular , o fone , e as chaves de casa.
Desço correndo pelos degraus dos andares,  o que acaba me deixando exausta .
- Uffa. Escadas acaba comigo.
Vou andando até a praça que tem perto de casa. Ela é meu lugar preferido em Seul , por ser um local vivo , cheio de árvores e flores , gosto de vir aqui para me acalmar ou esquecer algo.
Me sento em um banco , o qual me deixa arrepiada por estar gelado.
- Ui!
Pego meus fones e o conecto em meu celular. Clico em uma música aleatória e fecho meus olhos para sentir a brisa gelada batendo em meu rosto.

                 Jimin on

Enquanto passeio pelo parque , avisto de longe Gaby sentada em um banco ouvindo música , o típico dela. Eu preciso conversar com ela , nem acredito que vou pedir isso , é algo absurdo porem necessário.
Ontem eu descontei um pouco de todo o rancor que eu gardei dela durante 3 anos , o pior de tudo , é que com certeza voltarei a sentir atrações por ela. Me considero um trouxa por isso.
Quando aproximo dela , me sento ao seu lado , fico arrepiado pelo banco estar gelo.
- Gaby? - a mesma arregala seus olhos e retira seu fones - Preciso falar com você.
- Então diga , rápido - ela nunca me disse algo com tanta autoridade.
- Preciso de um favor seu.
- Sério? E qual seria? Me manter longe de você?
- Poderia ser , mas não. Eu preciso de um lugar para morar.
- E?
- E que eu estou lhe pedindo para me acomodar em sua casa.
- Como você vem para Seul , sem saber onde vai ficar?
- Da para me fazer esse favor ou não?
- E o que eu ganho com isso?
- Minha gratidão.
Ela se levanta revoltada do banco para ir embora , mas não posso deixar , eu realmente preciso de um lugar para ficar , então eu agarro seu braço.
- Por favor , eu necessito de um lugar de confiança para morar.
- Por quanto tempo você vai ficar?
- Então... - coço minha cabeça demonstrando minha dúvida - eu não sei.
- Pode ficar. Mas saiba terá regras.
- Por mim tudo bem. Obrigada. Pode me dar o indereço?
Lhe entrego um papel e caneta , onde ela anota todas as informações.

***

Eu realmente estou irritada com ele , mas não posso o deixar por ai , sem lugar para dormir , quer dizer , morar.
Espera , de ontem para cá,  onde foi que ele dormiu? Com quem?
Por que ele não ficou por lá?



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...